VOLTAR BLOCO 18

 

 
 

CARAMURU - A INVENÇÃO DO BRASIL
SELTON MELLO, CAMILA PITANGA & DEBORAH SECCO

Em 1º de janeiro de 1500 um novo mundo é descoberto pelos europeus, graças a grandes avanços técnicos na arte náutica e na elaboração de mapas. É neste contexto que vive em Portugual o jovem Diogo (Selton Mello), pintor que é contratado para ilustrar um mapa e, por ser enganado pela sedutora Isabelle (Débora Bloch), acaba sendo punido com a deportação na caravela comandada por Vasco de Athayde (Luís Mello).

Às vésperas do descobrimento do Brasil, um pintor (Selton Mello) é punido ao roubar um mapa que viria a ser usado por Pedro Álvares Cabral em sua próxima expedição. Como pena, ele é deportado e vai parar na costa brasileira.

Mas a caravela onde Diogo está acaba naufragando ele, por milagre, consegue chegar ao litoral brasileiro. Lá ele conhece a bela índia Paraguaçu (Camila Pitanga) com quem logo inicia um romance temperado posteriormente pela inclusão de uma terceira pessoa: a índia Moema (Déborah Secco), irmã de Paraguaçu.

Divertida comédia de Guel Arraes, o mesmo diretor de "O Auto da Compadecida".

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Guel Arraes
Escritores: Jorge Furtado & Guel Arraes

Gênero: Comédia

Site oficial: www.globo.com/caramuru

Columbia TriStar Pictures

Título Original: Caramuru - A Invenção Do Brasil
Tempo: 100 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2001 / Brasil
Recomendação: 12 anos

ELENCO

Selton Mello .... Diogo Álvares, o Caramuru
Camila Pitanga .... Paraguaçu
Déborah Secco .... Moema
Tonico Pereira .... Itaparica
Débora Bloch .... Isabelle
Luís Mello .... Vasco de Athayde
Pedro Paulo Rangel .... Dom Jayme
Diogo Vilela .... Heitor

FICHA TÉCNICA

Diretor de Fotografia .... Félix Monti
Direção de Arte .... Lia Renha
Música .... Lenine
Música .... Carlinhos Borges
Fotografia .... Felix Monti
Figurino .... Cao Albuquerque
Cenografia .... Fábio Rangel
Produção de Arte .... Moa Batsow
Maquiagem/Caracterização .... Marlene Moura
Direção Musical .... Lenine
Consultoria de Criação .... João Falcão
Assistente de Direção .... Flávia Lacerda
Câmera .... Ricardo Fuentes
Montagem .... Paulo H. Farias
Efeitos Especiais .... Gerald Köhler
Diretora de Produção .... Anna Barroso
Produtor Executivo .... Eduardo Figueira
Produtor Associado .... Daniel Filho

PRODUTORA

Globo Filmes

DISTRIBUIDORA

Columbia TriStar

ERROS

1. No começo do filme quando Diogo conhece Vasco de Ataíde, este limpa sua mão suja de tinta amarela na roupa de Diogo. Logo depois a mancha muda de cor e tamanho.Erros do site www.falhanossa.com

2. Diogo conhece Dom Jaime. Este se levanta e encosta o dedo em Diogo. Um segundo depois seu dedo não está mais em Diogo e sim na sua barba.

3. Dom Jaime pergunta quem falou que ele estaria ali. Quando Diogo diz que foi o caolho, a posição dos dois se inverte.

4. Quando Dom Jaime joga o segundo mapa no chão para esconder a chave, Diogo se abaixa e o pega. Agora ele tem dois mapas nas mãos. Mas quando ele sai do quarto só tem um, o outro com a corda desapareceu.

5. Depois que a Marquesa serve o vinho para Vasco, a garrafa desaparece completamente.

6. Quando Vasco está contando para a Marquesa o que vai fazer, a cena muda para uma tomada superior. Neste momento o sino na mesa muda de posição, do lado direito para o lado esquerdo dela.

7. Nesta mesma cena, o barco que Vasco mudou de lugar antes, agora está em posição diferente na mesa.

8. Ainda nesta mudança de câmera seu copo de vinho também muda de lugar.

9. Quando Dom Jaime pega o compasso da mão de Diogo, ele o faz com as duas mãos. Depois do corte, ele o está segurando com apenas uma.

10. Quando a Marquesa vai pedir que Diogo a pinte, ele coloca uma tela no cavalete. Um segundo depois ele coloca outra tela, mas no final só existe uma tela branca no cavalete que a Marquesa retira.Erros do site www.falhanossa.com

11. A Marquesa aparece no quadro de Diogo com as mãos nos seios, mas quando ela aparece em pessoa, suas mãos não estão cobrindo seus seios como na tela.

12. Quando a Marquesa vai encontrar Diogo pela primeira vez, ela coloca mais uma pinta em seu rosto, ficando com duas. Mas quando ele a está pintando, uma das pintas desaparece.

13. Vasco vai pegar o mapa com a Marquesa. Entre um corte e outro, sua posição muda. Observe o fundo verde na segunda tomada.

14. A Marquesa joga uma rosa para Diogo que está no navio. Um segundo depois, eles já estão muito afastados da terra. Não daria tempo para ficarem tão longe. Ainda mais com uma caravela.

15. Quando Diogo Vilela chega no barco, ele coloca seu prato com biscoitos em cima do baú. Os talheres mudam de lugar entre os cortes.

16. Nesta mesma cena, um copo aparece de repente em cima do prato de biscoitos.

17. Selton vestido de mulher tenta se esquivar de Vasco. Durante esta cena, a posição de suas mãos muda várias vezes.

18. Selton encontra terra e grita. Vasco começa a discutir e lhe aponta a faca dizendo que vai ficar a lhe dever, neste momento a terra que aparecia o tempo todo atrás de Selton, desaparece.Erros do site www.falhanossa.com

19. Selton bate em Vasco e sai remando para a terra. Mas na tomada aérea, ele está chegando a pé, sem o remo e sem o baú. E nem há sinal dele. Onde foi parar o baú ?

20. Quando Diogo (Selton Mello) está jantando com Vasco na ilha, depois de já estar com o gancho na mão, o volume de água no copo de Diogo diminui entre as cenas, sem ele ter bebido.

21. Quando Diogo está conversando com as duas índias dizendo que precisa viajar, a mais nova lhe abraça. Depois do corte, ela já está de pé e longe dele.

22. Quando Diogo está conversando com as duas irmãs, e elas estão discutindo para ver quem vai com ele no navio, as tomadas se alternam entre ele e elas. Nestes cortes, elas aparecem juntas quando são focalizadas de costas, e separadas quando estão de frente.

23. Quando Diogo e Paraguaçu entram no castelo, na grande sala, eles entram pela porta principal. Depois do corte, eles aparecem entrando pelo lado da sala. Parece até mesmo outra sala.

24. Ainda nesta cena, enquanto andam de uma sala para a outra, você pode perceber que as salas mudam. Na tomada de frente com a porta ao fundo a sala é uma, mas na tomada anterior a sala é outra. Isto acontece algumas vezes.Erros do site www.falhanossa.com

25. Paraguaçu pega todas as chaves e faz um colar. Isto é impossível. Ela não teve tempo para prender todas as chaves na cordinha que tira de sua roupa.

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES