VOLTAR BLOCO 10

 
   

INDEPENDENCE DAY
MARY MCDONNELL, BILL PULLMAN, JEFF GOLDBLUM, WILL SMITH & JUDD HIRSCH

No dia 2 de julho os sistemas de comunicação do mundo inteiro se transformam em um caos, devido à uma estranha interferência atmosférica.

Logo se descobre que enormes objetos estão em curso de colisão com a Terra. Inicialmente imagina-se que se tratam de meteoros, mas logo revela-se ser na verdade uma imensa nave espacial pilotada por alienígenas.

Após frustradas tentativas de se comunicar com os extra-terrestres, um técnico em comunicação descobre que os seres do espaços estão usando os satélites terrestres para se comunicarem e iniciarem em menos de um dia um ataque conjunto nas principais cidades do planeta.

No dia 3 de julho o ataque alienígena começa de forma esmagadora e nem armas nucleares conseguem destruir a blindagem protetora.

Mas no dia 4 de julho surge uma possibilidade de vencer o invasor e nesta hora todas as nações precisam se unir, pois está em jogo a existência da raça humana.

Mas não deixe de ver os erros também.

Direção: Roland Emmerich
Escritor: Dean Devlin & Roland Emmerich

Gênero: Ficção / Ação / Aventura

Columbia Tristar Pictures & Fox Films

Título Original: Independence Day
Tempo: 145 min
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 1996 - USA
Recomendação: 14 anos

ELENCO

Will Smith .... Capitão Steven Hiller
Bill Pullman .... Presidente Thomas J. Whitmore
Jeff Goldblum .... David Levinson
Mary McDonnell .... Primeira-Dama Marilyn Whitmore
Judd Hirsch .... Julius Levinson
Robert Loggia .... General William Grey
Randy Quaid .... Russell Casse
Margaret Colin .... Constance Spano
James Rebhorn .... Albert Nimzicki
Harvey Fierstein .... Marty Gilbert
Adam Baldwin .... Major Mitchell
Brent Spiner .... Dr. Brakish Okun
James Duval .... Miguel Casse
Vivica A. Fox .... Jasmine Dubrow
Lisa Jakub .... Alicia Casse
Ross Bagley .... Dylan Dubrow
Mae Whitman .... Patricia Withmore
Bill Smitrovich .... Capitão Watson
Kiersten Warren .... Tiffany
Harry Connick Jr. .... Capitão Jimmy Wilder

FICHA TÉCNICA

Produção .... Dean Devlin
Música .... David Arnold
Fotografia .... Karl Walter Lindenlaub
Desenho de Produção .... Oliver Scholl
Desenho de Produção .... Patrick Tatopoulos
Direção de Arte .... Oliver Scholl
Direção de Arte .... William James Teegarden
Figurino .... Joseph A. Porro
Edição .... David Brenner
Efeitos Especiais .... 20th Century Fox - Digital Unit
Efeitos Especiais .... Digiscope
Efeitos Especiais .... Hunter Gratzner Industries Inc.
Efeitos Especiais .... Matte World Digital
Efeitos Especiais .... Pacific Ocean Post Digital Film Group
Efeitos Especiais .... Question Mark FX
Efeitos Especiais .... VisionArt

PRODUTORAS

20th Century Fox
Centropolis Entertainment

DISTRIBUIDORA

20th Century Fox Film Corporation

ERROS

1. Durante as cenas de abertura, a Terra pode ser vista ao fundo enquanto a nave alienígena se aproxima. Note que a rotação do planeta está visivelmente alterada, girando em torno de dois a três graus por segundo. Isto daria ao dia terrestre uma duração aproximada de três minutos.

2. Ainda na seqüência de abertura, é impossível que a Terra e a Lua sejam iluminadas simultaneamente como o mostrado.Erros do site www.falhanossa.com

3. Perceba que a sombra da nave alienígena cobre vários pontos de Washington DC, mas indica que a nave está vindo de direções diferentes.

4. Quando Levinson está jogando xadrez com seu pai, note que o seu cigarro muda de posição várias vezes durante a seqüência. Além disso, um pedaço de papel teima em aparecer e desaparecer perto do tabuleiro entre uma tomada e outra. E como se não bastasse, as peças do jogo estão dispostas de maneira completamente incorreta.

5. Quando Hiller abre o jornal, perceba que ele sequer retirou o elástico com que o impresso estava fechado.

6. Quando o helicóptero está enviando a mensagem de boas vindas à nave alienígena, ele explode antes do disparo laser da nave atingi-lo.

