Olá amigos e Fãs de Carteirinha

A partir de agosto de 2006 vamos contar com a colaboração da Jornalista Viviane França que trará toda semana uma notícia direto da redação para você. Assim como a coluna Direto dos EUA com nosso correspondente André Ribeiro, toda semana uma notícia quentinha do que anda rolando nos bastidores do cinema. Você ainda confere as notícias enviadas pelos colaboradores Marvin Yuri Quirino Brito e Fabrício Augusto.

Ver também Notícias Antigas 2002 | 2003 | 2004 | 2005

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR OUTRAS NOTÍCIAS DIRETO DOS EUA

AGOSTO 2006

 

(30/08/06) - O Plano Perfeito

Um inteligente e brilhante filme de suspense chega hoje às locadoras do país. Sucesso de bilheteria no Estados Unidos, onde arrecadou mais de US$ 80 milhões, o novo filme do prestigiado e polêmico diretor, Spike Lee, chega hoje nas locadoras do país pela Universal Pictures. Com um roteiro ágil e elegante, o filme narra a história de um assalto a banco. O grupo, comandado pelo calculista e frio Dalton Russell (Clive Owen), parece sempre estar um passo à frente da dupla de detetives formada por Keith Frazier (Denzel Washington) e Bill Mitchell (Chiwetel Ejiofor). Auxiliados pelo capitão John Darius (Willem Dafoe), eles tentam negociar a libertação dos reféns e resolver rapidamente a situação. Mas enquanto o jogo se desenvolve surge Madeline White (Jodie Foster), uma poderosa e influente advogada, contratada por Arthur Case, presidente do banco, que solicita um encontro particular com Russell. O que torna O PLANO PERFEITO um ótimo thriller, o diferenciando dos demais cujo tema é similar, é a segura direção do diretor. Abordando outros temas, como corrupção e racismo, Spike Lee deixa sua marca. O roteiro inteligente de Russell Gewirtz e o grupo de talentosos atores também ajudam e dão destaque ao filme.

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(30/08/06) - Armações do Amor

Sarah Jessica Parker e Matthew McConaughey estão juntos nesta nova e simpática comédia romântica. Para aqueles que vão as locadoras em busca de uma comédia romântica, ARMAÇÕES DO AMOR é uma boa dica. A história simples e despretensiosa flui bem, até porque o par romântico, interpretado pelos charmosos atores Sarah Jessica Parker e Matthew McConaughey, consegue convencer como um casal apaixonado. Em ARMAÇÕES DO AMOR, McConaughey é Tripp, um homem de 35 anos, bonito, inteligente e bem sucedido profissionalmente, mas que ainda mora na casa dos pais. O problema? Ele não pretende se mudar tão cedo de lá para o desespero dos seus pais, aqui interpretados pelos atores Kathy Bates e Terry Bradshaw. Sem saída, eles então resolvem contratar Paula (Sarah Jessica Parker), uma especialista em convencer solteiros a saírem de casa e irem morar sozinhos. Como se trata de um filme de romance, o que acontece a seguir é óbvio. Os dois irão se apaixonar. Mas no roteiro escrito por Tom J. Astle e Matt Embur os coadjuvantes também possuem seu espaço e são eles quem dão humor a história. Apesar do filme começar de forma convencional, ele melhora muito quando passa a desenvolver tramas paralelas, como a do casal Zooey Deschanel e Justin Bartha Kathy. Outra boa tirada do roteiro são os ataques que Tripp sofre de animais, quando ao lado dos amigos, esta praticando algum esporte radical. Lançado pela Paramount, o DVD traz uma criativa e simpática abertura de Menu que foge do tradicional. Os extras, todos legendados em português, vêm com Making Of dos Bastidores, Trailer de Cinema e para os fãs de McConaughey um especial onde ele e o ator Terry Bradshaw entrevistam um ao outro.

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(30/08/06) - A Casa Monstro

Steve Spielberg e Robert Zemeckis assinam esta nova e divertida animação de Terror . A inovadora técnica de animação, em que movimentos reais dos atores são transferidos para o computador e inseridos nos personagens animados, foi aplicada na A CASA DO MONSTRO. E parece ter agradado ao público e aos críticos. Com duas semanas de exibição nos cinemas americanos, o filme arrecadou mais de US$ 50 milhões em ingressos vendidos. Dirigido pelo novato diretor Gil Kenan e produzido por Robert Zemeckis e Steve Spielberg, o filme conta a história de três crianças - DJ, Jenny e Bocão - que desconfiam da velha e misteriosa casa do bairro, onde vive o assustador senhor Epaminondas. Uma estranha e assombrada casa que faz barulhos, devora tudo o que cai em seu jardim e guarda muitos segredos. O roteiro inteligente e com boas tiradas de humor, torna para os adultos um filme divertido e para as crianças uma deliciosa história de terror. As crianças do filme agem, pensam e executam suas idéias como qualquer criança. De maneira simples e inocente. O humor sarcástico fica a cargo de outros personagens, como os dos pais de DJ, os engraçados Oficiais Landers e Lister, a cínica babá Zee e o seu espaçoso namorado Magrão. Para interpretá-los foram convidados grandes atores, dentre eles Kathleen Turner, Maggie Gyllenhaal, Steve Buscemi e Jason Lee. A Turner coube a difícil tarefa de dar vida a casa, de inserir expressões humanas e movimentos por detrás daquelas paredes de tijolos. Já para interpretar as três crianças da animação foram escalados os atores Sam Lerner, Mitchel Musso e Spencer Locke, crianças com as mesmas idades dos seus personagens. A CASA MONSTRO, da Columbia Pictures, estréia no país no dia 1º de setembro. Ah...não se levante da cadeira antes do fim dos créditos!

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(30/08/06) - "Piratas do Caribe 2" Acumula Bilheteria Mundial de Quase US$ 1 bilhão

Em seu sétimo fim de semana na liderança da bilheteria mundial, "Piratas do Caribe: O Baú da Morte" quebrou novos recordes e já se tornou a sexta maior bilheteria mundial de todos os tempos. A aventura também já é a maior bilheteria da Disney. Com arrecadação estimada de 25,5 milhões de dólares em 51 territórios no fim de semana, "O Baú da Morte" elevou sua bilheteria mundial total, incluindo a norte-americana, para 923,8 milhões de dólares, passando à frente do recorde anterior para um filme da Disney: os 866,9 milhões de dólares arrecadados por "Procurando Nemo", de 2003. "Baú da Morte" está prestes a subir para a quarta posição no ranking global esta semana, passando à frente de "Star Wars: Episódio 1 -- A Ameaça Fantasma", de 1999 (924,3 milhões de dólares) e "O Senhor dos Anéis -- As Duas Torres", de 2002 (926,3 milhões). A aventura pirata ainda fará suas estréias na Grécia, nesta sexta-feira, e na Itália, em 13 de setembro. A segunda maior bilheteria internacional (excetuando a América do Norte) no fim de semana foi de "Miami Vice" (13 milhões de dólares, com total acumulado fora dos EUA de 38 milhões). O terceiro da lista internacional foi "Garfield 2", que arrecadou 8 milhões de dólares em 36 mercados, com total internacional acumulado de 61 milhões. A quarta posição foi de "Superman -- O Retorno": 7,9 milhões de dólares no fim de semana e total internacional acumulado de 166 milhões. "A Casa Monstro" foi o quinto colocado, com arrecadação de 4,7 milhões de dólares no fim de semana elevando seu total acumulado para 20,5 milhões. O primeiro colocado nos EUA no fim de semana passado, a comédia "Talladega Nights: The Ballad of Ricky Bobby", perdeu força no cenário mundial. Outros totais internacionais acumulados são: "Separados pelo Casamento", 61 milhões de dólares; "Click", 26 milhões; "Carros", 145 milhões; "A Casa do Lago", 40,3 milhões; "Os Sem Floresta", 150 milhões; "Vôo 93", 21,8 milhões; "Nacho Libre", 8,6 milhões; "Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio", 80 milhões; "Dois é Bom, Três é Demais", 8,2 milhões; "A Dama na Água", 4,8 milhões e "Missão: Impossível 3", 259,6 milhões de dólares.

Por: Fabrício Augusto

 
(30/08/06) - Jet Li e Jackie Chan juntos em filme de ação

Dois dos mais famosos astros das artes marciais no planeta em breve estarão juntos em um filme. Ao menos é o que afirma Jackie Chan (A Hora do Rush), que declarou que ele e Jet Li (Herói) estão comprometidos a trabalharem juntos e que apenas aguardam o roteiro ideal. A intenção é que as filmagens tenham início em março ou abril do ano que vem, após Chan concluir as filmagens de "A Hora do Rush 3".

