VOLTAR BLOCO EXCLUSIVO 4

 
   

KING KONG
NAOMI WATTS & JACK BLACK

A superprodução de 200 milhões de dólares - roteirizada, produzida e dirigida por Peter Jackson - estréia mundialmente no dia 14 de dezembro de 2005.

Na  cidade de Nova York nos anos 30 o produtor e cineasta Carl Denham (Jack Black) tem um problema: precisa encontrar em três horas uma atriz que substitua a estrela de seu novo filme, uma aventura que será rodada num local secreto.

Enquanto pensa em quem será a escolhida - "Nova York está cheia de atrizes desempregadas", diz - vê a bela Ann Darrow (Naomi Watts) roubando uma maçã na rua. Logo depois ambos já estão a bordo do Venture, navio que parte em direção à selvagem Ilha da Caveira, local que não existe nos mapas.

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Peter Jackson
Escritores: Peter Jackson, Fran Walsh & Philippa Boyens

Baseado na história de Merian C. Cooper & Edgar Wallace

Gênero: Aventura / Fantasia / Ação / Drama / Sci-Fi

Trailer: KING KONG

United International Pictures (UIP)

Título Original: King Kong
Tempo: 175 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2005 - Nova Zelândia / USA - Estréia dia 14 de dezembro de 2005.
Recomendação: Livre

ELENCO

Naomi Watts .... Ann Darrow
Jack Black .... Carl Denham
Adrien Brody .... Jack Driscoll
Andy Serkis .... King Kong/Lumpy o cozinheiro
Jamie Bell .... Jimmy
Kyle Chandler .... Bruce Baxter
Lobo Chan .... Choy
Thomas Kretschmann .... Captão Englehorn
Evan Parke .... Hayes
Colin Hanks .... Preston
John Sumner .... Herb
David Dengelo .... Marinheiro do Venture
Stephen Hall ....
Marinheiro do Venture
Richard Kavanagh ....
Marinheiro do Venture
Louis Sutherland ....
Marinheiro do Venture
Ray Woolf .... Helmsman
Lorraine Ashbourne .... Atriz
T.M. Bishop .... V.I.P
Jed Brophy ....
Marinheiro do Venture
Craig Hall .... Mike
Troy O'Kane ....
Marinheiro do Venture
Jason Whyte ....
Marinheiro do Venture

FICHA TÉCNICA

Produção .... Jan Blenkin
Produção .... Carolynne Cunningham
Produção .... Peter Jackson
Produção .... Fran Walsh
Música .... Howard Shore
Fotografia .... Andrew Lesnie
Edição .... Jamie Selkirk
Elenco .... Victoria Burrows
Elenco .... Daniel Hubbard
Elenco .... Liz Mullane
Desenho de Produção .... Grant Major
Direção de Arte .... Simon Bright
Direção de Arte .... Dan Hennah
Figurino .... Terry Ryan
Efeitos Especiais .... EYETECH Optics
Efeitos Especiais .... Weta Digital Ltd.
Efeitos Especiais .... Weta Workshop Ltd.

PRODUTORAS

Big Primate Pictures
Universal Pictures
WingNut Films

DISTRIBUIDORAS

Universal Pictures
United International Pictures (UIP)

ERROS

1. Em um dos cartazes do filme vemos sete aviões rodeando Kong no Empire State Building, quando na realidade eram só seis.

2. Logo no começo do filme, na cidade, podemos perceber que os vagões do metrô são de brinquedo.

3. No filme vemos uma tomada aérea de Nova Iorque, e apesar do filme se passar em 1933, é possível ver prédios modernos dos dias atuais, e que não existiam na época.

4. No teatro o velho espirra e pergunta se foi engraçado. Atrás dele existe um negro, uma mulher e um outro homem de colete preto, depois do corte este último homem desapareceu e agora existe outro no seu lugar. Logo em seguida ele volta.

5. Quando Ann encontra o Sr. Weston na rua, ela o segue até um prédio. Quando estão conversando, atrás dela do outro lado da rua algumas pessoas passam mais de uma vez pela calçada. Observe um senhor velho de casaco.

6. Depois da apresentação, Carl vai até a frente da sala com os dois braços curvados na altura da cintura, depois do corte quando ele se vira só o braço direito está dobrado, o outro está abaixado.

7. Na apresentação, Carl diz que tem um mapa, e a tomada é cortada para mostrar os produtores do seu filme. Observe a cabeça do senhor de cabelo grisalho na primeira fileira que agora está virada para o lado, quando antes estava para a frente.

8. Ainda nesta seqüência Carl diz que o local do mapa, é onde vai rodar seu filme. Observe que o mesmo senhor de cabelos grisalhos está com as duas mãos entrelaçadas na altura do peito, mas na próxima tomada elas estão abaixadas e separadas.

9. Carl está falando com o mapa na sua mão esquerda, mas depois que fala de "peitos", o mapa desaparece, e ele não deu demonstração nenhuma de tê-lo guardado.

10. Quando Carl e seu assistente saem do prédio e estão na rua, uma mulher com o chapéu branco aparece atrás deles, mas depois do corte ela já está ao lado deles.

11. Observe ainda nesta cena que um carro branco está passando na rua da direita para a esquerda, depois do corte para a tomada aberta este carro desapareceu, e agora são outros a passar.

12. Carl está atravessando a rua com o assistente que carrega várias coisas. Observe que na primeira tomada feita no mesmo nível dos atores, um carro preto passa na rua atrás deles, mas depois do corte para uma tomada superior de toda a rua, o que vemos é um carro laranja na rua bem a frente deles. Este carro não aparecia na tomada anterior, e o outro carro preto que apareceu na tomada anterior, agora desapareceu.

13. Ainda nesta seqüência uma carro vermelho passa por eles quando o produtor se aproxima, mas depois do corte o carro vermelho está muito longe na rua, e agora são outros carros que passam por ali.

ABSURDO: 14. 0:10:26h - Observe que quando Carl abre a porta do táxi, este carro vermelho, uma camionete passa pela rua e vai embora, mas depois de alguns segundos quando ele empurra seu assistente para dentro do táxi, esta camionete passa por eles novamente.

15. Depois de Carl conseguir se livrar do produtor, ele fica parado no meio da rua e ao seu lado passa um caminhão sem carroceria, depois do corte, pelo vidro traseiro do táxi os carros que passam ao seu lado são outros.