7. Na famosa seqüência da enxurrada de fogo, após a explosão do Empire State Building, note que duas palmeiras permanecem intactas na saída do túnel. Também é curioso notar que tamanha quantidade de fogo consumiria todo o oxigênio presente no túnel, asfixiando qualquer pessoa que não tenha sido carbonizada pelas chamas.

8. Quando a Primeira Dama está no hotel, falando em seu telefone celular, podemos ver a luz do sol batendo no saguão, passando pelas janelas. Isto seria impossível, já que a nave alienígena está bloqueando a luz do sol sobre a cidade.

9. Na tela do computador de Levinson, note que o título “Remain Time” (tempo restante), indicando quantas horas faltam para o ataque alienígena, é alterado para “Time Remaining” (tempo restando) posteriormente.Erros do site www.falhanossa.com

10. Quando Hiller está arrastando o alienígena pelo deserto, note que, de uma tomada para a outra, as nuvens desaparecem repentinamente do céu.

11 O exército norte-americano envia uma mensagem em código Morse para um local apontado pela legenda como “Deserto Iraquiano”. Uma cena anterior também mostra um local denominado “Deserto Norte, Iraque”. Repare que montanhas podem ser vistas ao fundo do cenário nestas duas cenas, quando na verdade o relevo é inexistente nestas regiões.

12. Quando Levinson começa a chutar objetos dentro da Área 51, uma das latas de lixo está marcada com a inscrição “ART DEPT”, revelando que a lata pertence ao departamento de arte da produção.

13. O laboratório da Área 51 é super protegido: a porta de entrada necessita de um código para ser aberta, uma pesada porta de aço também só permite o acesso através de uma senha, sem falar que o local se situa a 24 andares abaixo do solo. Se proteção era um dos principais requisitos para a construção do laboratório, por que não foram colocados vidros à prova de bala na sala de cirurgia? De qualquer forma, depois que o presidente ordena fogo contra o alienígena, podemos ver cabos nos ombros da criatura, puxando-a para trás.

14. O filme supõe que a história se passa no mês de julho, em vias da comemoração do Dia da Independência norte-americano. No entanto, na televisão é apresentado um mapa das condições climáticas que indicam uma temperatura de inverno (estação do ano que, nos Estados Unidos, só acontece a partir de dezembro).Erros do site www.falhanossa.com

15. Na área 51, quando Levinson está abrindo a porta da geladeira para pegar uma bebida, podemos notar quem tem uma garrafa de água na porta, e logo em seguida sua mulher guarda a garrafa de bebida, e a garrafa de água desaparece! (Contribuição de Douglas José - Piracicaba / SP - Fã de Carteirinha)

16. Quando Will Smith e Jeff Goldblum entram na nave alienigina, encontram exatamente duas cadeiras e no formato para humanos sentarem. Os ets não eram maiores? (Contribuição de Chico Izidro - Porto Alegre / RS - Fã de Carteirinha) --> É mostrado claramente nos extras do DVD que em uma cena que não existiam bancos na nave alienígena, e estes foram instalados pelos cientistas da Área 51, especialmente para a viagem dos dois humanos até a Nave-Mãe. (Contribuição de Alexsander Sant Ana, André Mattos - São Gonçalo / RJ - Fãs de Carteirinha) --> Mesmo sendo mostrado nos extras do DVD, no cinema e na televisão isto não é mostrando, deixando que o erro fique sem explicação. (Falhinha)

17. Após presenciar a morte de sua mulher, Bill Pulman sai do quarto onde ela estava e no corredor existem várias pessoas, inclusive 3 médicos, que abrem espaço para ele passar, quando o vêem cabisbaixo. Então, quando ele está sentando próximo a sua filha, a câmera focaliza novamente o corredor, mas o mesmo, desta vez está praticamente vazio. Os médicos saíram correndo dali? (Contribuição de George J.A. Chaves - Fã de Carteirinha)

18. Quando Steve entrega o charuto para Dave, a posição dos dedos de Steve muda entre uma tomada e outra. (Contribuição de Esmayle Abimael - Fã de Carteirinha)

19. O avião do presidente carregava quatro mísseis, mas ele dispara cinco vezes. Três na nave maior, uma em uma nave pequena, e a última quando ele tenta destruir a nave inteira. (Contribuição de Esmayle Abimael - Fã de Carteirinha)