Por: Fabrício Augusto

 
(30/08/06) - Diretor confirma seqüência de Superman - O Retorno

Depois de muitas incertezas e lucros abaixo do esperado, Alan Horn, presidente da Warner Bros., confirmou uma seqüência de Superman - O Retorno. De acordo com o site Comingsoon.net, o filme será novamente dirigido por Bryan Singer e está previsto para ser lançado em 2009. A grande insatisfação da Warner Bros. era os números de bilheteria. O filme arrecadou "apenas" US$ 400 milhões, US$ 100 milhões abaixo do esperado. Mesmo assim, o lucro foi alto. Para a seqüência, Singer quer mostrar mais ação e histórias "empolgantes". "Eu gostaria de levar a série para um patamar mais alto, um pouco mais ameaçador, mais terrível, profético", empolgou-se.

Por: Fabrício Augusto

 
(30/08/06) - O ator de "Harry Potter" repete cena de beijo 30 vezes

A cena do primeiro beijo de Harry Potter foi filmada pelos atores Daniel Radcliffe e Katie Leung na última semana, durante filmagens no Reino Unido. Os jovens estavam tão constrangidos com as câmeras, que tiveram que repetir a cena trinta vezes. Antes de filmar, Radcliffe já tinha afirmado ao tablóide The Sun que estava bem nervoso. "Vai ser constrangedor, porque meus pais estarão no set", confessou o ator de 17 anos. Além da pressão em cima do astro, alguns membros do elenco ficaram sabendo da história e resolveram assistir às filmagens do beijo de perto. "Eu nunca vi tanta gente reunida em um set", brincou Rupert Grint, que vive o jovem Rony Weasley no filme. Katie Leung, que também afirmou ter ficado bastante envergonhada, disse que Daniel foi bastante gentil. "Ele beija muito bem, eu realmente gostei. Ele foi enérgico e fez eu me sentir relaxada".  Para o produtor David Yares, a cena ficou perfeita. "Nós refizemos muitas vezes mas o beijo está saboroso e adorável, como a primeira vez deve ser", brinca.

Por: Fabrício Augusto

 
(30/08/06) - Quinto Harry Potter ganha a sua Mafalda Hopkirk e Primeiro Beijo do Jovem Bruxo

Dias depois de Ninfadora Tonks ter aparecido no set de Harry Potter e a Ordem da Fênix, o elenco ganhou um reforço. Jessica Stevenson (Bridget Jones: No limite da razão) será a feiticeira do Ministério da Magia Mafalda Hopkirk. Paralelamente, o diretor do filme, David Yates, falou com o site Mid-Day sobre a produção. Disse que o filme será mais emocional do que os anteriores - em termos de magia, mais sombrio e mais duro também. Perguntado sobre a sensação de filmar o primeiro beijo de Harry Potter, comentou: "A maioria das pessoas na equipe já trabalha com Daniel [Radcliffe] desde que ele era pequeno. No dia em que filmamos a cena, todo mundo colou no monitor. Eles precisavam ver o momento, experimentá-lo, porque Daniel é quase um filho para eles. Eu queria que aquilo soasse o mais real e verdadeiro possível, e fizemos várias e várias tomadas". Atualmente a filmagem passeia por locações no Reino Unido. O quinto Harry Potter será lançado em 13 de julho de 2007.

Por: Fabrício Augusto

 
(30/08/06) - Sony Pictures atinge a marca de US$ 1 bilhão.

A Sony Pictures atingiu a marca de US$ 1 bilhão no mercado internacional no dia 24 de agosto, o que representa um recorde para a companhia. Até então o prazo mais curto havia sido registrado em 8 de setembro de 2002. Esta é a sexta vez e quinta vez nos últimos sete anos que a Sony Pictures conquista US$ 1 bilhão com a venda de ingressos em territórios internacionais - ou seja, exceto EUA e Canadá. Somando esses dois países, a renda do estúdio já chega a US$ 2,1 bilhão neste ano. E o número deve subir consideravelmente com os próximos lançamentos. Como "A Casa Monstro'', que estréia no Brasil no dia 1° de setembro, "O Pequenino'' (22 de setembro), "O Bicho Vai Pegar'' (8 de outubro), "Amigas com Dinheiro'' (12 de outubro), "Ricky Bobby - A Toda Velocidade'' (3 de novembro), "A Grande Ilusão'' (17 de novembro) e "Stranger Than Fiction'' (15 de dezembro). Ao longo de 2006 "O Código Da Vinci'' foi o filme que mais ajudou o estúdio na conquista da marca em tempo recorde no mercado internacional. A adaptação do livro de Dan Brown arrecadou US$ 535 milhões no setor (somando a renda nos EUA chegou a US$ 752 milhões). Também contribuíram com a façanha títulos como "As Loucuras de Dick e Jane'', "Memórias de uma Gueixa'', "O Exorcismo de Emily Rose'' e "Os Seus, os Meus e os Nossos'', entre outros.

Direto da Redação

 
(25/08/06) - Daniel Filho começa a filmar adaptação de "O Primo Basílio"’ em outubro

O romance "O Primo Basílio", que o escritor português Eça de Queiroz escreveu em 1878, inspira Daniel Filho a gritar “ação!’’ em mais um set de filmagem. A partir de outubro, o diretor roda uma adaptação dessa clássica trama de adultério, transferindo o cenário de Lisboa para São Paulo, no ano de 1958. Com roteiro de Euclydes Marinho, trata-se da história de Luísa (Deborah Falabella), uma jovem romântica casada com Jorge (Reynaldo Gianechini), um engenheiro envolvido na construção da nova capital federal, Brasília. Sua vida vira de cabeça para baixo quando ela reencontra o primo Basílio (Fabio Assunção), sua antiga paixão, que volta ao Brasil após anos estudando no exterior. Mais nomes de peso completam o elenco, como Glória Pires, no papel da empregada Juliana, Simone Spoladore, como a desquitada Leopoldina, e Zezeh Barbosa, como a empregada Joana. Quem assina o projeto é a Lereby Produções, em co-produção com Globo Filmes, Miravista e Total Entertainment. O longa chegará às telas em 2007, com distribuição da Buena Vista.

Direto da Redação

 
(25/08/06) - Adam Sandler melhor comediante no Teen Choice Awards

Atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros com "Click'', Adam Sandler acaba de ser eleito o melhor comediante no Teen Choice Awards - premiação que revela o gosto do público adolescente através de pesquisa online. Um dos humoristas mais bem pagos de Hollywood, Sandler acumula vários êxitos comerciais em sua filmografia, como "O Paizão'' (1999), "O Rei da Água'' (1998), "Tratamento de Choque'' (2003) e "Como Se Fosse a Primeira Vez'' (2004). "Click'', visto por cerca de 700 mil espectadores em duas semanas em cartaz no Brasil, segue pelo mesmo caminho. Nos EUA, sua bilheteria já ultrapassa os US$ 135 milhões. Nessa comédia com elementos dramáticos, o astro encarna um pai de família omisso, por conta de tantos compromissos profissionais como arquiteto. Como não consegue dar atenção aos filhos e à mulher (a bela Kate Beckinsale), ele aceita um controle remoto universal, aparentemente capaz de resolver todos os seus problemas. Mas logo o protagonista percebe que os problemas estão apenas começando.

Direto da Redação

 
(25/08/06) - Superman O Retorno - Continuação

Durante uma breve entrevista ao Hollywood Reporter, Bryan Singer voltou a falar sobre a continuação de Superman - O retorno. O cineasta informou que pretende seguir com a idéia de que o herói kryptoniano teve um filho com a humana Lois Lane. "Existe muito espaço para desenvolvermos esse novo personagem que carrega heranças genéticas da Terra e de Krypton. Com isso ele se torna um personagem mais fácil de escrever do que o Super-Homem, que não tem essa mistura. É duro encontrar obstáculos para um personagem tão poderoso enfrentar", disse Singer. O diretor também garante que agora que a história do herói recomeçou nos cinemas será possível "trazer mais da energia das histórias contemporâneas dos quadrinhos". Com esse discurso, fica claro que já houve uma conversa entre a equipe criativa e a Warner Bros., afinal, o presidente do estúdio recentemente confirmou planos para um novo filme em 2009 - e que a aventura terá mais ação "para satisfazer o público jovem masculino".

