VOLTAR BLOCO 10

 
   

A LISTA DE SCHINDLER
Liam Neeson & Ben Kingsley

Durante a Segunda Guerra Mundial, um industrial salva centenas de judeus poloneses do extermínio ao empregá-los em sua fábrica de panelas.

A inusitada história de Oskar Schindler (Liam Neeson), um sujeito oportunista, sedutor, "armador", simpático, comerciante no mercado negro, mas, acima de tudo, um homem que se relacionava muito bem com o regime nazista, tanto que era membro do próprio Partido Nazista (o que não o impediu de ser preso algumas vezes, mas sempre o libertavam rapidamente, em razão dos seus contatos).

No entanto, apesar dos seus defeitos, ele amava o ser humano e assim fez o impossível, a ponto de perder a sua fortuna mas conseguir salvar mais de mil judeus dos campos de concentração.

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Steven Spielberg
Escritor: Steven Zaillian

Baseado no livro de Thomas Keneally

Gênero :Drama / Guerra

Universal Pictures / UIP

Título Original: The Schindler's List
Tempo: 197 min
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 1993 - USA
Recomendação: 16 anos

ELENCO

Liam Neeson .... Oskar Schindler
Ben Kingsley .... Itzhak Stern
Ralph Fiennes .... Amon Goeth
Caroline Goodall .... Emilie Schindler
Jonathan Sagall .... Poldek Pfefferberg
Embeth Davidtz .... Helen Hirsch
Malgoscha Gebel .... Victoria Klonowska
Shmulik Levy .... Wilek Chilowicz
Mark Ivanir .... Marcel Goldberg
Béatrice Macola .... Ingrid
Andrzej Seweryn .... Julian Scherner
Friedrich von Thun .... Rolf Czurda
Krzysztof Luft .... Herman Toffel
Harry Nehring .... Leo John
Norbert Weisser .... Albert Hujar

FICHA TÉCNICA

Produção .... Branko Lustig
Produção .... Gerald R. Molen
Produção .... Steven Spielberg
Música .... John Williams
Fotografia .... Janusz Kaminski
Desenho de Produção .... Allan Starski
Direção de Arte .... Ewa Skoczkowska
Direção de Arte .... Maciej Walczak
Figurino .... Anna B. Shepard
Edição .... Michael Kahn
Edição .... Steven Spielberg
Efeitos Especiais .... Industrial Light & Magic

PRODUTORAS

Universal Pictures
Amblin Entertainment

DISTRIBUIDORAS

Universal Pictures
UIP

ERROS

1. Goeth aponta a arma para uma mulher e a atira na cabeça. Você vê uma explosão grande no chão atrás dela, indicando que a bala saiu e bateu lá. A explosão é muito grande para uma bala. Alguém no departamento pirotécnico deve ter viajado nesta cena.Erros do site www.falhanossa.com

2. Na cena onde Goeth ordena que o seu Unterschturmfuhrer execute o capataz da construção dos quartéis, ela é executada com um tiro na parte de trás da cabeça com uma pistola Parabellum regular 9mm, contudo de alguma maneira o corpo dela é lançado ao chão e pula para trás como se ela tivesse pulado de um trampolim.Erros do site www.falhanossa.com

3. Quando o Comandante no acampamento quer atirar no rabino fora da fábrica, ele várias vezes engatilha a arma, mas isto faria uma bala sair toda vez que ele fizesse isto. O que não acontece.

4. Quando Schindler está numa festa perto do começo, ele está numa mesa com alguns outros homens. Duas dançarinas estão se sentando próximo a um homem. Uma das mulheres está segurando um garfo e está comendo algo. Existe um corte para Schindler que sussurra algo para o garçom, mas no fundo a mulher que estava com o garfo está bebendo algo numa uma taça agora. Então corta novamente para a mulher e agora ela está com o garfo novamente.Erros do site www.falhanossa.com

5. Na cena da festa de aniversário de Oskar Schindler, ele beija a mulher judia, e a está  segurando pelos braços, mas depois sua mão está no rosto dela e depois de volta no braço.

6. No fim do filme os judeus estão se alinhando e a Sra. Itzhak Stern fica mudando de posição em relação ao Sr. Leopold Pfefferberg.Erros do site www.falhanossa.com

7. Quando o trem está levando os trabalhadores de Schindler para a Tchecoslováquia no fim, eles pegam gelo da janela, porém no trem inteiro o único gelo que existe é naquela janela.

8. Há uma cena onde Billie Holiday é ouvido cantando, provavelmente no rádio, a canção é "God Bless the Child", Deus abençoe a criança, só que esta canção só foi gravada em muito depois de 1941, nos anos 50.Erros do site www.falhanossa.com

9. Quando eles levam um tiro em um trem que está entrando numa estação na Tchecoslováquia, você pode ver cabos elétricos que não existiam nos anos 40. Só nos anos 50 a eletrificação começou.

10. Na cena do acampamento de internação, muitos judeus nus são tirados. Porém, muitos dos homens não são circuncizados.Erros do site www.falhanossa.com

11. No final da primeira fita, quando mostra as pessoas presas nos vagões, tem uma parte que mostra um soldado e a câmera vai subindo até o vagão. Preste atenção no soldado, parece que ele está usando um telefone celular. (Contribuição de Marcos Cezario - Fã de Carteirinha)

OBSERVAÇÕES

ANTIGO ERRO 9 RETIRADO. Na cena que Schindler tira seu distintivo de ouro e fala que aquele ouro poderia ter salvo algumas vidas, está errado, pois aquilo não era ouro sólido, e sim folheado, o que com certeza não teria salvo tantas vidas assim, além do distintivo que ele estava usando ser o dos militares e não o que os civis usavam normalmente. --> Existiam dois tipos de broches. Eles eram dados, para qualquer pessoa (civil ou militar) quando a mesma, entrava para o Partido Nacional Socialista (Nazista). São eles:

O primeiro (o que o Schindler estava usando), foi dado aos 100.000 primeiros membros do partido (Civis e militares). O arco em seu contorno, era de ouro. E sim, poderia ter salvado algumas pessoas, já que naquele momento, o mundo estava em guerra, e os metais ficaram muito mais caros, pois na guerra o metal é praticamente a matéria prima mais usada. O segundo broche, mais simples, era dado os demais membros do partido. (Contribuição de Felipe Shida - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES

Há momentos delicados tratados com sensibilidade, assim como cenas de impacto emocional em estado puro.
Indicação deste filme: Daniela Pereira - Portugal - Fã de Carteirinha

Uma corajosa adaptação do romance de Thomas Keneally, baseado em fatos verídicos, com preto e branco maravilhoso (de Janusz Kaminski - Oscar), e atuações impecáveis de todo o elenco.

Ganhou 7 Oscars: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Trilha Sonora, Melhor Edição e Melhor Roteiro Adaptado. Recebeu ainda outras 5 indicações: Melhor Ator (Liam Neeson), Melhor Ator Coadjuvante (Ralph Fiennes), Melhor Figurino, Melhor Som e Melhor Maquiagem. Ganhou 3 Globos de Ouro: Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor e Melhor Roteiro. Foi ainda indicado nas seguintes categorias: Melhor Ator em Drama (Liam Neeson), Melhor Ator Coadjuvante (Ralph Fiennes) e Melhor Trilha Sonora. Ganhou o Grammy de Melhor Composição Escrita para um Filme.