16. Andando no táxi vemos uma tomada de toda a rua, e uma carro acompanha o táxi pelo lado direito, mas depois do corte para a tomada interna que focaliza o assistente, não existe nenhum carro ao lado.

17. Observe ainda com cuidado que o táxi anda na faixa do meio da rua, o que possibilitaria um carro andar do seu lado direito, mas quando eles param, o carro está na pista da direita, e um bonde passa ao lado esquerdo do carro.

18. Novo corte e o bonde que acabou de passar por eles está atrás do táxi de Carl.

19. Nova tomada, agora de cima da rua, e o bonde que estava atrás deles está agora já quase que totalmente na frente do táxi de Carl.

20. Outra tomada de dentro do táxi, e pelo vidro traseiro vemos novamente o bonde atrás deles.

21. Carl desce do táxi segurando a porta que fica meio aberta, depois do corte ela está totalmente aberta, e o vidro nem é visto como na tomada anterior.

22. Carl depois de sair do táxi começa a andar na rua, passa por uma vitrine na sua tomada de lado, depois do corte, ele está passando por uma escada de um prédio que não existia antes.

23. Observe ainda que na segunda tomada aparece até um guarda-sol branco que não existia na tomada anterior.

24. Quando Carl chega no teatro ainda é dia, mas quando Ann aparece no reflexo do vidro já é noite.

25. Antes de Ann chegar na banca de frutas, ela é filmada de frente, mas depois do corte para uma tomada inclinada dela de costas, aparece um casal à sua frente que não estava na tomada anterior.

26. Ann olha para as frutas e só existe uma mulher ali comprando. Ainda na tomada de costas um senhor passa da esquerda para a direita se dirigindo a banca de frutas, depois do corte para a tomada frontal de Ann, este homem já está lá falando com o vendedor.

27. Observe que nas duas tomadas, de longe e de perto das maçãs, que elas mudam de posição, principalmente uma delas mais alta na segunda caixa.

28. Ann é pega roubando a maçã e Carl aparece. Observe que ele olha para Ann na primeira tomada, mas depois do corte ele está olhando para o vendedor.

29. No restaurante Ann está comendo, e ao lado do seu prato existe outro menor com torradas. Observe que este prato se afasta de Ann na segunda vez que aparece.

30. Logo depois na outra tomada os objetos em cima da mesa mudaram mais uma vez de lugar.

31. No restaurante a garçonete que passa pela mesa no sentido de Carl para Ann desaparece na próxima tomada, e surge um segundo depois atrás do balcão.

32. Quando Ann Darrow é trazida de táxi até o Venture e está olhando o navio, um homem aparece carregando um saco e subindo a rampa, depois do corte ele sumiu, e aparece um outro na outra rampa.

33. Ann desce do táxi com a gola do seu casaco levantada dos dois lados, depois do corte só a do seu lado esquerdo está levantada.

34. Depois que o assistente chama por Carl, Ann é filmada, e as duas golas do seu casaco estão levantadas novamente.

35. Durante a conversa de Carl com o capitão a gola do casaco de Ann muda novamente.

36. Durante a conversa, Carl diz que dará mais mil dólares ao capitão se ele partir logo. Observe a posição da cabeça de Carl que ora está reta, ora inclinada.

37. Quando Carl diz a Preston para mostrar o navio para Ann, ele se apresenta para a moça, mas sua boca não se move em sincronia com o que ele diz principalmente entre os cortes da tomada.

38. Carl entra na cabine e vê Jack. Jack segura as folhas nas duas mãos, mas depois do corte todas elas estão na mão direita, e ele já está olhando seu relógio na mão esquerda.

39. Carl faz o cheque para Jack e depois o rasga. Observe que atrás de Carl passa um navio, que desaparece em uma das tomadas, e depois reaparece.

40. Quando Jack está fazendo o cheque, mesmo antes do Venture partir, é possível perceber pela janela que o barco já está em movimento.

41. Carl está conversando com Jack enquanto ele escreve o roteiro dentro da jaula. Carl caminha da esquerda para a direita e depois volta, mas depois deste corte ele está andando perpendicular a cela de Jack e não paralelamente como fazia um segundo antes.

42. Jack pergunta para Carl porque a tripulação ficaria assustada de gravar numa ilha. Neste momento Carl aparece de costas sem nada na boca, mas depois do corte na sua tomada frontal, ele está tirando seu cachimbo da boca.

43. No momento da primeira gravação, Carl aparece em pé desencostado da parede, depois do corte além de estar encostado sua sombra está para o lado, diferente da sombra anterior.

44. Quando Bruce fala com Jack, a sombra deste muda novamente pelo menos duas vezes.

45. Ann vê Jack pelo seu espelhinho, mas quando ela o fecha, o espelho está à sua frente, o que tornaria impossível ver Jack no reflexo.

46. A franja do cabelo de Jack muda várias vezes quando fala com Ann sobre o beijo.

47. A posição da toalha no ombro de Ann quando está falando com Jack, muda desde o começo até o final da cena.

48. Na segunda filmagem aparece Ann correndo no barco e atrás dela há um por de Sol. O problema é que atrás de Carl o céu deveria estar mais azul, e não não alaranjado como aparece.

49. Quando o mapa é focalizado em close ao lado do lápis, acontece um corte, depois que a imagem volta, o papel e o lápis estão invertidos.

50. O navio começa a fazer a curva e vemos que a luz da Lua está do lado esquerdo do navio, e depois da curva ficará do lado direito ou atrás, mas quando Carl e o capitão saem da cabine, a luz da Lua está exatamente do lado deles, o que só poderia acontecer antes do barco fazer a curva.

51. Depois que o capitão entra na cabine a luz da Lua aparece do lado esquerdo de Carl.

52. Um telegrama chega no navio dizendo que existe uma ordem de prisão para Carl. Observe os papéis onde o marinheiro anota o recado que mudam a cada tomada.

53. Na névoa o capitão manda apagar as luzes, mas depois podemos ver que ainda estão acesas.

54. Quando o navio entra no nevoeiro, o garoto aparece sentado e a sola da sua bota é vista. Observe que o solado é de uma bota moderna e não de uma bota de 1939.

55. O capitão fala 15 graus, mas gira o leme para o outro lado, o que deveria ser mais de 15 graus.

56. Quando ele fala 30 graus, ele gira o leme bem menos do que girou quando falou 15 graus.

57. O garoto grita que existe uma muralha a frente, mas mesmo assim o capitão continua indo reto, e só depois ele vira o navio mandando parar as máquinas.