Por: Marvin Yuri Quirino Brito

 
(23/08/06) - Demissão de Tom Cruise reflete nova era em Hollywood (Agência EFE)

Hollywood examina hoje a situação criada após a confirmação da demissão do ator Tom Cruise da Paramount, sinal aparente de que os estúdios estão cansados do comportamento excêntrico de suas estrelas e de seus salários milionários. Summer Redstone, presidente dos estúdios Paramount, afirmou hoje ao "The Wall Street Journal" que os quatorze anos de relação entre sua companhia e a produtora da estrela, Cruise/Wagner, chegaram ao fim. "Seu comportamento recente é inaceitável", afirmou Redstone, que aos 84 anos é dono do terceiro maior conglomerado midiático do país. Suas palavras põem fim a uma frutífera parceria entre o estúdio e Cruise, que produziu quatorze filmes (nem todos para a Paramount) e proporcionou mais lucros à empresa do que qualquer outro. Os custos da Paramount com o ator superam os US$ 10 milhões por ano, quatro vezes mais do que os acordos de produção com outras estrelas como Tom Hanks, Brad Pitt e Johnny Depp. O fim da parceria entre Cruise e a Paramount já era esperado, diante dos recentes cortes financeiros de Hollywood. A forma como isso se deu, entretanto, surpreendeu a indústria, com o presidente do estúdio criticando uma das maiores estrelas do mundo do cinema. Fontes não identificadas afirmam que Redstone culpa Cruise pelos péssimos resultados de seu último filme, "Missão Impossível 3". A produção, com um custo de US$ 150 milhões e um acordo que dava a Cruise uma percentagem na receita das bilheterias, arrecadou apenas US$ 133 milhões nos Estados Unidos e não chegou aos US$ 400 milhões no mundo todo. Segundo os analistas, o número está entre US$ 100 milhões e US$ 150 milhões abaixo do esperado. Cruise está cada vez mais atuante na defesa da cientologia - religião a qual pertence desde 1990- e chegou a instalar tendas informativas nos sets de suas últimas filmagens para atrair adeptos. Além disso, suas extravagantes declarações de amor a Katie Holmes, mãe de sua primeira filha biológica, Suri - incomuns em uma estrela que até então resguardava zelosamente sua vida privada -, também contribuíram para diminuir sua popularidade. A revista "Forbes", entretanto, ainda o põe à frente da lista dos mais poderosos de Hollywood este ano. Cruise não é a única estrela a sentir a ira de Hollywood. Mel Gibson foi ameaçado por alguns dos principais donos de estúdio dos Estados Unidos, por seu comportamento supostamente racista e machista ao ser detido quando dirigia bêbado. Lindsay Lohan, a jovem estrela conhecida por seu comportamento difícil, também recebeu em julho uma carta de reprimenda dos estúdios Morgan Creek, por "comportar-se como uma menina mimada" durante a filmagem de "Georgia Rule". E Jim Carrey, primeiro ator a superar a casa dos US$ 20 milhões por filme, teve seus dois próximos projetos cancelados, diante do fracasso de suas últimas estréias. "Hollywood percebeu que seus filmes de maior bilheteria dos últimos anos não são os que contam com suas maiores estrelas", diz o analista Gitesh Pandya. Paula Wagner, sócia de Cruise, afirmou hoje que os comentários de Redstone são "pouco profissionais" e deu outra versão para a "demissão". Segundo ela, a Cruise/Wagner havia decidido, há uma semana e meia, se estabelecer como companhia independente, após o fracasso de suas negociações com a Paramount. Segundo declarou ao jornal "Los Angeles Times", a empresa já conta com uma linha de crédito independente. Wagner não deu mais detalhes sobre os próximos trabalhos de Cruise.

Direto da Redação

 
(23/08/06) - (A NÉVOA) - (The Fog) - Terror - 103 min - EUA - 2004

DIREÇÃO: Rupert Wainwright
ELENCO: Tom Welling, Maggie Grace, Selma Blair.

Escrito e dirigido na década de 80 por John Carpenter, o clássico do terror, BRUMA ASSASSINA, volta com uma nova e boa releitura, um novo nome (A Névoa) e um novo diretor (Rupert Wainwright). Neste thriller de suspense, Tom Welling (da série de TV Smallville), Maggie Grace (da série de TV Lost) e Selma Blair (de Hellboy) são moradores de uma pacata ilha no litoral da Califórnia. Cidade que misteriosamente é encoberta por uma densa névoa. Sem que seus habitantes saibam, ela traz as perturbadas e vingativas almas de uma tripulação que morreu, em circunstâncias misteriosas, num naufrágio ocorrido há 100 anos. Rodado com um orçamento de US$ 18 milhões, considerado baixo para os padrões de hollywood, o filme arrecadou nas duas primeiras semanas de exibição nas salas americanas, mais US$ 20,9 milhões. Já no Brasil, a distribuidora optou por lançar o filme diretamente em vídeo. O DVD, lançado em versão simples, traz vários e ótimos extras para os fãs de filmes de terror, como Making Of, Efeitos Especiais, Cenas Excluídas e um documentário sobre A Volta dos Clássicos de Terror, todos legendados em português.

DISTRIBUIDORA: Columbia Pictures

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(23/08/06) -  WARNER BROS. ANUNCIA AL PACINO NO ELENCO DE "OCEAN’S 13"

A Warner Bros. Pictures anunciou que o astro Al Pacino fará parte do já estrelado elenco de Ocean’s 13 (ainda sem título em português), terceiro título da franquia que já trouxe aos cinemas Ocean’s 11 (Onze Homens e Um Segredo, 2001) e Ocean’s 12 (Doze Homens e Outro Segredo, 2004). O filme tem produção de Jerry Weintraub e será dirigido por Steven Soderbergh. Pacino interpretará Willie Banks, proprietário de um hotel-cassino de alto nível em Las Vegas. Ganhador do Oscar de Melhor Ator por sua atuação em Perfume de Mulher (1992), Pacino recebeu, durante sua carreira, nada menos que nove indicações ao prêmio da Academia e também contabiliza dois Tony Awards por suas interpretações em Does the Tiger Wear a Necktie? e The Education of Pavlo Hummel. Entre seus célebres trabalhos no cinema, destacam-se o mafioso Michael Corleone, da trilogia O Poderoso Chefão, e suas inesquecíveis performances em filmes como Um Dia de Cão, Donnie Brasco, O Sucesso A Qualquer Preço, Scarface e Serpico. Em 2005, o ator foi agraciado com o American Film Institute’s Lifetime Achievement Award. Para Ocean’s 13, o elenco dos primeiros filmes da franquia - que inclui George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon, Andy Garcia, Don Cheadle, Bernie Mac, Casey Affleck, Scott Caan, Eddie Jemison, Shaobo Qin, Carl Reiner e Elliott Gould –retornará ao set. O filme é co-produzido pela Warner Bros. Pictures e pela Village Roadshow Pictures. A Warner Bros. distribuirá o título em todo o mundo, exceto na Austrália, na Nova Zelândia, em Singapura e na Grécia, onde a distribuição ficará a cargo da Village Roadshow. As filmagens começaram no mês de julho, em Las Vegas e Los Angeles, e o roteiro leva a assinatura de Brian Koppelman e David Levien.

Direto da Redação

 

(22/08/2006) - "Ricky Bobby – A Toda Velocidade"

Pelo terceiro final de semana consecutivo, o ator Will Ferrell conseguiu manter seu “Ricky Bobby – A Toda Velocidade’’ na liderança nos cinemas dos Estados Unidos. A comédia que a Columbia Pictures lança no Brasil no dia 3 de novembro já arrecadou em território americano mais de US$ 114,6 milhões. O resultado é impressionante para uma produção que custou US$ 72 milhões. No longa-metragem dirigido por Adam McKay, Ferrell interpreta um piloto atrapalhado de stock car que disputa a Fórmula Nascar e é obcecado por vencer. Mas quando um extravagante piloto francês de Fórmula-1 (interpretado por Sacha Baron Cohen) o desafia, Ricky Bobby perde o controle e abandona a profissão, aprendendo do jeito mais difícil a valorizar as coisas mais importantes da vida. O filme consagra Ferrell (ex-humorista do prestigiado programa “Saturday Night Live’’) como um dos principais comediantes do cinema atualmente.

