Olá amigos e Fãs de Carteirinha

Desde agosto de 2006 estamos contando com a colaboração da Jornalista Viviane França que trará toda semana uma notícia direto da redação para você. Assim como a coluna Direto dos EUA com nosso correspondente André Ribeiro, toda semana uma notícia quentinha do que anda rolando nos bastidores do cinema.

Ver também Notícias Antigas 2002 | 2003 | 2004 | 2005 | 2006
JAN/07 | FEV/07 | MAR/07 | ABR/07 | MAI/07 | JUN/07 | JUL/07

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR OUTRAS NOTÍCIAS DIRETO DOS EUA

AGOSTO 2007

 
(24/07/2007) - CRÍTICA - A VOLTA DO TODO PODEROSO

Divertida comédia em que Steve Carell recebe a missão de construir uma Arca de Noé para mudar o mundo. Sinopse: Morgan Freeman volta no papel de Deus, o ser todo poderoso que mostrou a Jim Carrey o quanto é difícil governar o mundo. Em A Volta do Todo Poderoso, Deus desce a Terra para ajudar o deputado, recém eleito, Evan Baxter (Steve Carell), que em mudança para Virgínia, com a família, tem o desejo de “mudar o mundo”. Respondendo as suas preces, Deus resolve ajudar Baxter. O novo político de Nova York passa a receber misteriosas entregas de materiais em sua casa. Sua missão: construir uma arca para salvar seus amigos e sua família de uma inundação iminente. Vencedor do Globo de Ouro em 2006 por sua atuação na série de TV The Office, Steve Carell (Pequena Miss Sunshine & O Virgem de 40 anos) está ótimo no papel do pai e marido atarefado, dedicado ao trabalho que anda impecavelmente arrumado. Cercado por uma equipe de assistentes, Baxter ganha a “simpatia” do deputado mais poderoso da Casa e a promessa de regalias, isto é claro, se ele apoiar um projeto de lei. Perdido em meio a um círculo de “raposas velhas e astutas”, o ainda ingênuo Baxter fica dividido entre a família e o trabalho. E para piorar mais as coisas, ele passa a ser perseguido por animais. Para dar o clima de uma verdadeira Arca de Noé, o diretor Tom Shadyac convocou o coordenador de animais Mark Forbes, que como em Dr. Dolittle 2, colaborou para o treinamento e “atuação” de 177 espécies de animais no filme. E há de tudo, desde elefantes, leões, girafas a esquilos. Segundo Shadyac, as filmagens foram árduas, pois exigiram muitas tomadas de animais, já que eles tinham o seu papel definido. Como cada um ajuda na construção da Arca, foi necessário treinar os elefantes a carregarem pedaços de madeiras com suas trombas, os corvos a levarem um prego entre as garras, os macacos a oferecerem um copo de suco. Um clima fiel ao tema biblíco. Leve, divertido e com ótimas tiradas, principalmente, as da atriz Wanda Sykes, no papel da assistente Rita, que sempre faz hilárias observações, A Volta do Todo Poderoso é um filme que cumpre seu papel: diverte. A VOLTA DO TODO PODEROSO (EVAN ALMIGHTY). DIREÇÃO: Tom Shadyac - ELENCO: Steve Carell, Lauren Graham, Jimmy Bennett, Morgan Freeman, John Goodman MINUTAGEM: 90 min. – PAÍS/ANO DE PRODUÇÃO: EUA/2007 – UNIVERSAL PICTURES.

Por Viviane França (Fale com ela)

 
(07/08/07) - SAM RAIMI COMENTA HOMEM-ARANHA 4

O diretor dos três blockbusters da série HOMEM-ARANHA (Spider-Man®), Sam Raimi, disse em entrevista à revista Empire que a produção está à procura de um roteirista para o próximo filme da famosa franchise da Columbia Pictures, HOMEM-ARANHA 4. “Eu quero ajudar a contribuir para a produção”, afirmou o consagrado diretor. “Não sei se atuarei somente como produtor do filme, mas se puder trabalhar com o roteirista de uma forma que a direção seja adequada para mim, não sei... Nós tivemos nossa primeira reunião sobre Homem-Aranha 4 e estamos procurando um roteirista”, revelou Raimi, acenando para um possível retorno dele à cadeira de diretor na próxima aventura da série cinematográfica. A entrevista foi concedida por Sam Raimi, recentemente, durante a concorrida feira de quadrinhos Comic-Con 2007, em San Diego. No momento, segundo divulgou a Empire, Sam Raimi diz estar feliz na função de produtor do longa-metragem de terror 30 DIAS DE NOITE (30 Days of Night), estrelado por Josh Hartnett (Falcão Negro em Perigo/ Black Hawk Down). O filme sobre um bando de vampiros sanguessugas que invade uma pequena cidade do Alaska ameaçando a vida de seus moradores será lançado no Brasil pela Columbia Pictures no dia 30 de novembro de 2007.

