VOLTAR BLOCO 10

 
   

BLADE RUNNER - O CAÇADOR DE ANDRÓIDES
RUTGER HAUER, SEAN YOUNG, EDWARD JAMES OLMOS, DARYL HANNAH & HARRISON FORD

O detetive Deckard (Harrison Ford) recebe a missão de caçar quatro replicantes que fugiram de um planeta e vieram para a Terra, a fim de prolongar o seu tempo de vida. Versão do diretor, editada no 10º aniversário do filme.

Clássico da aventura de ficção científica. Dois clássicos modernos de ficção científica: foi o triunfo que o diretor Ridley Scott carimbou com seus " Alien, o 8° Passageiro" (1979) e este. O primeiro trata de um monstro invencível, o segundo traça uma trama de detetive. Mas ambos se equiparam em pontos centrais: a originalidade, o suspense imprevisível, o fascinante apuro visual e, principalmente, a idéia de um futuro incerto e perigoso para a humanidade, dominada pelo poder da tecnologia nas mãos das grandes corporações sem rosto. Aqui, Scott aprimorou mais sua trama enxuta de ação: construiu uma parábola filosófica sobre a vida e a morte do ser humano. Seus heróis e rivais são Deckard (Harrison Ford) e Batty (Rutger Hauer, excelente), indivíduos em busca de equilíbrio e sobrevivência, perdidos entre os gigantescos cenários futuristas e seguidos pela chocante trilha musical de Vangelis. Não é por nada que, além de clássico, virou cult. Em 2019, na superpovoada e superpoluída Los Angeles, o ex-policial Rick Deckard é chamado para caçar quatro replicantes (andróides de última geração) que fugiram de uma colônia noutro planeta. Liderado por Batty, os rebeldes estão à procura do cientista Tyrell (Joe Turkel), que os criou para durarem apenas quatro anos. Objetivo dos temidos replicantes: obrigar Tyrell a dar-lhes mais tempo de ´vida´. Enquanto investiga, Deckard conhece a bela Rachel (Sean Young), uma replicante tão perfeita que acredita ser gente. O lançamento em vídeo e DVD é a ´versão do diretor´, editada no 10° aniversário do filme: Scott eliminou a voz que narrava a história, mudou o final que era piegas e acrescentou alguns detalhes, como uma cena de fantasia em que aparece um unicórnio (símbolo lendário de pureza e perfeição). Curiosidade:" Blade Runner "concorreu a dois Oscar, perdidos para "Gandhi " (o de direção de arte) e " ET - O Extraterrestre" (o de efeitos visuais).

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Ridley Scott
Escritores: Hampton Francher & David Webb Peoples

Baseado no livro de Philip K. Dirk

Gênero: Ficção

Columbia TriStar / Warner Bros.

Título Original: Blade Runner
Tempo: 117 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 1982 - USA
Recomendação: 16 anos

ELENCO

Harrison Ford .... Deckard / Narrador
Rutger Hauer .... Roy Batty
Sean Young .... Rachael
Edward James Olmos .... Gaff
M. Emmet Walsh .... Capitão Bryant
Daryl Hannah .... Pris
William Sanderson .... J.F. Sebastian
Brion James .... Leon
Joe Turkell .... Tyrell
Joanna Cassidy .... Zhora
James Hong .... Hannibal Crew
Morgan Paull .... Holden

FICHA TÉCNICA

Produção .... Michael Deeley
Música .... Vangelis
Fotografia .... Jordan Cronenweth
Desenho de Produção .... Peter J. Hampton
Desenho de Produção .... Lawrence G. Paull
Direção de Arte .... David L. Snyder
Figurino .... Michael Kaplan
Figurino .... Charles Knode
Edição .... Marsha Nakashima
Efeitos Especiais .... Dream Quest Images

PRODUTORA

The Ladd Company

DISTRIBUIDORAS

Columbia TriStar
Warner Bros.

ERROS

1. Quando Deckhard ( Harrison Ford) visita a corporação de Tyrell, ele se prepara para testar Rachel com a máquina de “VK ". Ele é mostrado pondo a pasta na mesa, tirando a “VK " e colocando-a também sobre a mesa. Se você olhar de perto, a máquina já está na mesa, e Harrison Ford está fingindo que está levantando. Não há nada nas mãos dele!  Erros do site www.falhanossa.com

2. Depois que a mulher cobra está morta, os olhos dela se abrem. Observe quando Deckard mexe com a cabeça dela.

3. Na cena onde Deckard compra uma garrafa de bebida, a garrafa não é vista em nenhum momento mais. Porém depois da briga, ela aparece novamente. Isto aconteceu porque as cenas foram invertidas. Por isso Deckard tem marcas no rosto dele antes mesmo da briga.