Direto da Redação

 

(22/08/2006) - "O PACTO - The Covenant"

Futuro lançamento com tudo para entrar na lista dos grandes sucessos recentes da Sony no gênero terror. Depois dos impressionantes sucessos “O Exorcismo de Emily Rose” (The Exorcism of Emily Rose), “A Caverna” (The Cave), “A Névoa – The Fog” (The Fog), “O Albergue”(Hostel), as produções da bem-sucedida série “Anjos da Noite” (Underworld) e, mais recentemente, “Terror em Silent Hill” (Silent Hill), a Sony Pictures se prepara para incluir mais um lançamento à sua lista de hits de público e bilheteria no gênero terror/suspense. O PACTO é a mais nova promessa de sucesso do estúdio a chegar aos cinemas do mundo inteiro. Um dos vários indicadores disso é a excelente reação ao trailer do filme e a maravilhosa recepção que o mesmo tem obtido dos principais exibidores de diversos países, como ocorreu no México, semana passada. O PACTO é o mais novo filme do talentoso cineasta finlandês Renny Harlin, o mesmo do hit mundial “Do Fundo do Mar” (Deep Blue Sea). O roteiro assinado por J. S. Cardone está centrado em quatro homens com poderes sobrenaturais que têm a missão deter uma força do mal libertada por eles alguns anos atrás. O elenco principal do longa-metragem de terror é composto por Steven Strait (Caleb), Sebastian Stan (Chase), Toby Hemingway (Reid) e Chace Crawford (Tyler). THE COVENANT tem estréia no Brasil marcada para 20 de outubro de 2006, enquanto nos EUA o filme entrará em cartaz em 08 de setembro próximo.

Direto da Redação

 

(19/08/2006) - Confira a capa de "SHREK 3"

A Dreamworks lançou uma versão do site para divulgar 'Shrek the Third' (Shrek Terceiro). Só há uma imagem no site, mas já mostra que o filme irá ser engraçado. O elenco original formado por Mike Myers, Cameron Diaz, Eddie Murphy, Rupert Everett e Antonio Banderas voltam. A trama trará Shrek e Fiona em busca de Artie, herdeiro do trono de Tão, Tão Distante. O ogro vai atrás do rapaz ao lado do Burro e do Gato de Botas, enquanto Fiona fica no palácio, tendo que defender o reino de um golpe de estado planejado pelo Príncipe Encantado. Shrek 3 tem estréia prevista para 18 de Maio de 2007. Com a morte de Bussunda, quem será que vai fazer a voz de Sherek na versão dublada?
Clique para acessar o site:
http://www.shrekthethird.com/

Por: Fabrício Augusto

 

(19/08/2006) - Confira as novas imagens de "JOGOS MORTAIS 3"

Seguindo a mesma linha de divulgação de 'Jogos Mortais 1 e 2', a Lionsgate promoveu uma campanha de doação de sangue nos Estados Unidos, ajudando a campanha e também divulgando 'Jogos Mortais 3'. Os dois novos protagonistas serão Lynn e Jeff. Lynn é uma mãe casada de trinta e poucos anos que esconde segredos de sua família. Jeff é um pai que nunca conseguiu se perdoar pela morte acidental do filho. Dina Meyer retorna ao elenco, no papel da oficial Kerry. Tobin Bell irá reprisar seu personagem 'John Kramer' (também conhecido como 'Jigsaw') e Shawnee Smith, como Amanda.

Por: Fabrício Augusto

 
(18/08/06) - (TERROR EM SILENT HILL) - (Silent Hill) - Terror - 127 min - Canadá / Japão / EUA / França - 2006

DIREÇÃO: Christophe Gans
ELENCO: Radha Mitchell, Sean Bean, Laurie Holden, Deborah Kara Unger, Kim Coates,Tanya Allen, Alice Krige, Jodelle Ferland

Assustador! Esta é a melhor palavra para definir Terror em Silent Hill, filme que a Columbia Pictures lança, nesta sexta-feira, nos cinemas do país. Com mais de duas horas de duração, o filme dirigido por Christophe Gans, consegue nos “prender” na cadeira, seja por pavor ou interesse que a história desperta. Baseado no vídeo game de mesmo nome, criado por Akira Yamoaka, a trama narra a história de Rose (Radha Mitchell), uma mãe que desesperada por encontrar uma cura para a doença de sua filha Sharon (Jodelle Ferland), decide partir, contra a vontade do marido Christopher (Sean Bean), para uma abandonada e amaldiçoada cidade. Lugar presente nos sonhos da criança, chamada Silent Hill. Isolada desde que um devastador incêndio assolou o lugar, a cidade vive encoberta por uma constante névoa de cinzas e mergulhada em períodos de total escuridão. Será durante a busca de Rose por Sharon, que desaparece quando chegam à cidade, que conheceremos a verdadeira história do lugar. Apesar de possuir todos aqueles detalhes obrigatórios que um filme de terror deve conter – criaturas malignas e aterrorizantes, ambientes escuros e claustrófobicos, mortes violentas – Silent Hill tem um ponto a seu favor: há uma história, um enredo que consegue despertar a atenção. Há sentimentos além do ódio, como o da fé, do amor materno, da dor familiar, da perda e da esperança. Assim como no famoso seriado de TV “Além da Imaginação”, Silent Hill explora questões como dimensões de tempo/espaço mostrando uma Silent Hill real, onde Christopher luta para encontrar Rose e Sharon e uma Silent Hill enevoada a luz do dia, na qual elas se encontram. Um filme sem nenhuma compaixão para aqueles que temem o escuro e a solidão. Para os fãs do Terror, uma ótima opção.

DISTRIBUIDORA: Columbia Pictures

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(18/08/06) - (O PEQUENINO) - (Little Man) - Comédia - 90 min - USA - 2006 - Estréia 22.09.2006

DIREÇÃO: Keenen Ivory Wayans
ROTEIRO: Keenen Ivory Wayans, Shawn Wayans, Marlon Wayans
ELENCO: Marlon Wayans, Linden Porco, Gabriel Pimental, Shawn Wayans, Tracy Morgan, Kerry Washington, John Witherspoon, Lochlyn Munro.

Shawn Wayans é um homem tão ansioso em se tornar pai, que acaba confundindo um anão (Marlon Wayans) com seu filho recém-adotado. O probelama é que o pequeno homem, apesar da cara de bebê, é um criminoso perigoso. Dos mesmos criadores de "Todo Mundo em Pânico". PRODUÇÃO: Revolution Royal Productions, Revolution Studios, Sony Pictures Entertainment, Wayans Bros. Entertainment
DISTRIBUIDORA: Columbia Pictures

Por: Marvin Yuri Quirino Brito

 
(15/08/06) - (AEON FLUX) - (Aeon Flux) - Ficção - 93 min - USA - 2005

DIREÇÃO: Karyn Kusama
ELENCO: Charlize Theron, Frances McDormand, Marton Csokas, Sophie Okonedo, Amelia Warner, Jonny Lee Miller, Caroline Chikezie

Estrelado por Charlize Theron, Aeon Flux é um filme de ficção que traz uma boa história sem perder o ritmo. A trama passa no ano de 2415. Há quatro séculos a população da Terra foi dizimada por um letal vírus. Os poucos sobreviventes vivem em Bregna, última cidade da Terra, que há 400 anos é governada pela dinastia Goodchild. Para desafiarem o regime surgem os Monicanos, rebeldes que lutam pela liberdade. Entre eles está Aeon Flux que recebe a missão de matar Trevor Goodchild, líder do governo. Mas quando Aeon se confronta com Trevor, descobre que valiosas informações lhe foram omitidas. Baseado em uma série de TV, Aeon Flux traz um visual com belos figurinos e cenários, além de um roteiro inteligente. Outro ponto positivo no filme são as cenas de ação. Dispensando o uso de dublês, Charlize realiza as próprias cenas de luta e assim, contribui para que sua Aeon fique mais próxima da personagem do desenho. Um filme que vale a pena alugar!

DISTRIBUIDORA: Paramount Pictures

Por Viviane França (Fale com ela)

 

(13/08/2006) - Confira as imagens do novo filme "TARTARUGAS NINJA"

Por: Fabrício Augusto

 

(13/08/06 - Warner Bros. Anuncia Heath Ledger como o Coringa no Novo Filme de Batman

No último dia 31 de julho, a Warner Bros. Pictures anunciou em Burbank, Califórnia, o diretor e parte do elenco do novo filme de Batman, cujo título original será ‘The Dark Knight’ (ainda sem título em português). O diretor de ‘Batman Begins’, Christopher Nolan, e o ator Christian Bale, que viveu o Homem-Morcego no filme do ano passado, voltam para realizar a segunda produção. E o mistério sobre quem interpretaria o Coringa chegou ao fim: Heath Ledger, de ‘O Segredo de Brokeback Mountain’, interpretará o vilão.