58. Depois do barco fazer a curva forçada, e de bater a primeira vez nos rochedos, Ann e Jack estão abraçados na tomada do barco, depois em close eles estão afastados, e então se abraçam.

59. Antes e depois do nevoeiro o mar estava calmo, mas ao chegar nos rochedos o mar parece outro completamente diferente, muito agitado.

60. O navio pára inclinado, mas em algumas tomadas de dentro dele o nível é horizontal, principalmente na tomada de Carl.

61. Quando o Venture entra na neblina e encalha, é noite, inclusive suas luzes estão acesas, mas quando Carl vai olhar para a ilha, já está claro e o nevoeiro desaparecendo.

62. No momento em que o cargueiro se choca contra as rochas, na Ilha da Caveira, um marinheiro na popa (parte de trás) é jogado para trás contrariando a lei da inércia! Fosse assim ninguém precisaria usar cinto de segurança. (Contribuição de Ademar Soares de Souza - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

63. Quando Hayes avisa o capitão que Carl saiu no barco, o diretor do filme é visto filmando e passando por duas rochas, mas depois que o capitão fala, e a cena volta para o barco de Carl, eles ainda estão passando pelos rochedos.

64. Na segunda tomada do barco, agora de cima, é possível ver uma pessoa do lado esquerdo de chapéu branco, mas o único que tem chapéu branco é Carl, e ele está na frente do barco filmando, e sem chapéu.

65. Ainda na tomada de cima não vemos ninguém de vestido branco, mas Ann usa um, e ela parece não ser vista na tomada de cima.

66. Depois de descer do barco, eles entram numa gruta. A ordem das pessoas é a seguinte: Carl, Jack, Ann e Herb, o cameraman que leva uma mala, depois do corte para a tomada frontal, ele desaparece, e atrás de Ann aparecem outras pessoas.

67. Enquanto o Sr. Hayes conta a história para Jimmy, Carl é visto filmando as pessoas atravessarem a ponte de madeira. Observe nesta tomada dele, que o braço de alguém aparece ao seu lado direito, mas depois do corte na tomada superior, ninguém ainda chegou perto dele.

68. Ainda nesta seqüência, Carl está do lado esquerdo da imagem com seu cameraman do lado direito, depois do corte na tomada de cima a posição dos dois está invertida. Observe a pessoa que gira a manivela da filmadora.

69. Quando chegam na cidade, Carl pára e olha abismado para o grande portão. Atrás dele Bruce e Ann param na tomada de frente. Depois do corte para a tomada de costas eles ainda estão andando.

70. Sons de pessoas gritando são ouvidos, neste momento o rosto de Carl é filmado em close, e nos seus olhos é possível ver o reflexo de pelo menos três fontes de luz, quando só existe uma, a do Sol.

71. O papel do chocolate que Carl oferece para a criança, muda da tomada de frente para a de costas dele, que agora não aparece o papel alumínio.

72. Quando encontram a criança não está chovendo, mas um segundo depois já está.

73. O nativo é atingido por um tiro da arma do capitão, mas quando ele cai não vemos nenhuma marca do disparo.

74. Quando Kong encontra a moça pela primeira vez, no altar de imolação, ela está amarrada à dois grossos cipós, Kong a pega pelo corpo e puxa violentamente, os cipós se arrebentam. Devido á violência e a grossura dos cipós, seus braços é que teriam se arrebentado. (Contribuição de Menotti Orlandi- Fã de Carteirinha)

75. É possível perceber erros, diferenças na ponte onde Ann é colocada para ser oferecida para Kong, e depois quando ela e Jack estão fugindo dele.

76. Em várias cenas é possível perceber os apliques feitos no cabelo da atriz que faz o papel de Ann.

77. Como que a garota não conseguiu fugir às amarras de suas mãos no ritual? Pois quando Kong a pegou, ele sacou-a com força e nem sequer um roxinho nos pulsos ela teve. (Contribuição de Mário Hessel - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

78. Quando Kong corre com Ann na primeira vez que ele a pega, seu pescoço e seu corpo violentamente são arremessados de um lado para o outro. E nem um torcicolo? (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha)

79. Pelo tamanho de Kong não deveria sobrar esqueleto de pessoas humanas no seu cativeiro, muito menos inteiros como é mostrado quando Ann é levada para lá por ele.

80. Se eles só conseguem chegar ao cativeiro de Kong, onde estão os ossos, pela manhã, significa que o local fica muito longe, neste caso os gritos deles não deveriam espantar Kong, muito menos ser ouvido por ele e por Ann dado a distância.

81. Carl encontra os dinossauros e começa a filmar mandando Bruce ir na frente. Observe que ele segura a lente com a mão esquerda, depois do corte para sua tomada de costas, seu braço esquerdo está abaixado.

82. Bruce se esconde dos dinossauros segurando sua arma junto ao peito com as duas mãos, mas na tomada de cima, depois do corte, seu braço esquerdo está separado da arma, que aparece agora do lado direito do seu corpo.

83. Na corrida com os dinossauros Jack empurra um dos pequenos para salvar Carl, neste momento ele cai no chão, depois do corte Jack está de pé.

84. Observe ainda nesta cena que o dinossauro abre a boca para morder Carl, mas quando Jack se aproxima dele para empurrá-lo, o dinossauro abre a boca novamente.

85. Impressionante eles correrem junto, e na frente dos dinossauros sem serem pisoteados, em vez de se esconderem em algum lugar, e esperarem os monstros passarem como fez Bruce antes.

86. Depois de Herb ser pego pelos dinossauros, Ann é jogada no chão por Kong. Observe que a posição dela muda entre os cortes.

87. Toda a ilha é cercada pelo muro para evitar que Kong se aproxime dos nativos, mas quando Kong joga Ann no chão, mexe com ela, ele senta-se junto a uma escadaria. Quem fez esta escadaria?

88. O Sr. Hayes manda Jimmy fazer a contagem, e descobrem que quatro morreram. Carl aparece falando com seu assistente. Observe o cabelo do rapaz que muda entre as tomadas. Preste atenção na franja de Preston.