4. Na cena do tiro na mulher cobra, observe as bolsas de sangue amarradas no corpo dela.

5. Na cena onde a replicante passa pelas janelas, os sapatos dela mudam de salto alto para baixo de tomada para tomada.

6. Quando Deckard é lançado no pára-brisas do carro estacionado, observe em câmera lenta que o vidro já está danificado antes mesmo dele ser atingido. Erros do site www.falhanossa.com

7. Quando Sean Young está se sentando ao piano, ela estava toda molhada. E então aparece sequinha.

8. A cena original onde Leon está sendo interrogado, é diferente da gravação da cena que Deckard assiste enquanto está dirigindo. Até mesmo o que Leon diz é diferente. Na cena original ele diz " Deixe-me falar a respeito da minha mãe " ("Let me tell you about my mother"). Mas no play-back registrado ele diz: " Eu vou lhe falar a respeito da minha mãe” ("I'll tell you about my mother").

9. Deckard (Harrison Ford) investiga o fabricante de répteis artificiais. Você pode perceber que o som não combina com o ator. Preste atenção na interpretação e no som que você ouve. Eles não estão em sincronia.

10. Na cena onde Deckard (Harrison Ford) e Batty (Rutger Hauer) estão no edifício, no fim do filme, você o vê caminhando por um quarto. Muito rapidamente você consegue ver a sombra de dois membros da equipe de filmagem. Um deles é o diretor.

11. Quando Deckard atira na mulher cobra pelas costas, ela cai jogando uma grande quantidade de vidro para todo o lado. Observe o rosto dela nesta tomada, e na próxima onde ele está ao lado dela. O rosto muda de posição.

12. Quando Decker atira na mulher cobra, você pode perceber em certo momento que aquilo não é uma pessoa, e sim um robô ou algo parecido. Talvez um manequim. Erros do site www.falhanossa.com

13. Quando Harrison Ford está apontando a arma para um homem, instantaneamente a arma vai um pouco para o lado, mudando de rumo. (Contribuição de Antonio Carlos - Jataí  / Go - Fã de Carteirinha)

ERROS RETIRADOS

ANTIGO ERRO 14. Em varias cenas do filme aparece em algumas placas do videogame (muito ultrapassado) ATARI. Na própria contra capa do filme aparece, será que em 2019 eles regrediram e o videogame do momento é o Atari?  (Contribuição de Tony Alves - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha) --> Na verdade, isto não pode nem de longe ser considerado um erro. É preciso lembrar que o filme foi produzido em 1982, época em que os videogames ainda estavam em sua pré-história. E naquela época o Atari era o videogame mais avançado que existia. Ninguém, nem mesmo o diretor do filme poderia imaginar que, apesar da febre que foi o Atari naqueles tempos, ele acabaria se extinguindo menos de dez anos depois, atropelado pela tecnologia de outros fabricantes. Ele imaginava simpleSmente que a indústria do videogame iria se tornar tão poderosa e influente como a industria petrolífera ou automobilística. E, diga-se de passagem, ele errou a marca, mas acertou na essência. O que não se pode esperar é que Ridley Scott, no lugar do Atari, colocasse desenhos do Sonic, uma vez que ele nem existia naquela época. (Contribuição de Alessandro Del'Arco - Ribeirão Preto / SP - Fã de Carteirinha) --> complementando a explicação da retirada o erro 14, a Atari e todas as outras marcas de produtos eletrônicos que aparecem quase que subliminarmente nas cenas, entre elas jvc, rca e Atari, basta lembrar que estes fabricantes também patrocinaram o filme. (Contribuição de Bruno Dts - Fã de Carteirinha)

OBSERVAÇÕES

A) Se observarmos bem, Decker está lendo um jornal impresso logo no inicio do filme... aguardando uma vaga no restaurante oriental. Não chega a ser um erro, mas será que ainda teremos jornal impresso em 2019? No filme também não temos celulares, internet e armas sofisticadas. Também o filme foi feito em 1981...e nada disto existia...mas, apesar de tudo isso, o futuro das clonagens ou replicantes parece estar evoluindo conforme as previsões do filme. É um ótimo filme que sempre revejo. Abraços a todos. (Contribuição de Eduardo Andréa Sento Sé - Diretor Regional da TV Brasil SBT Baixada Santista - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES

Recebeu 2 indicações ao Oscar: Melhores Efeitos Especiais e Melhor Direção de Arte. Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Trilha Sonora.