O anúncio foi feito por Jeff Robinov, presidente de Produção da Warner Bros. Pictures. ‘The Dark Knight’ terá roteiro de Jonathan Nolan, com base em argumento de Christopher Nolan e David Goyer. O filme será produzido por Emma Thomas, Charles Roven e Christopher Nolan. Nolan revigorou a franquia de Batman em 2005 com o estrondoso sucesso de ‘Batman Begins’, filme que trouxe Christian Bale no papel-título e explorou as origens do herói. O diretor obteve reconhecimento do público e da crítica a partir de ‘Amnésia’ (2000), que roteirizou e dirigiu. Em seguida, realizou ‘Insônia’, com Al Pacino e Robin Williams, e recentemente dirigiu ‘The Prestige’, com Hugh Jackman e o próprio Bale, que tem estréia no Brasil prevista para dezembro deste ano.

O trabalho mais recente de Christian Bale a chegar aos cinemas foi ‘O Novo Mundo’, de Terrence Malick. Sua filmografia inclui ainda ‘Mulherezinhas’, ‘Retrato de Uma Mulher’, ‘Metroland’, ‘Psicopata Americano’, ‘Laurel Canyon: A Rua das Tentações’ e o clássico de Steven Spielberg ‘Império do Sol’, no qual interpretou seu primeiro grande papel no cinema. Heath Ledger recebeu recentes indicações ao Oscar, ao Globo de Ouro, ao BAFTA e ao prêmio do Screen Actors Guild por sua atuação como o cowboy Ennis Del Mar em ‘O Segredo de Brokeback Mountain’, que lhe rendeu o prêmio de Melhor Ator segundo o New York Film Critics Circle Award. Seus outros trabalhos incluem ‘Casanova’, ‘A Última Ceia’, ‘Os Reis de Dogtown’, ‘Os Irmãos Grimm’ e ‘O Patriota’.

“A visão única de Christopher foi o que fez de ‘Batman Begins’ um filme tão extraordinário e, portanto, ninguém melhor que ele para dirigir ‘The Dark Knight’”, declarou Robinov. “Estamos ansiosos para ver Bale e Ledger, dois dos mais formidáveis atores desta geração, enfrentarem-se como Batman e o Coringa”, concluiu. “Estou muito entusiasmado para continuar a estória que começamos a contar em Batman Begins”, acrescentou Nolan. “Nosso desafio ao escolher quem faria o Coringa era encontrar um ator não só extraordinariamente talentoso, mas também sem medo. Assistir à interpretação de Heath Ledger para um personagem tão célebre frente ao Batman de Christian Bale será incrível”. As filmagens de ‘The Dark Knight’ devem começar no início de 2007.

Por: Fabrício Augusto

 

VELOZES E FURIOSOS 3 (The Fast & The Furious: Tokyo Drift)

Velozes e Furiosos 3 leva carros e garotas ao Japão. Velozes e Furiosos 3, carro amarelo com farol A franquia Velozes e Furiosos atravessa o Pacífico para chegar às corridas de automóveis envenenados na região de Tóquio, repleta de angústia existencial adolescente e cultura pop japonesa. Velozes e Furiosos 3 ¿ Desafio em Tóquio, estréia desta sexta-feira, conserva a fidelidade a suas origens de filmes B. A opção de abrir mão de qualquer conexão com os dois longas anteriores e transferir o conceito de garotas e carros quentíssimos para a exótica Tóquio se mostrou acertada para o produtor Neal H. Moritz. Desafio em Tóquio não é grande coisa como filme, mas é diversão garantida. E daí se o trabalho reduz a cultura japonesa a uma versão barata da Yakuza e traz personagens japoneses que mal falam japonês? Os protagonistas são os carros, todo o resto se perde na tradução. O público adolescente e jovem, especialmente o masculino, vai curtir a ação e as garotas asiáticas sensuais de Desafio em Tóquio, e é provável que poucos espectadores se incomodem com o fato de o personagem principal ser um tremendo idiota. O idiota em questão é Sean Boswell (Lucas Black), que fala com forte sotaque do Alabama, mas mesmo assim se irrita quando um jovem japonês o chama de "gaijin", ou estrangeiro. Na primeira seqüência extensa do filme, que acontece em algum lugar chamado Red Neck, nos EUA, Sean paquera a namorada de outro sujeito e é desafiado para uma corrida de carro. Em outra seqüência, sua mãe é obrigada a mandar Sean passar algum tempo com seu pai, militar americano estacionado no Japão, para o jovem fugir das conseqüências legais da destruição provocada pela corrida. Ele paquera a namorada de ainda outro sujeito e é novamente desafiado, etc. Não apenas o rapaz se nega a aprender com seus erros, como o filme interpreta esses erros como qualidade positiva do personagem. Sean destrói um Nissan Silvia S15 na segunda corrida e acaba tendo que trabalhar para o criminoso nipo-americano Han (Sung Kang). Tudo isso não passa de preparo para sua imersão no fenômeno das corridas de carro japonesas conhecidas como "drift". Essas corridas incluem manobras audazes com as quais os pilotos descrevem curvas e reviravoltas perigosas nas montanhas da zona rural japonesa e nos estacionamentos do Japão urbano. Sean leva vários carros até a perda total antes de conseguir dominar a arte, mas, como todos os outros americanos transferidos ao Japão antes dele - basta pensar em Tom Selleck em Um peixe fora d''água ou Tom Cruise em O Último Samurai - ele não demora a superar seus mestres japoneses. A trama abarca também o crescente interesse de Sean por Neela (a novata australiana Nathalie Kelley), namorada de um mafioso conhecido como D.K. (Brian Tee). Além disso, inclui alguns discursos sobre caráter, confiança e a importância de saber seu próprio lugar. Parece que o filme quer retratar seus personagens como jovens incompreendidos. Na realidade, é fácil compreender que eles são jovens amorais, que só buscam sensações fortes e não se preocupam com nada exceto salvar suas próprias peles. O que preocupa é o declínio constante do diretor Justin Lin. Depois de ter criado um dos títulos mais elétricos já exibido no Festival de Sundance, o satírico e irreverente Better Luck Tomorrow, em 2003, seus dois filmes de 2006, Annapolis e agora Desafio em Tóquio, não revelam uma gota sequer de personalidade criativa cinematográfica.

Por: Marvin Yuri Quirino Brito

 
(11/08/06) - (CAFÉ DA MANHÃ EM PLUTÃO) - (Breakfast on Pluto) - Drama - 135 min - Inglaterra / Irlanda - 2005

DIREÇÃO: Neil Jordan
ELENCO: Cillian Murphy, Liam Neeson, Ruth Negga, Laurence Kinlan, Stephen Rea
SITE OFICIAL:
http://www.sonyclassics.com/breakfastonpluto/

Narrado por capítulos como em um conto de fadas, o novo filme do conceituado diretor irlandês, Neil Jordan (Fim de Caso, Michael Collins, Entrevista com o Vampiro, O Sorriso de Monalisa) chega nesta sexta-feira, nos cinemas do país. Ambientado nos anos 70, Café da Manhã em Plutão conta a história de Patrick “Kitten” Braden (Cillian Murphy), um andrógino que foi abandonado por sua mãe, ainda bebê, na porta da igreja. Criado por Ma Braden (Ruth McCabe), uma megera dona de um bar, Patrick cresce sonhando encontrar sua verdadeira mãe. Mas a única pista que possui é de que sua “Dama Fantasma”, nome pelo qual a chama, foi “engolida” pela cidade de Londres. Os anos passam e o silêncio guardado por todos gera em Patrick uma grande revolta , o incitando a cair na estrada à sua procura. Em sua intensa busca ele cruzará com estranhas figuras. É através das andanças de Patrick pelas ruas de Londres, que o filme mostra a perversidade, a solidão e o desamparo a que todos nós estamos sujeitos. Em uma das passagens da história, o diretor mostra claramente a que grau chega a intolerância do ser humano. Um bom exemplo é quando o Padre Bernard (Liam Neeson) abriga o andrógino Patrick e sua grávida e solteira amiga Charlie (Ruth Negga). Enfurecidos e indignados com a atitude do eclesiástico, a população da pequena e pacata cidade de Tyreelin incendeia a igreja e o presbitério. Adaptado do romance do escritor Patrick McCabe, Café da Manhã em Plutão é uma história onde o otimismo dos personagens consegue se impor, mesmo quando a ruína e a desolação se apoderam dele, como em “Candice”, fábula do poeta e filósofo Voltaire. Obra que, segundo o diretor, o inspirou. O enredo ágil e cativante trás o clima dos anos 70, com todos os seus problemas sociais e políticos, além de sua extravagante moda. Palmas para diretor Neil Jordan que consegue dar leveza e seriedade a um tema tão difícil: o comportamento do ser humano. E tudo embalado pela ótima e deliciosa trilha sonora da década. Um belo e sensível filme!