ABSURDO: 89. 1:25:26h - Bruce está conversando com Jack e tentando convencê-lo a ir embora. Bruce tem uma corda em volta do seu ombro esquerdo que está com ele desde o início da busca por Ann, mas de repente ele aparece sem nenhuma corda no ombro. [CONFERIR O ERRO]

ABSURDO: 90. 1:25:37h - Ainda na seqüência vemos Jack jogar sua mochila no chão do seu lado direito. Ele não está segurando nada nas mãos, nem sua arma, mas quando Bruce aparece sem a corda no ombro e indo embora, adivinhe, a corda aparece na mão direita de Jack. Provavelmente nesta cena Bruce deve ter tirado a corda e jogado para Jack, e na edição esta parte deve ter sido removida do filme.

91. Ann se finge de morta enquanto Kong está sentado. Ele arranca um galho grande e morde, e Ann se deita rapidamente quando ele olha para ela. Logo depois ela começa a fugir novamente, e Kong arranca outro galho. Porque ele fez isto se já estava com um galho na mão? Em nenhum momento ele joga fora o primeiro galho.

92. Ann foge de um bicho no chão se encostando na pedra. Logo depois ela está se virando para olhar para Kong, mas depois do corte sua posição já é diferente com a cabeça para fora da pedra, e olhando para Kong.

93. Ann foge de Kong e ele a cerca. Ela fica presa perto de uma outra escadaria enquanto Kong está de costas para o precipício. Ann corre ele olha para o lado direito cercando-a novamente, e quando a tomada é de Ann ela já está de volta na escadaria e subindo os degraus.

94. Ainda nesta seqüência atrás de Ann existe um paredão, mas depois do corte ela está de costas para o precipício e não existe mais o paredão.

95. Ann faz a sua dança caindo no chão com as pernas dobradas, depois do corte suas pernas estão esticadas.

96. Na continuação Ann se levanta e pára de frente para Kong, ereta na tomada de longe, mas no close ela está curvada para a frente.

97. Na testa de Ann existe uma sujeira grande, mas depois de fazer a estrela, a sujeira desaparece.

98. Kong brinca com Ann deixando-a toda suja, mas quando ela grita "não" para ele, seu rosto está limpo novamente.

99. A cena mostra Kong e depois Ann e agora ela está suja novamente.

100. Kong grita com a boca bem aberta e em cima de Ann mas o vento que deveria sair de sua boca não chega a mexer nem no cabelo, nem na roupa da garota.

101. Depois de se irritar e cair uma pedra na cabeça de Kong, Ann é mostrada novamente e agora seu rosto está limpo e bonito.

102. Kong sai, deixando Ann sozinha, e ao ser focalizada, a garota está suja mais uma vez.

103. De que material é feito a camisola da Ann Darrow? Não rasga nunca. E olha que ela foi jogada de um lado para o outro, caiu de um penhasco e ficou emaranhada em cipós, rastejou pelo chão cheio de cascalhos, lutou presa pela mão do Kong contra 3 Tiranossauros Rex. Deve ser feito de fibras de adamantium, mesmo material das garras do Wolverine. (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha)

104. A cena mostra agora a equipe de resgate, e o Sr. Hayes na frente seguido por Jimmy que leva sua arma virada para baixo, depois do corte a arma está virada para cima.

105. Na seqüência o Sr. Hayes começa a atirar só porque ouviu o barulho do gorila. Observe que até acabar sua munição o Kong não aparece. Se ele era um soldado, como ele mesmo contou para o garoto,  deveria pelo menos esperar o bicho se aproximar para atirar.

106. Nem mesmo com a pistola o Sr; Hayes acerta um tiro se quer. Observe que nas garras do gorila, seu braço direito estava livre, e ele poderia ter disparado tranquilamente.

107. Quando Kong segura o homem negro, ele tenta atirar em Kong com sua arma, mas é jogado contra as pedras. Observe que quando Kong o está segurando na tomada de longe, a correia que transpassa o seu peito e costas desaparece.

108. Mesmo Kong sendo enorme, ele deveria sentir os tiros disparados pelos homens, inclusive porque eles estão usando metralhadoras. Kong só demonstra sentir algum tiro muito tempo depois quando está sendo atingido pelos aviões no alto do prédio.

109. Quando Ann Darrow está fugindo de um bicho que é antepassado do crocodilo, ela entra em um tronco oco e percebe que algo puxa o raptor para cima. Vê então que é um Tiranossauro Rex que está a degustar o raptor. Então Ann aproveita que o Rex está devorando o lagarto o foge. Só que o Tiranossauro, que está com uma presa suculenta entre as mandíbulas, prefere perseguir a Ann, que mal deve encher o buraco da cárie do Rex. Que Rex burro. (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha) - (Colaboração de André William - São Paulo / SP)

110. Quando a bela Ann está fugindo do Rex ela sai escorregando uns 10 metros ribanceira abaixo, e só suja a bunda, e as costas, braços e cabelos saem ilesos. Pode? (Contribuição de Ananias Pereira Souza - Aracaju / SE - Fã de Carteirinha)

111. Ann escorrega caído lá embaixo com o dinossauro atrás dela, porém quando se levanta atrás de uma árvore, ela vê o dinossauro indo para a sua esquerda, e em vez de ficar onde está, ela corre exatamente atrás do dinossauro, na mesma direção que ele.

112. Mesmo sendo bem mais lenta que o dinossauro, Ann consegue chegar até o final da corrida muito antes do dinossauro, caindo logo em seguida. E olha que ele não parou para comer.

113. Observe que depois que o primeiro T-Rex desiste de Ann, outro dinossauro aparece tentando pegá-la. Ela foge, e Kong aparece para salvá-la. Eles brigam um pouco, e então, só agora, o primeiro T-Rex aparece em cena, mas por incrível que pareça só agora engole a sua presa. Ele já deveria ter comido há muito tempo, pois no momento em que desistiu de Ann, a sua presa já estava quase que toda devorada.

114. Kong está segurando Ann com sua mão direita quando luta com os três dinossauros, depois que ele empurra um com o pé, Ann já aparece na sua mão esquerda, então depois Kong a joga para a mão direita novamente.

115. Por se tratar de um animal tão grande segurando uma pessoa tão pequena e frágil, Kong jamais conseguiria controlar a força da sua mão, sem machucar Ann enquanto a segurava durante toda a briga.

116. Os T-Rex tem dentes afiados o suficiente para cortar um dinossauro pequeno ao meio, mas não conseguem causar ferimentos graves ao morder o Kong, mesmo mordendo varias vezes? Que couro grosso!