Direto da Redação

 
(07/08/07) - TÁ DANDO ONDA

Pingüins surfistas viram a sensação em convenção para exibidores no México. Olha que essa onda pega! Se depender da excelente receptividade do público presente a uma recente convenção para exibidores no México, os pingüins surfistas do novo longa-metragem de animação TÁ DANDO ONDA (Surf’s Up), estão prestes a se transformar em celebridades do cinema. A resposta do público presente à produção da Sony Pictures Animation (SPA) foi além das expectativas, significando um aceno positivo para uma brilhante carreira do filme em toda a América Latina, incluindo o Brasil. O segundo filme de animação do estúdio demonstra, portanto, força para conquistar o púbico semelhante, e possivelmente superior, ao registrado pelo hit mundial. “O Bicho Vai Pegar” (Open Season) que marcou a estréia da Sony Pictures Animation no mercado de filmes do gênero. Também elogiado pela crítica americana antes de entrar em cartaz nos cinemas dos Estados Unidos, TÁ DANDO ONDA traz uma história original e efeitos especiais produzidos em computador nunca antes vistos na tela grande. Em forma de documentário, o longa-metragem de animação dirigido por Ash Brannon (de TOY STORY 2) e Chris Buck (de TARZAN) conta a história dos “verdadeiros” inventores do surfe, que seriam os pingüins e não os humanos como se propaga por aí. O herói da aventura é Cody Maverick (na voz de Shia LaBeouf), um pingüim que mora na pequena comunidade de Shiverpool, na Antártica, e sonha em chegar ao topo do pódio da maior competição nacional de surfe. Para conseguir realizar seu sonho, Cody tenta seguir os passos de seu ídolo do surfe, Big Z (na voz de Jeff Bridges). A onda de Cody não se encontra apenas no mar, mas também na incrível experiência de vida que ensina valores de perseverança, amizade e auto-estima. TÁ DANDO ONDA será distribuído no Brasil pela Sony Pictures e tem estréia nos nossos cinemas marcada para o dia 26 de outubro de 2007.

Direto da Redação

 
(07/08/07) - SUPERBAD - É HOJE

"Superbad – É Hoje’’ surpreendeu a platéia, que incluiu críticos de cinema e convidados de todas as idades, em sua primeira exibição pública em Los Angeles. Muito aplaudido, o longa-metragem contrariou a espectativa de quem esperava apenas “mais uma comédia teen’’, arrancando gargalhadas da primeira à última cena. Com lançamento agendado para 12 de outubro nas telas brasileiras, com distribuição da Sony Pictures, “Superbad’’ é um filme mais inteligente que a maioria dos títulos do gênero. E isso se deve em muito ao roteiro original e hilário escrito pela dupla Seth Rogen e Evan Goldberg, que produziu o divertido “Ligeiramente Grávidos’’ (também estrelado por Rogen, que ainda está no elenco de “Superbad’’). A produção aqui é assinada por Judd Apatow (também de “Ligeiramente Grávidos’’) e por Shauna Robertson (de “O Virgem de 40 Anos’’). A trama é ambientada num único dia na vida de dois colegas de colégio, que estão prestes a ingressar na faculdade. Evan (Michael Cera) e Seth (Jonah Hill) tentam driblar a falta de sorte no campo amoroso e, para conquistar as meninas mais bonitas do colégio, prometem se encarregar das bebidas alcóolicas para a noitada de despedida – o que desencadeia a maior confusão. Elaine Guerini, jornalista enviada para o junket de Superbad.

Direto da Redação

 
(07/08/07) - WARNER BROS. PICTURES DIVULGA PRIMEIRAS IMAGENS DE A LENDA DE BEOWULF

A Warner Bros. Pictures divulgou nesta semana as primeiras imagens de A Lenda de Beowulf, adaptação para o cinema da antiga lenda britânica homônima. Robert Zemeckis aplica a mesma técnica de produção que utilizou em O Expresso Polar e oferece uma visão da saga nunca antes vista. Em uma época de heróis, o poderoso guerreiro Beowulf (Ray Winstone) mata o demônio Grendel (Crispin Glover) em uma batalha épica, atraindo a ira de sua mãe. Inicia-se, então, uma guerra de proporções inimagináveis que transformará um rei em uma lenda. Apresentando Ray Winstone no papel título, A Lenda de Beowulf traz ainda Anthony Hopkins como o corrupto Rei Hrothgar, além de John Malkovich, Robin Wright Penn, Brendan Gleeson, Crispin Glover, Alison Lohman e Angelina Jolie como a mãe de Grendel. Roger Avery (Pulp Fiction) e Neil Gaiman (autor da graphic novel Sandman) ficaram a cargo de adaptar a lenda para as telas. A Lenda de Beowulf tem estréia prevista no Brasil para 23 de novembro 2007.