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(09/08/06) - ROTEIRO DE ZUZU ANGEL SERÁ LANÇADO EM LIVRO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Publicação integra a Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo. Na próxima segunda-feira, dia 14 de agosto, às 11h, durante a inauguração da Livraria Imprensa Oficial, o roteiro do filme Zuzu Angel será lançado em livro. O evento contará com as presenças do governador de São Paulo, Cláudio Lembo, e dos roteiristas Sergio Rezende, que também assina a direção do longa, e Marcos Bernstein. Zuzu Angel está em cartaz nos cinemas brasileiros desde o último dia 4 de agosto e é o décimo primeiro longa-metragem de Rezende. O filme leva às telas a história da estilista brasileira que travou uma batalha pública em busca de pistas que a levassem ao corpo de seu filho Stuart, desaparecido durante o período de ditadura militar no Brasil. A morte de Zuzu, em um acidente de carro posteriormente reconhecido como atentado político, completou 30 anos no dia 14 de abril deste ano. Editada pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, a Coleção Aplauso inclui além de perfis biográficos, inclui a série ‘Cinema Brasil’, constituída de roteiros cinematográficos e coordenada pelo crítico Rubens Ewald Filho. Na série, já foram publicados O Caçador de Diamantes (1933), de Vittorio Capellaro, considerado o primeiro roteiro escrito no Brasil com a intenção de ser efetivamente filmado; o clássico O Caso dos Irmãos Naves, de Luís Sérgio Person; Dois Córregos, de Carlos Reichenbach; Narradores de Javé, de Eliane Caffé; e Como Fazer um Filme de Amor, de José Roberto Torero.

Evento: Lançamento do roteiro de Zuzu Angel em livro
Data: 14 de agosto (segunda-feira)
Horário: 11h
Local: Rua XV de Novembro, 318

 
(08/08/06) - (CLICK) - (Click) - Comédia - 98 min - EUA - 2006

DIREÇÃO: Frank Coraci
ELENCO: Adam Sandler, Kate Beckinsale, Christopher Walken, David Hasselhoff, Henry Winkler, Julie Kavner, Sean Astin e Jennifer Coolidge

O que você faria se pudesse controlar toda a sua vida ao click de um único botão? Esta é a idéia deste criativo roteiro que surgiu de uma situação engraçada. Cansado de discutir com a namorada, o roteirista Steve Koren pegou o controle remoto, apontou em sua direção e apertou o botão “mute”. Bem, segundo ele, não foi o fim da discussão, mas o início de um divertido roteiro. Mesclando comédia com algumas pitadas de dramaticidade, bem light, Adam Sandler é Michael Newman, um arquiteto que vive para o trabalho. Casado com Donna (Kate Beckinsale) e pai de dois filhos, ele quase não encontra tempo para se divertir com a família. E sua vida começa a mudar quando certa noite, Michael ganha de Morty (Christopher Walken), funcionário da loja Cama, Banho & Além, um controle remoto universal. Com ele, Michael consegue controlar não apenas a TV, mas toda a sua vida. Descobre que pode abafar o som dos latidos do seu cachorro e até a voltar ou adiantar o tempo, poupando-se de situações chatas. Mas o que parece ser algo bom, tornar-se um pesadelo. Sem controle, o aparelho passa a programar as situações pelas quais Michael deve passar, e não o inverso. Estrelado pelo comediante Sandler, CLICK foi campeão de bilheteria norte-americana na época em que esteve em cartaz, chegando a arrecadar US$ 55 milhões em apenas um final de semana. E o filme também deve funcionar nas telas brasileiras. Dirigido por Frank Coraci, parceiro de Sandler em “Afinados no Amor” e “O Rei da Água”, CLICK é um filme que flui com facilidade e consegue manter o ritmo. E Sandler não está só. Christopher Walker, no papel de Morty, consegue roubar a cena. Não há como deixar de notar a presença deste carismático ator nas telas. Como sessão pipoca é um bom divertimento!

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(07/08/2006) VERGONHA - SOMOS ROUBADOS PELA PRÓPRIA POLÍCIA DE CURITIBA.

O ParanáTV flagrou arrombadores de carros no Largo da Ordem, no centro de Curitiba, e PM’s, que deveriam cuidar da segurança, agindo como ladrões. Nada mudou, em outubro do ano passado, o ParanáTV mostrou vários arrombamentos no mesmo local, o centro histórico da capital. E parece que nada mudou. Os ladrões roubam todas as noites; nos finais de semana, quando centenas de pessoas vão aos bares do Largo da Ordem, e durante a semana, quando o local fica bem mais tranqüilo. São sempre as mesmas pessoas, jovens bem vestidos, agindo no mesmo lugar e roubando do mesmo jeito. Enquanto alguns vigiam, outros abrem os carros e levam os aparelhos de som. E como há mulheres entre os bandidos, eles se fazem passar por namorados. Ataques seguidos, os ladrões atacam em série. É impossível calcular quantos vidros quebram em uma noite, quantas portas entortam para abrir os carros. Em alguns casos, abrem antes o capô e arrancam a buzina para que o alarme não faça barulho. E, sem a menor preocupação, examinam os objetos que roubam e jogam fora o que não interessa. Em vários momentos, parecem estar se divertindo. Apesar de dominar o Largo, o grupo não é o único a atacar os veículos. Um guardador de carros pega o dinheiro de uma motorista e, pouco depois, arromba uma porta. POLÍCIA BANDIDA. Durante a noite, carros da policia passam pelo local, mas dificilmente param. Quando isso acontece, nem sempre é para identificar os ladrões. Num dos flagrantes gravados pelas câmeras do ParanáTV, os policiais encontram um carro aberto, mas que não teve o aparelho de som roubado. Durante vários minutos, ficam vigiando a rua e o carro, até que um deles entra e retira o aparelho de som do painel. O policial desce do carro, depois volta e sai com o aparelho de som embaixo da prancheta. Em seguida, vai para dentro da viatura, deixa o som e devolve a prancheta para o outro policial. Depois, os policiais voltam a revistar o carro por vários minutos e o mesmo que levou o som retira mais um objeto de dentro e leva para a viatura. Revolta, os donos do carro, um casal, não demoram a chegar e parecem inconformados com o que encontram. Diante do desespero da mulher, os policiais nada fazem e os proprietários do veículo vão embora sem o som. Onde está a JUSTIÇA, cadê o Prefeito que não toma nenhuma medida? Porque todos não estão presos, inclusive os policiais? Onde está a responsabilidade do Comandante da Polícia Militar? Será que alguém vai falar algo, colocar os BANDIDOS na cadeia, ou vamos continuar sendo roubados até pela polícia que devia nos proteger? Esta matéria é da TV Paranaense de Curitiba, que realizou um excelente trabalho, falta apenas entrevistar o Prefeito de Curitiba e o Comandante da Polícia Militar para ver o que eles falam, qual vai ser a desculpa para estes marginais não estarem ainda presos, e os dois policias expulsos da polícia e atrás das grades, e acompanhar todas as ações até vermos os BANDIDOS na cadeia. (Esta nota só poderia estar em Vermelho mesmo). Lembramos apenas que nem todos os policiais são LADRÕES como estes da matéria, mas a sujeira de um ou dois termina por denegrir a imagem de todos.

Dia 8/8/2006 - A nova reportagem mostrou hoje os dois policiais sendo presos e as autoridades dizendo que vão tomar providências. Assim esperamos!

Notificada a prisão do chefe da quadrilha e sua namorada.

http://canais.ondarpc.com.br/tvparanaense/paranatv/noticia.phtml?id=46213

 
Comédia estrelada por Will Ferrell assume a liderança da bilheteria americana

RICK BOBBY - A TODA VELOCIDADE (Talladega Nights: The Ballad of Ricky Bobby), novo lançamento da Sony Pictures nos Estados Unidos, acaba de registrar uma estréia espetacular nos cinemas americanos. O filme assumiu a liderança da bilheteria no país após acumular, de sexta-feira a domingo último, arrecadação estimada pelo estúdio em US$ 47 milhões em ingressos vendidos. O longa-metragem estrelado por Will Ferrell é ambientado no universo das corridas automobilísticas na categoria NASCAR. “Quando se tem Will Ferrell e NASCAR juntos, você sabe ter nas mãos um produto que irá agradar multidões. Mas esta abertura foi além das expectativas”, afirmou Rory Bruer, presidente de distribuição da Sony Pictures Entertaiment. A fantástica estréia de RICK BOBBY - A TODA VELOCIDADE ajudou a indústria a emplacar um resultado nas bilheterias 17% superior ao mesmo período do ano passado. “O filme fortalece ainda mais a bilheteria. Todo mundo adora Will Ferrell. Você sabe que irá se divertir ao assistir a um filme protagonizado por ele", disse Paul Dergarabedian, presidente da Exhibitor Relations Co. Inc., empresa responsável pelo acompanhamento do desempenho da bilheteria norte-americana. RICK BOBBY - A TODA VELOCIDADE , dirigido por Adam McKay (O Âncora – A Lenda de Ron Burgundy), será lançado no Brasil pela Columbia Pictures no dia 03 de novembro de 2006.
 