117. Kong joga um dinossauro em cima do outro, dá um soco num terceiro, e empurra o quarto, quando vai bater com a pedra neste dinossauro, Ann que estava na sua mão direita, aparece agora na mão esquerda do monstro, enquanto a pedra está na mão direita de Kong.

118. Depois de bater com a pedra, um dos dinossauros morde Kong no ombro esquerdo, e agora Ann já mudou de mão novamente, está na direita.

119. Kong derruba o segundo dinossauro no precipício. Observe que o T-Rex já havia passado do ponto de poder alcançar a perna de Kong, mas na tomada seguinte ele ainda consegue morder o Gorila.

120. Quando Ann está pendurada nos cipós, o dinossauro dá um empurrão na rocha para poder chegar perto dela. Isto é coisa de gorila e não de dinossauro. Não sabia que ele já havia aprendido a se balançar.

121. Ann está caindo, e se segura em dois dentes do dinossauro. Logo depois quando o outro tenta morde-la, a garota aparece se segurando em outros dentes. Em sua posição ela não conseguiria mudar as mão de lugar.

122. Quando Kong aparece para defender a garota do dinossauro, ele está atrás dela, e do seu lado esquerdo na tomada de trás, depois do corte para uma tomada frontal de Kong, ele está bem atrás e perto da garota.

ABSURDO: 123. Ao matar o último dinossauro, Kong coloca sua pata esquerda em cima do bicho e grita batendo no peito, depois do corte sua parta está no chão, e não em cima do dinossauro.

124. Kong faz seu charme para Ann, vira a bunda e vai embora. A garota corre atrás dele gritando para ele esperar. Observe que a forma que Kong pega a garota muda entre as tomadas.

125. Logo depois ele começa a correr com ela no seu ombro. Veja que o cabelo dela só balança devido ao movimento, mas não existe vento no cabelo dela. Kong deve estar a pelo menos 70 km/h, o que deveria fazer muito vento no cabelo de Ann.

126. Quando eles caem no abismo dos insetos, porque será que os bichos esperam pacientemente que eles acordem para atacá-los?

127. Os marinheiros e os outros homens caem da árvore no precipício, indo parar no buraco dos insetos, mas nenhum deles quebra nenhum osso, nem mesmo uma luxação eles tem.

128. A câmera filmadora de Carl parece usar um filme de 35 mm quando deveria usar um outro.

129. Impossível Jimmy dar vários tiros com a metralhadora sem acertar nenhum em Jack. Principalmente para alguém que nunca usou uma arma. --> O fato do Jimmy não acertar nem um tiro no Jack é bem surpreendente, ainda mais que o ele não para de se mexer. Mas o Jimmy atira muito bem, no filme mesmo é falado isso. Quando o Jack está saindo para salvar a Ann o Jimmy tenta ir junto mas o Sr. Hayes não deixa, ai o Jimmy comenta que ele sabe atirar melhor do que todos os marujos que estão indo. O Sr. Heyes concorda mas não o deixa ir. Por isso ele vai escondido e só depois o Heyes vê o garoto. (Contribuição de Tricya Caroline da Silva - São José do Rio Preto / SP - Fã de Carteirinha)

130. Quando Kong sobe na montanha, está acontecendo um por de Sol, mas depois quando Jack resolve ir atrás de Ann, podemos ver no meio do mato, quando ele pára, que o Sol ainda está forte e branco acima da sua cabeça.

131. Ao anoitecer os morcegos estão chegando para dormir, não deveria ser ao contrario?

132. Quando Ann está fugindo com Carl depois do ataque dos morcegos, ela está com um corte acima do olho esquerdo, mas durante a descida pela corda, e quando estão sendo levados pelo morcego, o corte some. (Contribuição de Daniel Guimarães - São Carlos / SP - Fã de Carteirinha)

133. Há uma cena onde a Ann está dormindo nos braços de Kong, e Jack vem salvá-la . Até aí tudo bem, mas no desenvolver da cena, eles caem no mar, e na cena seguinte, eles já estão fora do mar e sequinhos! (Contribuição de Bruna Bernardes - Rio de Janeiro / RJ - Fã de Carteirinha)

134. Antes de atravessar a muralha, Ann tem marcas vermelhas no seu rosto, mas logo depois de atravessar elas mudam de formato.

135. Se Kong chega na muralha e consegue se pendurar nela até quase o topo, como ele não consegue ultrapassá-la?

136. Onde foram parar todo os nativos? Depois que eles voltam para salvar Ann e os outros, os nativos não são mais vistos no filme.

137. Na muralha, observe o relógio de pulso do capitão, ele não é um modelo usado em 1939, e sim um modelo atual.

138. O mesmo acontece com algumas das lentes dos óculos dos personagens que são anti-reflexo, que não existiam na época do filme.

139. Eles demoram horas pra chegar até o ninho do Kong, mas somente minutos pra voltar ao portão, e os outros voltam, embarcam e planejam a armadilha ainda mais rápido.

140. Quantos marinheiros haviam no barco? No começo do filme só aparecem uns 10 ou 15. O Kong mata um monte deles, e mesmo assim eles conseguem encher mais 3 botes, na segunda vez que vão a ilha procurar a Ann. Então Kong mata mais alguns na ponte de árvore, e quando Kong vai ser capturado, aparecem mais uns 15 segurando as cordas para prendê-lo. Dá pra entender? (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha)

141. Se havia poucos marujos (dois barcos) quando Kong desmaia na praia. Como conseguiram levar tamanho peso para o barco? (Contribuição de Menotti Orlandi- Fã de Carteirinha)

142. Quando Ann está dançando para Kong, a posição dela muda radicalmente entre as tomadas. Ela deveria ter caído em algumas cenas, mas não cai porque o cenário é arrumado digitalmente a cada cena.

143. Quando Ann tenta fugir do T-Rex sua roupa fica suja com uma mancha enorme atrás, mas em outras tomadas ela está limpa.

144. Ann passa por maus bocados, mas quando ela chega no navio seu cabelo está limpo e até parece ter sido lavado com xampu.

145. O clorofórmio não causa aquela fumaça que nós vemos no filme. É claro que colocaram aquilo para podermos ter a idéia do clorofórmio entrando em ação.

146. Quando o capitão vem salvar os homens dos insetos, ele é filmado sozinho, e na próxima cena dele falando, sua boca não está em sincronia com o que ele diz.

147. Quando Ann está sendo oferecida para Kong, ela tem um colar nativo no pescoço que muda de posição entre os cortes até a chegada do animal.