Direto da Redação

 
(07/08/07) - TEMOS VAGAS

Thriller da Sony Pictures conquista crítica de um dos mais prestigiados sites americanos de cinema. Acompanhando uma série de críticas positivas dos principais veículos de comunicação dos Estados Unidos, como os jornais diários americanos The Los Angeles Times e USA Today e as revistas Empire e New York Magazine, o próximo lançamento da Sony Pictures no Brasil, TEMOS VAGAS (Vacancy), conquistou também um dos mais prestigiados sites especializados em cinema dos Estados Unidos, o SCREEN DAILY.COM. O thriller, dirigido pelo cineasta húngaro Nimrod Antal que impressionou a imprensa internacional com seu último trabalho chamado “Kontroll”, em 2003”, fez sua estréia em Hollywood com a aprovação de importante fatia da mídia impressa e televisiva norte-americana. Segundo escreveu o jornalista Mike Goodridge para o site SCREEN DAILY, Nimrod Antal “tem uma estréia que agrada Hollywood com este thriller bem estruturado e intenso que deve se tornar um sucesso para a Sony Pictures”. TEMOS VAGAS conta a saga de um casal em crise que vive um terrível pesadelo após seu carro enguiçar numa estrada escura e isolada. David Fox (Luke Wilson) e Amy (Kate Beckinsale) buscam refúgio num único hotel da região gerenciado pelo estranho, mas aparentemente inofensivo Mason (Frank Whaley). Já no quarto, o casal briguento se depara com uma vasta seleção de filmes de terror e, para seu desespero, descobrem que aquelas imagens sangrentas foram rodadas exatamente no quarto onde eles estavam hospedados. E que os vídeos aterrorizantes e brutais mostram cenas reais e que os dois são as próximas vítimas do sádico cineasta que planeja fazê-los protagonistas de seus filmes. Para Mike Goodridge, “a história é interessante e o roteiro escrito pelo novato roteirista sensação em Hollywood, Mark L. Smith, consegue transportar o drama para um longa-metragem completo”. O jornalista prossegue sua crítica sobre a produção da Sony Pictures/ Screen Gems de modesto orçamento de US$ 20 milhões para os padrões de Hollywood. “Temos Vagas está mais para o suspense e menos ‘enche lingüiça’ do que outros thrillers que se vê atualmente no mercado... A Screen Gems tem provado sua competência para lançar filmes de gênero como Temos Vagas, Underwolrd e Resident Evil... As platéias internacionais também irão responder bem ao conceito de alto nível e aos momentos de pavor eficazmente orquestrados”. TEMOS VAGAS estréia nos cinemas do Brasil em setembro de 2007. Sorria você está sendo filmado. Mas cuidado, o terror pode estar ao seu redor... TEMOS VAGAS.

Direto da Redação

 
(07/08/07) - Platina Filmes lança O Baile e As Melhores Intenções

Obra dirigida pelo cineasta italiano Ettore Scola. Lançamento: 10 de outubro. A Platina Filmes lança em outubro, em varejo, o filme O Baile. Realizado pelo grande cineasta italiano, Ettore Scola, O Baile é um belo filme musical, premiado com o César nas categorias de Melhor Diretor, Filme e Música (Vladimir Cosma) e com o Urso de Prata no Festival de Berlim. Sinopse: Estamos no ano de 1983, em um grande salão de baile construído nos anos 30. As primeiras a chegarem ao local são as mulheres. Altas, baixas, jovens... seguidas pelos imponentes, tímidos ou amedrontados homens. Personagens que dançam ao longo do salão enquanto se recordam do passado. Transportados para 1936, viajamos no tempo e percorremos cada período da história. Ao lado dos bailarinos conhecemos a história da França dos anos 30 aos anos 80: à classe trabalhadora; o período de ocupação nazista, durante a 2ª Guerra Mundial; a libertação da França pelas forças dos aliadas; a musicalidade de Glenn Miller; a chegada o rock' n' roll, a invasão dos estudantes radicais no abandonado salão de baile.