Vaias para o Destino.

Morreu na tarde deste sábado, 22, o ator Gianfrancesco Guarnieri, de 71 anos, em São Paulo. Internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de junho com insuficiência renal, ele estava sedado desde quinta-feira. Em 1958, aos 24 anos, Guarnieri mudou os rumos da dramaturgia brasileira com a obra Eles não Usam Black-Tie, que explorava as relações trabalhistas a partir de uma greve de operários. Mas, como ator, foram outras dezenas de criações inesquecíveis no teatro, cinema e televisão. E ainda escreveu mais de 20 peças, sem contar episódios para casos especiais ou seriados. O ator Raul Cortez, de 74 anos, morreu na última terça-feira, às 20h15, em função de complicações relacionadas a um câncer na região abdominal. Cortez estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 30 de junho.
O corpo foi velado no Teatro Municipal de SP.

 
(03/08/06) - ZUZU ANGEL EM CURITIBA

A partir do dia 4 de agosto o Shopping Mueller em Curitiba irá expor figurinos e fotos do filme ZUZU ANGEL. A exposição contará com 10 fotos de cenas do filme e 4 “looks” usados por Patrícia Pillar nas filmagens, trazidos exclusivamente para o Shopping Mueller. A exposição acontecerá no Piso Cinemas no período de 4 à 20 de agosto.

 
(03/08/06) - O MAIOR AMOR DO MUNDO

O aclamado diretor Carlos Diegues, de "Chuvas de Verão", “Bye Bye Brasil”, "Xica da Silva”e "Orfeu" , recebeu amigos e jornalistas para uma sessão do seu último longa-metragem: o inédito “O Maior Amor do Mundo”. No dia 24 de julho, assistiram ao filme, no Estação Ipanema, no Rio, os atores José Wilker, Taís Araújo e Anna Sophia Folch, o fotógrafo Lauro Escorel e o compositor Chico Buarque – todos eles envolvidos no projeto. Entre os convidados estavam Gerald Thomas, Lázaro Ramos, Zuenir Ventura, João Ubaldo Ribeiro, Cora Rónai, Merval Pereira, Rodolfo Fernades e Carlos Henrique Schroeder (diretor de jornalismo da Globo). Rodado no Rio de Janeiro, o filme retrata o novo rumo na vida de um homem (vivido por José Wilker) depois que ele descobre a incrível história de amor que uniu os seus pais, há mais de 50 anos. Bem-sucedido, mas ao mesmo tempo solitário, o protagonista começa a estabelecer uma nova relação com as pessoas e embarca em surpreendente aventura pela periferia do Rio. Também atuam Marco Ricca, Sérgio Britto, Hugo Carvana, Lea Garcia, Débora Evelyn e Stepan Nercessian. O título é produzido pela Luz Mágica, com co-produção da Columbia TriStar Filmes do Brasil e da Globofilmes. Sua estréia está agendada para 7 de setembro, com distribuição da Columbia Pictures.

 
(02/08/06) - A CASA MONSTRO

Quando a história faz a diferença... Um dos maiores méritos de uma produção cinematográfica está na qualidade de sua história. E exatamente este detalhe parece ter motivado, e muito, os realizadores do longa-metragem da Columbia Pictures A CASA MONSTRO (Monster House), desde a origem desse revolucionário projeto. Além de provar excelência em termos tecnológicos com a aplicação da inovadora técnica de captura de movimento, o atual hit americano de bilheteria traz para o público essa especial diferença: uma história envolvente e extremamente bem construída e contada. E esta qualidade do filme de Gil Kenan, em particular, tem sido destacada pela imprensa especializada dos Estados Unidos. “A diferença entre A Casa Monstro e a maioria dos filmes de animação está num pequeno detalhe chamado história”, afirma a crítica recém divulgada pela agência de notícias ASSOCIATED PRESS. “Na realidade, o filme possui uma história e não se limita a empurrar personagens prepotentes soltando referências gratuitas da cultura pop... O filme também se distingue da maioria das produções de terror já que é realmente assustador não somente para as crianças, mas para adultos também”. A CASA MONSTRO conta a história de três crianças que descobrem que a casa de um misterioso vizinho não somente é assombrada e faz barulhos estranhos, mas também é um monstro vivo que devora tudo, e todos, que vê pela frente. O longa-metragem é produzido por dois dos mais aclamados e bem-sucedidos realizadores da indústria cinematográfica, Steven Spielberg e Robert Zemeckis. “A Casa Monstro talvez seja o primeiro filme de terror de verdade para as crianças”, defende o crítico Scott Bowles do jornal americano USA TODAY. “Diferentemente da maioria dos filmes animados, que oferecem lições sobre a importância da família e de se trabalhar em grupo, A Casa Monstro não procura te ensinar. O filme quer mesmo é te colocar medo... Ele trata as crianças com respeito. Os pré-adolescentes de A Casa Monstro são sarcásticos, acham que são mais inteligentes que seus pais e ficam loucos com o sexo oposto. E Gil Kenan, em sua estréia como diretor, não mima sua platéia jovem. Ele sabe que as crianças gostam de sentir medo. Esta não é uma casa cheia de fantasmas. A casa é o fantasma, e nem todos que se aproximam dela sobrevivem”. Há duas semanas em cartaz nos Estados Unidos, A CASA MONSTRO é maior lançamento nos Estados Unidos em número de salas equipadas com tecnologia digital em 3D da história e já arrecadou quase US$ 50 milhões em ingressos vendidos. A inovadora superprodução realizada com moderna tecnologia digital traz as vozes de Steve Buscemi, Nick Cannon,Maggie Gyllenhaal,Jon Heder,Kevin James, Jason Lee, Catherine O'Hara, Kathleen Turner e Fred Willard. “A Casa Monstro chama a atenção do público de histórias de casas mal-assombradas graças a sua animação com captura de movimento, roteiro inteligente e vozes estelares”, elogia Kevin Crust, do LOS ANGELES TIMES. “O coração do filme, no entanto, está no relacionamento das crianças. O roteiro de Dan Harmon, Rob Schrab e Pamela Pettler é perspicaz e inteligente, e os personagens parecem mais reais do que os de qualquer outra história contada em live-action”. A CASA MONSTRO será lançado no Brasil pela Columbia Pictures em 01 de setembro de 2006