148. O capitão levou semanas (como ele mesmo disse no filme) para chegar até a ilha. Como eles mantiveram Kong dormindo este tempo todo para voltar ate N.Y? Os garrafões de soníferos não eram tantos assim. (Contribuição de Menotti Orlandi- Fã de Carteirinha) --> No navio havia muito clorofórmio sim. Dá para saber disso claramente quando Driscoll está escrevendo na jaula e uma garrafa de clorofórmio cai no chão, o capitão pega a garrafa e a guarda e comenta com o marujo que a derrubou que assim ele fará toda a tripulação dormir. No modo que ele fala a as imagens de caixas dentro das jaulas vazias e no fundo do navio dá para perceber que há uma grande quantidade do sonífero. E para um capitão que capturar animais para vender e permanece em alto mar muito tempo, tem que ter uma quantidade enorme mesmo de clorofórmio. (Contribuição de Tricya Caroline da Silva - São José do Rio Preto / SP - Fã de Carteirinha)

149. No teatro Ann aparece se olhando no espelho, depois do corte seu ombro direito está levantado e sua cabeça mais virada.

150. A garota que fica no lugar de Ann no teatro deveria estar apenas representando, e não amarrada de verdade. Quando Kong se solta ela continua presa às cordas.

151. Kong pega a garota do palco e a joga longe, mas observe que o mesmo erro das cordas presas aos pulsos dela acontece novamente. Deveria ter arrancado os braços da garota.

152. Quando Kong está no teatro, a música que a orquestra toca não parece ser a mesma que ouvimos. Não existe sincronia.

153. Quando Kong sai na rua e percebe o táxi com Jack Driscoll dentro, a rua está cheia de carros e gente para todos os lados, mas quando aparece Ann Darrow na rua, no meio da névoa e encontra Kong, a rua fica vazia só com Jack dentro do táxi. (Contribuição de Marcelo Marconi - Nova Aliança / SP - Fã de Carteirinha)

154. Quando Jack está fugindo de Kong no táxi, ele passa por baixo dos trilhos do metrô, mas nesta cena fica claro ser uma montagem devido a velocidade que o táxi faz as curvas.

155. Jack pega um táxi para tentar desviar a atenção de Kong. A calota de uma das rodas do carro desaparece em uma tomada e reaparece depois em outra.

156. Quando o Kong está perseguindo o táxi que está Jack Driscoll, Kong passa apertado entre 2 prédios, e chove tijolos para todos os lados. Quando é feito uma tomada aberta dos edifícios, eles estão intactos. (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha)

157. Quando Kong está atrás do Táxi de Jack, observe que ele destrói várias coisas tipo carros, prédios e lojas e etc... Logo depois quando Kong encontra a garota, ela está vindo em uma direção em que os carros estão em fileira "organizados". Ele não tinha destruído tudo? (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha)

158. Quando Jack Driscoll foge Kong em um táxi amarelo, ele passa por uma rua estreita onde Kong fica preso se soltando em seguida. Observe quando Jack está saindo do beco que existe uma mulher de chapéu passando a sua frente, depois do corte ela sumiu, e existe agora um homem.

159. Observe que nesta cena só existe névoa do lado da garota, do lado de Kong não existe nada.

160. Quando Ann se encontra com Kong na rua em Nova Iorque, a tomada ora focaliza Kong, ora focaliza Ann. Nas tomadas de Kong existe neve no chão, nas tomadas de Ann não tem tanta neve assim.

161. De volta a Nova Iorque Ann está dançando no teatro com um cabelo curto. Kong foge, e quando ela vai encontrá-lo seu cabelo está completamente diferente, comprido quase nos ombros.

162. Quando Kong bate no carro de Jack, ele está vindo reto, mas na tomada anterior ele estava derrapando.

163. Jack tem seu táxi atingido bem no cruzamento da rua, mas depois ele está em outro lugar.

164. Observe que nesta cena não existe nenhum carro parado na esquina, mas quando Kong vê Ann, ele passa por um ao seu lado esquerdo, parado bem na esquina.

165. Quando Kong se aproxima da garota na rua, vemos ao lado dele dois carros estacionados onde na realidade deveria estar o táxi amassado de Jack.

166. Na cena da valsa sobre o gelo no Central Park, embora estivesse um frio intenso, Ann em momento algum sentia frio. Acho que pelo simples fato de ela estar na mão de Kong, da maneira que estava, não estava protegida do frio intenso. (Contribuição de Isaias Marcos Santos - Fã de Carteirinha)

167. Quando Kong pula em um lago congelado, o lago nem sequer trinca. Aquele lago deveria ter em torno de 5 a 10 centímetros de gelo apenas, o que seria facilmente destruído com o peso de Kong.. (Contribuição de Marco Paulo - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

168. Kong rodopia com Ann, então, de repente, ele já está fora do lago congelado, e pula de cima de um monte de neve para o lago deslizando até o outro lado.

169. Kong se suja de neve, e depois derruba quase toda esta neve em cima de Ann, mas quando ela é focalizada não tem nenhuma neve no seu corpo.

170. Observe que eles estão na beira do lago, para depois do corte aparecerem no meio dele, quando o exercito atira.

171. Só pode ser muita idiotice o exército atirar em Kong enquanto ele segura uma mulher na mão.

172. A velocidade do carro que persegue Kong atirando, é muito maior nas tomadas em que ele aparece pequeno, do que nas tomadas em close. Nitidamente uma montagem quando o carro é pequeno.

173. Observe quando Kong começa a subir no prédio está noite, mas quando ele chega ao topo do prédio na próxima tomada já é dia! Observe que ele subiu pouco depois do show, que deve ter começado pelas 22 ou 23 horas, e em questão de pouco tempo já é dia. (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha)

174. Ann deveria estar morrendo de frio no alto do Empire State só com aquele vestido fino, mas isto não acontece.

175. Kong está no alto do prédio e sente um tiro, depois disto podemos contar seis aviões passando por ele, mas existe um corte, e ainda vem vindo dois para atacá-lo. O problema é que só existem seis aviões.