20. Na cena dentro do túnel, como foi possível o cachorro sair correndo com aquela explosão, já que os carros já estavam todos sendo arremessados pela explosão, e ainda conseguir saltar de lado para o fogo? E ele estava a centímetros de distância do fogo e da explosão, e sem contar com a pressão que estava lá dentro do túnel. (Contribuição de Renato Soares Jacomini - Irapuru / SP - Fã de Carteirinha)

21. Num documentário o próprio diretor afirma que recebeu uma carta de um representante das forças armadas americanas informando que eles erraram em absolutamente todos os uniformes militares utilizados no filme. (Contribuição de Joe Listo Jr. - Fã de Carteirinha)

22. Na cena em que aparece Levinson (Jeff GoldBlum) praticamente embreagado chutando uma lata de lixo, o pai de Levinson diz que ele pode pegar um resfriado, Levinson agradece a seu pai dizendo que ele é um gênio, pois ele acabara de ter uma idéia para destruir o escudo das naves dos alienígenas: Um vírus de computador. Aí está a minha dúvida: Se as naves dos alienígenas são de uma tecnologia avançadíssima, e os computadores deles são super avançados, como esses computadores poderiam sofrer um ataque de vírus? Olha, não sou mestre em computação, mas eu sei que a maioria dos vírus de computadores que aparecem na internet, atacam somente os Sistemas MS-windows (todos) e alguns sistemas Mac. E ainda mais naquela época do filme que o sistema mais avançado da Microsoft era o MS-windows 95 e a Microsoft estava desenvolvendo o MS-Windows 98. E naquela época não tinha tantos vírus na internet como temos hoje. (Contribuição de Wan-der-Walls Soares - Uberlândia / MG - Fã de Carteirinha) Como conseguem colocar um vírus nos computadores alienígenas? Eles tem computadores iguais aos da terra? (Contribuição de Josafá - Fã de Carteirinha)

23. Na hora da destruição das cidades, o Empire State em NY aparece no meio da rua. Quem já foi ou mora lá sabe que isso não é verdade. (Contribuição de Raphael - Fã de Carteirinha)

24. Em Washington por que os ETs destroem a Casa Branca, já que nas outras cidades são sempre as maiores construções que são destruídas. (Contribuição de Raphael - Fã de Carteirinha)

25. Quando os Levinson (pai e filho) entram no avião presidencial, os dois são conduzidos por um corredor onde se percebe que as janelas estão à sua direita. Na tomada seguinte quando saem do corredor, as janelas estão à sua esquerda dando a impressão de que estão saindo por onde entraram. (Contribuição de José Eduardo Dias Calixto - Catalão / GO - Fã de Carteirinha)

26. No túnel quando o cachorro salta lateral em relação ao fogo, a porta arrombada permanece aberta e tanto o cachorro, quanto a mãe e o filho nada sofrem, ou seja, o fogo passa direto pela porta aberta. (Contribuição de José Eduardo Dias Calixto - Catalão / GO - Fã de Carteirinha) --> Mesmo sobrevivendo ao fogo, eles morreriam sufocados pela falta de oxigênio! (Contribuição de Victor Mattos - Fã de Carteirinha)

27. Quando a nave chega em Washington e se posiciona em cima da Casa Branca, podemos perceber que nas tomadas do lado de fora, todas as cortinas das janelas estão abertas, e nas tomadas do lado de dentro, estão fechadas. (Contribuição de Alessandro Moreira - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

28. Quando o filme está acabando, Russel, o piloto alcoólatra, vai se chocar com o disparador de raios da nave. Só que, no início do filme, ele ia se fechando e soltava o raio, mas quando Russel vai bater ali, ele está aberto, como se tivesse querendo que ele se chocasse mesmo. (Contribuição de Alesandra Faroli - Fã de Carteirinha)

29. Quando os ETs vão disparar a arma principal no início do filme, eles abrem um compartimento, e o começam a fechá-lo. Enquanto estão fechando, o compartimento é energizado e um raio sai de lá destroindoi a cidade. Porém, quando eles descobrem que o ponto fraco da nave é aquele, e o homem o ataca, o compartimento abre, mas não fecha. É ridículo, dá a impressão que os ETs queriam ser destruídos. (Contribuição de Alessandra - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES

Ganhou o Oscar de Melhores Efeitos Especiais, além de ter sido indicado na categoria de Melhor Som. Recebeu uma indicação ao Framboesa de Ouro, na categoria de Pior Roteiro de Filme Que Arrecadou Mais de 100 Milhões de Dólares. Ganhou o Grammy de Melhor Composição Instrumental Composta Para um Filme. Na edição especial estão cenas imperdíveis que não foram incluídas na versão exibida nos cinemas.