 
(02/08/06) - WARNER BROS. PICTURES ANUNCIA HELENA BONHAM CARTER NO ELENCO DE HARRY POTTER E A ORDEM DA FÊNIX

Nicholas Hooper assinará a trilha sonora do filme. A Warner Bros. Pictures anunciou ontem, em Burbank, Califórnia, que Helena Bonham Carter é a mais nova integrante do elenco de Harry Potter e a Ordem da Fênix. Indicada ao Oscar por sua atuação em ‘Asas do Amor’ e recentemente vista em ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’, Bonham Carter interpretará Belatrix Lestrange, prima de Sirius Black e integrante do grupo Comensais da Morte, formado por seguidores do Lorde Voldemort. O estúdio também anunciou que o compositor Nicholas Hooper será responsável pela trilha do filme, reencontrando o diretor David Yates, com quem já desenvolveu vários projetos para a TV em uma parceria de mais de 15 anos. Hooper recebeu um BAFTA por seu trabalho para o filme ‘The Young Visiters’, dirigido por Yates. Suas outras colaborações com o diretor incluem o filme ‘The Girl in the Café’, ‘State of Play’, que teve sete indicações ao BAFTA, ‘The Way We Live Now’ e ‘The Tichborne Claimant’. Bonham Carter reúne-se a um elenco ‘veterano’ dos outros filmes da franquia, que traz Daniel Radcliffe, Rupert Grint e Emma Watson mais uma vez nos papéis dos amigos Harry Potter, Rony Weasley e Hermione Granger. O elenco estelar também conta com Robbie Coltrane (Rúbeo Hagrid), Ralph Fiennes (Lorde Voldemort), Michael Gambon (Alvo Dumbledore), Brendan Gleeson (Olho-Tonto Moody), Jason Isaacs (Lúcio Malfoy), Gary Oldman (Sirius Black), Alan Rickman (Severo Snape), Maggie Smith (Minerva McGonagall), Emma Thompson (Sybila Trelawney), Julie Walters (Molly Weasley), David Thewlis (Remo Lupin), Fiona Shaw (Petúnia Dursley), Richard Griffiths (Valter Dursley), David Bradley (Argo Filch), Robert Hardy (Cornélio Fudge) e Mark Williams (Arthur Weasley). Belatrix Lestrange é uma entre os vários novos personagens que integram a produção. Os outros são Dolores Umbridge (Imelda Staunton), Quim Shacklebolt (George Harris), Ninfadora Tonks (Natalia Tena), Sra. Figg (Kathryn Hunter) e Luna Lovegood (Evanna Lynch). Quinta adaptação da série literária de J.K. Rowling para o cinema, Harry Potter e a Ordem da Fênix tem direção do britânico David Yates (‘The Girl in the Café’, ‘Sex Traffic’, ‘State of Play’) e produção de David Heyman - produtor dos filmes anteriores - e David Barron. O roteiro é de Michael Goldenberg (‘Where the Wild Things Are’, ‘Peter Pan’, ‘Contato’) e a equipe técnica conta com Slawomir Idziak (diretor de fotografia), Stuart Craig (desenhista de produção), Mark Day (editor), Jany Temime (figurinista), Nick Dudman (supervisor de efeitos de criaturas), John Richardson (supervisor de efeitos especiais) e Tim Burke (supervisor de efeitos visuais). Harry Potter e a Ordem da Fênix será lançado em 2007 pela Warner Bros. Pictures.
 
(02/08/06) - SANEAMENTO BÁSICO, O FILME.

Novo longa-metragem de Jorge Furtado exalta a importância do cinema. O cenário da história do novo longa-metragem do cineasta Jorge Furtado não está no mapa. Até porque, a pequena cidadezinha que serve de palco para o roteiro de SANEAMENTO BÁSICO, O FILME é fictícia, mas está localizada no interior do sul do país, mais especificamente na acolhedora Serra Gaúcha. E é lá que Furtado, o elenco e a equipe técnica se encontram no momento, ou melhor, na pacata e real Santa Teresa, a três horas de Porto Alegre, rodando seu atual trabalho. Furtado e os protagonistas do filme receberam, recentemente, a reportagem de O GLOBO, que definiu SANEAMENTO BÁSICO, O FILME, em matéria de capa publicada nesta segunda-feira, 2 de agosto, no Segundo Caderno, como “o longa-metragem mais político do diretor”. “O clima-família do set reflete bem a atmosfera do filme, que trata das relações bem-humoradas de um grupo de moradores de uma cidade do interior, pequena e fictícia, no Sul. Dentro dessa história leve, no entanto, existem elementos que prometem fazer de Saneamento básico, o filme o longa mais político do diretor do mítico curta Ilha das Flores”, escreveu o jornalista Bruno Porto, enviado especial de O GLOBO ao set de filmagens instalado nas montanhas do Rio Grande do Sul, estado onde nasceu Jorge Furtado. Em SANEAMENTO BÁSICO, O FILME, protagonizado por Wagner Moura, Fernanda Torres, Lázaro Ramos, Camila Pitanga, entre outros, os moradores da cidadezinha se unem para construir uma fossa para tratamento do esgoto do lugar, mas após a prefeitura alegar não possuir verba para a obra eles descobrem que o orçamento da mesma conta com R$ 10 mil para a produção de um vídeo de ficção. A idéia do filme surgiu durante o Festival de Cinema de Santa Maria (RS), como contou o diretor do filme à reportagem de O GLOBO: - Fiquei imaginando uma situação engraçada. Uma cidade mínima que quer fazer uma obra de saneamento básico mas só tem dinheiro para um vídeo – explicou Furtado na entrevista em que ele questiona em seguida: - Um país onde metade das pessoas não tem esgoto deve produzir cinema e literatura? E ele conclui: “Um filme não deve ter uma tese única, mas, se esse tem uma principal, é a de que, sim, um país sem rede de esgoto precisa fazer cinema, literatura etc.... A produção cultural de um país é, no mínimo, tão importante quanto o resto. Se é que não é mais importante. Tem que ter água e esgoto, mas ao mesmo tempo precisa ter cinema, teatro...” Na matéria, Furtado, cujo recente O Homem Que Copiava ganhou vários prêmios nacionais e internacionais, conta ainda que a vontade de fazer este filme surgiu de seus estudos sobre a commedia dell’arte. E lembra que o teatro sobreviveu séculos usando os seus arquétipos: - Saneamento básico traz alguns desses arquétipos. Tem a mocinha laboriosa (Fernanda Torres), que é casada com um arlequim (Wagner Moura), um cara que se vira para agradar a todo o mundo... Tem também uma mocinha desfrutável (Camila Pitanga), um galã (Bruno Garcia), um nobre decadente (Paulo José), um burguês ascendente (Tonico Pereira) e um pantaleão (Lázaro Ramos), um cara voluntarioso. Mas e a obra de saneamento básico para a pequena cidade, como fica? Certamente, ela não deverá perder a importância, entretanto, o ofício do cinema ganhará de vez os corações daqueles moradores.

SANEAMENTO BÁSICO, O FILME será lançado em 2007.
 
(01/08/06) - O CÓDIGO DA VINCI já é o décimo maior sucesso internacional de bilheteria da história.

Um dos maiores fenômenos cinematográficos recentes, O CÓDIGO DA VINCI (The Da Vinci Code) passou a ocupar a décima posição na lista dos maiores sucessos internacionais de bilheteria de todos os tempos. A informação foi divulgada pela prestigiada revista da indústria do entretenimento americano The Hollywood Reporter. Com a soma da arrecadação nos cinemas do mundo inteiro, excluindo o mercado norte-americano, a superprodução da Columbia atingiu, no domingo passado, o acumulado de US$ 525.086.411, ultrapassando a marca do até então décimo colocado “Procurando Nemo” (Finding Nemo). Nos Estados Unidos, O CÓDIGO DA VINCI conta com uma arrecadação de US$ 215.874.848 e o total acumulado nas salas de exibição de todo o planeta chega a US$ 740,961,259. O filme, em cartaz desde 19 de maio deste ano, é o maior sucesso mundial de bilheteria de 2006. A adaptação do best-seller do escritor Dan Brown é dirigida por Ron Howard e estrelada por Tom Hanks, Audrey Tautou, Ian McKellen, Paul Bettany, e outros. A arrecadação com a venda de ingressos de O CÓDIGO DA VINCI somente no mercado internacional, incluindo o Brasil, corresponde a 70.9% do total acumulado em todo o mundo.
 
HOMEM ARANHA 3

Palmas para HOMEM-ARANHA 3 que terá estréia inédita com tecnologia IMAX. A superprodução da Columbia Pictures HOMEM-ARANHA 3 já chegará aos cinemas entrando para a história. É que o terceiro longa-metragem da espetacular franchise do estúdio será o primeiro live-action de todos os tempos a ser exibido tanto em cinemas convencionais quanto em salas com tecnologia IMAX em 3D em sua abertura. O filme do consagrado diretor Sam Raimi (Homem-Aranha/ Homem-Aranha 2) tem estréia mundial marcada para 4 de maio de 2007. Em setembro próximo, porém, a Sony Pictures já estará utilizando salas com tecnologia IMAX na estréia americana do tão aguardado longa-metragem de animação do estúdio O BICHO VAI PEGAR (Open Season). O filme, o primeiro da Sony Pictures Animation (SPA) totalmente produzido em CG, será lançado pela Columbia nos cinemas brasileiros no dia 6 de outubro deste ano.

 
MORRE NO BRASIL

Vaias para o Destino. Morreu na tarde deste sábado, 22, o ator Gianfrancesco Guarnieri, de 71 anos, em São Paulo. Internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de junho com insuficiência renal, ele estava sedado desde quinta-feira. Em 1958, aos 24 anos, Guarnieri mudou os rumos da dramaturgia brasileira com a obra Eles não Usam Black-Tie, que explorava as relações trabalhistas a partir de uma greve de operários. Mas, como ator, foram outras dezenas de criações inesquecíveis no teatro, cinema e televisão. E ainda escreveu mais de 20 peças, sem contar episódios para casos especiais ou seriados. O ator Raul Cortez, de 74 anos, morreu na última terça-feira, às 20h15, em função de complicações relacionadas a um câncer na região abdominal. Cortez estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 30 de junho.
O corpo foi velado no Teatro Municipal de SP.