176. Nova tomada dos aviões, e em vez de dois agora são três que o atacam.

177. Quando Ann cai do prédio, nós ouvimos seu grito, mas sua boca não se abre.

178. Na batalha final entre Kong e os aviões, no topo do Empire States, podemos notar que, apesar da imensa altura do prédio, não temos o mínimo sinal de vento. Em verdade, as vestes de Ann Darrow (Naomi Watts) pouco se movem, ignorando as consideráveis rajadas de vento que deveriam existir no topo do prédio. (Contribuição de Gilmar dos Santos Melo e Núbia Dias Costa - Fãs de Carteirinha)

179. Ann consegue fazer os aviões não atirarem em Kong. Ele a pega na mão mas sem agüentar a coloca deitada no chão, depois do corte ela já aparece de joelhos segurando-se na mão dele.

180. No topo do prédio Kong segura Ann com sua mão esquerda. Logo em seguida ela a solta e ela fica junto da pata esquerda dele abaixada, depois do corte ela está se levantando entre as duas patas dele e não mais junto da esquerda.

181. No prédio Kong cai segurando-se numa estrutura de ferro que ele termina arrancando fazendo um buraco. Depois ele salva Ann e a passa por este buraco. Na seqüência seguinte o avião começa a atirar nele, e enquanto ele se movimenta em torno do topo do prédio, o buraco que ele fez desaparece.

182. No topo do Empire State Building o cabelo de Ann se move de maneira diferentes entre as tomadas, ora parece ter muito vento, ora não.

183. Na última cena no alto do edifício Empire State, é possível ver a mão de Ann atravessar a mão de Kong, nitidamente os efeitos especiais falharam.

184. No Empire State Kong segura Ann na palma da sua mão, e entre as tomadas a forma de segurá-la muda algumas vezes.

185. No topo do Empire State não é possível ver em nenhuma cena Ann ou Kong soltando vapor quando respiram, o que seria normal devido à baixa temperatura.

186. Ao cair do prédio é muita coincidência Kong não ter caído em cima de um prédio, carro ou alguma pessoa! (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha)

187. Kong devia pesar várias toneladas, vendo que era maior que um Tiranossauro. Nesse caso, como ele caiu do Empire State, e não fez nada à pista? (Contribuição de André Suassuna - Fã de Carteirinha)

188. Perto do fim do filme quando todo mundo está correndo de Kong pelas ruas, é possível perceber que mesmo andando sobre a neve, nenhum deles deixa marca de suas pegadas nela. Provavelmente efeitos especiais para a neve.

189. Se era inverno e com neve em Nova Iorque, o frio deveria estar marcando uma temperatura perto de zero grau, isso seria suficiente para fazer as delicadas mãos de Ann grudarem nos degraus da escada de ferro no alto do Empire State.

190. Nas tomadas aéreas de Nova Iorque há muito menos neve nas ruas do que nas tomadas anteriores.

191. Quando Kong está no Empire State Building, em algumas tomadas podemos perceber que as ruas lá embaixo são de uma Nova Iorque moderna e não de uma Nova Iorque dos anos 30.

192. A cor dos olhos de Ann muda várias vezes durante o filme. (Contribuição de Anderson Kleiton - Fã de Carteirinha)

193. Ann deveria ter ficado afônica de tanto gritar. No entanto ela não demonstra em nenhum momento do filme sentir nada na garganta. (Contribuição de Alejandro Gaete - Fã de Carteirinha)

194. Como é que um teatro tão grande e lotado, ficou vazio rapidamente após o King Kong ter se soltado das correntes? Como as pessoas saíram tão rápido com as portas tão estreitas, e ninguém foi pisoteado? Que coisa, heim? (Contribuição de Cristina Pimentel - RJ - Fã de Carteirinha)

195. Engraçado! Com tantos animais diferentes ali, desde T-Rex, Velociraptor, Morcegos Gigantes e Insetos Gigantes, que não existem na atualidade, foram pegar logo um Gorila Gigante? Está certo, é gigante, é diferente, mas gorilas já existem na atualidade, certo? Por que não capturaram o T-Rex, já que é uma espécie que já foi extinta. Acho que viria gente de todo mundo. (Contribuição de Daniel - Fã de Carteirinha)

ERROS REMOVIDOS

Quando a garota (Ann Darrow) desce do táxi para ir até o navio, nós vemos que o táxi vem do fundo da rua até perto do navio e pára com a frente do veículo virado para o prédio, e a traseira virada para o navio. Um segundo depois, quando a garota desce e olha para o Venture, o táxi está exatamente ao contrário, agora de ré para a parede e de frente para o navio.

Quando o dinossauro estava correndo atrás da garota, Kong sai de trás de umas árvores para salvá-la, ele não estava dormindo? Ele tem sexto sentido? (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha) --> Não, ele não estava dormindo! (Falhinha)

Um pouco antes do por do sol a garota a qual Kong se apaixonou conversa com ele, ela diz beautiful que inglês significa "lindo" e Kong olha para ela e se apaixona! Ele entende inglês? (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha) --> Este erro não acontece, pois a expressão de Kong não se altera quando ela fala isto. (Falhinha)

Se Kong conseguiu quebrar a proteção dentro do teatro, porque ele não rasgou a rede quando capturaram? Ele perdeu a força? (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha) --> O Kong não conseguiu se livrar das cordas pelo motivo de estar completamente dopado. Na hora em que ele estava com as correntes provavelmente o efeito estava acabando. (Contribuição de Débora Rodrigues Souza Rios - Fã de Carteirinha) --> Kong consegue sim se livrar da rede quando é preso a primeira vez. (Falhinha)

Logo depois quando Kong encontra a garota, observe que eles vão para um lago congelado aonde o Kong desliza. Afinal, não estava nevando! (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha) --> Não estava nevando! (Falhinha)

Observe quando a garota está subindo no prédio atrás do Kong, os aviões atiram na escada, e ela quebra e quase cai e o Kong a salva e etc. Observe depois quando ela estava subindo na escada, a escada estava intacta! (Contribuição de Rodrigo Barbosa Seixas - Manaus / AM - Fã de Carterinha) --> Ann sobe a segunda escada e não a que foi destruída. (Falhinha)

Na cena em que o T-Rex estava com aquele "singelo" lagarto na boca perseguindo a Ann Darrow, dá para ver rapidamente em uma cena ele soltar a presa e na cena seguinte, não se sabe como, a presa volta a sua boca. Somente depois ele solta o lagarto. (Contribuição de Amanda VS - Fã de Carteirinha) --> Este erro não acontece. O que ocorre é que o T-Rex de tanto morder o outro dinossauro termina cortando-o pela metade, e a cabeça do outro animal cai no chão se perdendo, ficando o T-Rex apenas com a outra metade na boca. (Falhinha)