Platina Filmes lança As Melhores Intenções. Obra dirigida por Bille August. Roteiro de Ingmar Bergman. Lançamento: 10 de outubro. A Platina Filmes lança em outubro, em varejo, o filme As Melhores Intenções. Ganhador do prêmio de Melhor Filme e Melhor Atriz para Pernilla August, no Festival de Cannes, em 1982, As Melhores Intenções é uma obra dirigida pelo cineasta Bille August. Escrita por um dos grandes mestres do cinema internacional, Ingmar Bergman, a história, autobiográfica, retrata a vida de seus pais e traz no elenco a marcante presença de Max Von Sydow (O Exorcista & Pelle - O Conquistador). Sinopse: No início do século, em 1909, quando a Suécia vivia um conturbado período político e social, o jovem e pobre pastor protestante Henrik Bergman (Samuel Froler) apaixonou-se pela bela aristocrata Anna Akerbloom (Pernilla August). Contrariando a vontade de suas famílias, eles se casaram e mudaram-se para o norte do país. Mas a dura vida no campo gerou alegrias e desentendimentos nos anos em que viveram juntos.

Por Viviane França (Fale com ela)

 

(07/08/07) - Lançamentos da Sony Pictures participam do próximo Festival de Cinema de Toronto.

A Sony Pictures Classics acaba de anunciar os lançamentos do estúdio que irão participar do próximo Festival Internacional de Cinema de Toronto, no Canadá. A 32ª. edição do prestigiado evento começa no dia 6 de setembro e termina em 15 de setembro de 2007. Os filmes da Sony Picutres a serem exibidos em Toronto incluem os promissores lançamentos THE BAND’S VISIT, THE JANE AUSTEN BOOK CLUB, MY KID COULD PAINT THAT, PERSEPOLIS e SLEUTH. Dirigido por Eran Kolirin e estrelado por Ronit Elkabetz, o interessante documentário THE BAND’S VISIT acompanhou, em época recente, a chegada de uma pequena banda da polícia egípcia a Israel. O grupo de músicos foi aquele país para participar do início de uma cerimônia local, mas por causa da burocracia, da falta de sorte ou por qualquer outro motivo eles ficaram retidos no aeroporto. Eles fizerem o possível para cumprir o combinado, no entanto, por forças das circunstâncias acabaram parando numa pequena, remota e quase esquecida cidade israelense bem no meio do deserto. THE JANE AUSTEN BOOK CLUB, por sua vez, é um longa-metragem estrelado por Maria Bello, Emily Blunt, Kathy Baker, Amy Brenneman, Maggie Grace, Jimmy Smits e Hugh Dancy baseado no livro elogiado pela crítica escrito por Karen Joy Fowler. O filme conta a história de cinco californianos que como de costume se encontram uma vez por mês para discutir os livros de Jane Austen e descobrem em cada uma das obras particularidades de suas próprias vidas. A Sony Pictures possui os direitos de distribuição do filme no mundo inteiro. Outro documentário a ser mostrado pelo estúdio no festival leva o título e inglês MY KID COULD PAINT THAT. Dirigido por Amir Bar-Lev e produzido por John Bastek, o impressionante filme retrata a obra e o surpreendente sucesso de uma menina de apenas quatro anos de idade cujas pinturas têm sido comparadas com as de Picasso e que já atingiram preços no competitivo mercado de arte na faixa de centenas de milhares de dólares por quadro. Co-vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cinema de Cannes 2007, PERSEPOLIS é outro filme da Sony a marcar presença no concorrido evento cinematográfico canadense. O longa-metragem de animação conta a saga de uma jovem iraniana que começa durante a Revolução Islâmica. O drama traz as vozes famosas de Mariane Satrapi, Vincent Paronnaud, Catherine Deneuve e Chiara Mastoianni. O filme será distribuído pelo estúdio em toda a América Latina, incluindo o Brasil. Também participará daquele que é um dos maiores festivais de cinema do mundo o longa-metragem SLEUTH, novo trabalho do talentoso diretor Kenneth Branagh. Contando com um elenco de grandes nomes do cinema mundial, entre eles os protagonistas Michael Caine e Jude Law. O roteiro da nova versão do filme “Jogos Mortais”, do começo da década de 70, é assinado pelo talentoso escritor Harold Pinter, vencedor do prêmio Nobel de Literatura em 2005. A história do filme, que está sendo apontado como um forte candidato ao prêmio Leão de Ouro no próximo Festival de Cinema de Veneza, está centrada num escritor veterano (Caine) que confronta e busca vingar-se de um ator novato (Law) que roubou o coração de sua mulher. No original de 1972, Michael Caine interpretou o personagem agora vivido na tela por Jude Law. Já o papel de Caine na nova produção foi interpretado no passado por Lawrence Olivier. O lançamento do filme no Brasil pela Columbia Pictures está previsto para 2008.

Direto da Redação