O barco não era grande, estava todo arrebentado, os espaços eram pequenos. Onde colocaram o Kong para levá-lo para os Estados Unidos? (Contribuição de Menotti Orlandi- Fã de Carteirinha) --> Kong pode ter sido levado facilmente em cima do navio amarrado. (Falhinha)

OBSERVAÇÕES

A) As pessoas do elenco colocam uma bonequinha (Naomi Watts) como atriz principal e um ator mais feio que o Kong como protagonista. Pelo visto o estoque de atores heróis está em baixa nos bastidores de Hollywood.  (Contribuição de Mario Netto - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha) --> Na minha opinião e creio que na de muita gente não teria ator melhor que o Adrien Brody para interpretar o Jack Driscoll. No filme mesmo tem esse toque sobre herói. Mostra que o Jack (mesmo sendo "feio", na opinião de alguns) foi mais herói do que o "bonitinho" do Bruce, que era um bosta. Pra mim um herói não se faz de carinha bonita e sim de atitude. O que faz de uma pessoa ser BONITA não é o seu exterior, e sim o interior, as atitudes e ações que essa pessoa tem que a diferencia do "resto". Essa observação eu jamais imaginaria ler no Falha Nossa. Até parece que o que vale é a BELEZA e não o amor, o cuidado e a proteção. (Contribuição de Tricya Caroline da Silva - São José do Rio Preto / SP - Fã de Carteirinha)

B) Faltou no filme sentido do enfoque na estória do ator que fez o Billy Elliot e do negro que encontrou ele no navio. Achei que no final do filme faltou um desfecho para o menino, o negro foi morto, mas e o menino foi parar aonde? Eu não percebi, e ainda, ele tinha medo de voltar para terra onde foi encontrado, porque? Gostaria de saber! (Contribuição de Fabiane Fast) --> O que levou a entender é que o Jimmy era da ilha e a conhecia, pois quando chegou no navio estava horrorizado. E quando ele escuta falar da ilha da caveira ele tem medo e corre contar para o Hayes e os outros marujos. Também fiquei com muitas dúvidas, como o Jimmy chegou até o navio que o Sr. Heyes o encontrou? Ele estava na ilha antes de fugir? Por que se, na ilha só havia nativos, e ele obviamente não era um como ele chegou lá? Ele sabia do Kong? Por isso estava aterrorizado? Ou o capitão e o Sr. Hayes sabiam da ilha e acharam o Jimmy nela? Mas se soubessem da ilha, dos nativos e do Kong não voltariam nela, não bateriam nos rochedos e saberiam da muralha. E se o Jimmy soubesse do Kong ele iria contar o que viu e não os deixaria ir lá. (Contribuição de Tricya Caroline da Silva - São José do Rio Preto / SP - Fã de Carteirinha)

C) Ann não comeu uma folha de alface sequer e teve forças para gritar, correr, pular em cipós, e não reclamou hora nenhuma de fome. (Contribuição de Marco Paulo - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

D) Pois bem: após toda aquela aventura na ilha, quando finalmente conseguem deixar o macacão inconsciente, há um corte e a ação já está transferida para Nova York. Mas pergunto: como fizeram aqueles poucos homens para transportar um bicho de 15 metros e várias toneladas da ilha para o navio que estava bem longe dali? Como o transportaram no navio? A embarcação é pequena, com um porão de cargas mínimo, como caberia o Kong ali? Será que ele foi amarrado do lado de fora da ilha até Nova Iorque? Como o mantiveram sedado durante a viagem? Havia tanto clorofórmio assim a bordo? O que deram de comer a ele? Mau explicado não? (Contribuição de Sidney Barretos e  Bruno Vinícius Ximenes de Oliveira - Fãs de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

PROMOÇÃO ENCERRADA

A UIP e o Falha Nossa convidaram você para enfrentar esta fera.
Eles mandaram um e-mail
respondendo. Qual o nome do diretor do filme de Ann Darrow?
E concorreram a prêmios inéditos do filme. Confira os prêmios e o resultado.

1º e 2º lugar
1 camisa especial do filme.

Lucas Silva Bernardes - Santos / SP
Victor Meirelles Franco - Rio de Janeiro / RJ

3º ao 5º lugar
1 brinde especial.

Amélia Florêncio Cardozo - Curitiba / PR
Renato Jossimar Filho - Recife / PE
Rita de Cássia Washington - Brasília / DF

A UIP e o Falha Nossa agradecem a participação de todos.

::.. UIP ..::

IMAGENS E CURIOSIDADES

Peter Jackson recebeu $20 milhões de dólares para dirigir este filme, o salário mais alto já pago com antecedência a um diretor. O diretor Peter Jackson ficou muito cansado durante a produção, chamando Bryan Singer que estava na Austrália dirigindo o Super-homem. Ele dirigiu uma cena de ação com Naomi Watts. Alex Norton recebeu um dos papéis, mas recusou por causa da coincidência de um trabalho que estava fazendo para a televisão. O mesmo aconteceu com Sylvester McCoy. Fay Wray estava em negociações para aparecer no filme, antes de morrer. Peter Jackson queria que ela disesse a última fala do roteiro. Em pelo menos uma cena que acontece num jantar, Naomi usa um chapéu que é um tributo de Peter Jackson ao chapéu de Fay Wray usou no filme original. O estúdio em Wellington, Nova Zelândia ficava situado muito perto do aeroporto local, o que causou muitos problemas durante a filmagem com os vôos freqüentes de aviões por cima do estúdio. Adrien Brody fez sua própria cena sem uso de dublê. Kate Winslet foi a primeira escolha para interpretar Ann Darrow.

(13/01/2005) - CONFIRA AS FOTOS DE "KING KONG"

Foram divulgadas pela Universal as primeiras imagens oficiais de King Kong, a refilmagem do clássico do gorila gigante que está sendo dirigida por Peter Jackson (O Senhor dos Anéis). As fotos já foram publicadas por alguns jornais e revistas, mas aparecem agora pela primeira vez em boa resolução na Internet.

Com roteiro de Jackson, ao lado de Fran Walsh e Philippa Boyens, a história é baseada no texto original de Merian C. Cooper e Edgar Wallace, que foi filmada pela primeira vez em 1933. O novo King Kong tem estréia mundial prevista para o dia 14 de dezembro de 2005.
Clique nas imagens acima para vê-las ampliadas em uma nova janela.

Clique aqui para ver o trailer: KING KONG