VOLTAR BLOCO EXCLUSIVO 3

 
   

O DIA DEPOIS DE AMANHÃ
DENNIS QUAID

Onde você vai estar?

Um meteorologista tenta entender o que está acontecendo com o mundo.

Um efeito estufa abrupto está destruindo o mundo e ele tenta desesperadamente descobrir as causas para salvá-lo.

Depois de uma terrível interrupção climatológica mudar drasticamente a face habitável do planeta Terra, milhões de sobreviventes rumam para o hemisfério sul em busca de climas mais amenos, já que o hemisfério norte vive uma verdadeira era glacial. Cidades como Los Angeles e Miami estão debaixo de gelo e neve.

Mas enquanto milhões correm para baixo do globo, o professor Adrian Hall (Dennis Quaid) faz o caminho inverso: ele precisa resgatar o seu filho Sam (Arjay Smith) que em uma viagem escolar ficou preso em Nova York, onde agora a cidade vegeta de baixo de toneladas de neve.

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Roland Emmerich
Escritores: Roland Emmerich & Jeffrey Nachmanoff

Baseado na história de Roland Emmerich

Gênero: Ação / Drama / Sci-Fi / Thriller

Site Oficial: http://www.thedayaftertomorrow.com/index.php
Trailer: http://www.apple.com/trailers/fox/dayaftertomorrow/small.html

20th Century Fox

Título Original: The Day After Tomorrow
Tempo:  minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2004 - EUA - Estréia Mundial dia 28 de maio de 2004.
Recomendação: Livre

ELENCO

Dennis Quaid .... Professor Jack Hall
Jake Gyllenhaal .... Sam Hall
Emmy Rossum .... Laura
Sela Ward .... Lucy
Arjay Smith .... Bryan
Tamlyn Tomita .... Janet
Austin Nichols .... J.D.
Tim Bagley .... Tommy Levinson
Tetchena Bellange .... Jama
Christopher Britton .... Vorsteen
Tony Calabretta .... Cabbie
Tommy Chang .... Ciclista
Joe Cobden .... Zack
Larry Day .... Diretor de Vôo
Thomas Delauney .... Timmy
Beau Holden .... Sobrevivente de Nova York
Caroline Keenan .... Tina
Claude Laforce .... Diplomata Norueguês da ONU
Jack Laufer .... Jeff Baffin
J.P. Manoux .... Cameraman
Dash Mihok .... Jason
John Sanford Moore .... Repórter de Nova York
Kenneth Moskow .... Bob
Tod Nakamura .... Surfista
Sasha Roiz .... Parker
Jay O. Sanders .... Frank
Nestor Serrano .... Tom Gomez
Chuck Shamata .... General Pierce
Amy Sloan .... Elsa
Max Walker .... Amigo de J.D

FICHA TÉCNICA

Produção .... Roland Emmerich
Produção .... Mark Gordon
Música .... Harald Kloser
Fotografia .... Anna Foerster
Fotografia .... Ueli Steiger
Desenho de Produção .... Barry Chusid
Direção de Arte .... Martin Gendron
Direção de Arte .... Tom Reta
Direção de Arte .... Gerald Sullivan
Direção de Arte .... Réal Proulx
Direção de Arte .... Claude Paré
Direção de Arte .... Michele Laliberte
Figurino .... Renée April
Edição .... David Brenner
Efeitos Especiais .... Digital Domain
Efeitos Especiais .... Industrial Light & Magic
Efeitos Especiais .... Custom Film Effects
Efeitos Especiais .... Les Productions de l'Intrigue Inc.
Efeitos Especiais .... The Orphanage
Efeitos Especiais .... Snow Business
Efeitos Especiais .... Schematic
Efeitos Especiais .... Neil Corbould Special Effects Ltd.

PRODUTORAS

Tomorrow Films [us]
Centropolis Entertainment [us]
Mark Gordon Productions

DISTRIBUIDORAS

20th Century Fox Film Corporation
Gemini Film Rússia
Hispano Foxfilms S.A.E. Espanha

ERROS

1. A idéia do filme é correta. Um processo de efeito estufa que precede uma era glacial, mas isso leva em media 10.000 anos, e não alguns meses como se passa no filme. (Contribuição de André Ribeiro - Hudson - Massachussets - USA - Fã de Carteirinha)

2. Se Jack e Jason chegam pelo mar (ao que aparenta) e ele está congelado, porque os astronautas vêem o oceano azul e não branco como deveria ser, já que estava congelado? (Contribuição de Hugo Silva - Fã de Carteirinha)

3. Na parte onde Sam está no navio fugindo dos lobos, ele dá a volta por trás do ambulatório, e quando se agarra no apoio fora do navio congelado ele está sem a luva da mão esquerda. Ao segurar o apoio a mão dele deveria ficar grudada no gelo, e no entanto ele não sentiu nada. (Contribuição de Marcio Urata - Fã de Carteirinha)

4. Consegue-se perceber, no final do filme, a alta velocidade do congelamento da cidade de Nova York, tendo como base, por exemplo, o prédio Empire States. Essa velocidade está totalmente incoerente quando observa-se Sam Hall (Jake Gyllenhaal) correndo do congelamento pelos corredores da biblioteca até chegar à sala onde estão os demais. A biblioteca deveria ter sido congelada quase que instantaneamente. (Contribuição de Luiz Fernando Resende dos Santos Anjo - Fã de Carteirinha)

5. Durante os tornados em Los Angeles, a cena de dentro do helicóptero da emissora mostra um dos tornados destruindo o edifício da Capitol Records, porém em seguida quando aparece a tomada aérea, o tornado está longe, e o edifício intacto, mas após o corte, a tomada volta para dentro do helicóptero, e o tornado está destruindo o prédio novamente. (Contribuição de Vinicius Baccan - Americana / SP - Fã de Carteirinha)

6. Quando o navio invade Nova Iorque, a impressão que dá se olharmos para trás do navio é de que ele é mais largo que a rua, tornando impossível chegar até aquele local. (Contribuição de Vinicius Baccan - Americana / SP - Fã de Carteirinha)

7. Onde conseguiram tantos cobertores dentro de uma biblioteca? (Contribuição de Vinicius Baccan - Americana / SP - Fã de Carteirinha) --> Conforme alguns eram tapetes e cortinas. Este erro será verificado posteriormente com a chegada do DVD.

8. Quando Dennis Quaid e seu amigo chegam até a sala onde seu filho e os outros estão, a porta está congelada, porém ele não faz nenhum esforço para abri-la. (Contribuição de Vinicius Baccan - Americana / SP - Fã de Carteirinha)

9. Na hora que o senhor sai da sua casa e os cata-ventos estão girando numa velocidade incrível, o cabelo desse senhor não se move um centímetro. (Contribuição de Hanns Zoch - Fã de Carteirinha)

10. Em todo material promocional, a Estátua da Liberdade está coberta com neve até a altura da cabeça, porém no filme ela está coberta até a altura do tórax. (Contribuição de Joyce Boano - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

11. Quase no final, quando o pai de Sam chega até a biblioteca e esta está coberta de neve, não se vê nenhum sinal de fumaça, e uma vez dentro, na sala onde se encontra seu filho e os demais sobreviventes; eles estão em volta de uma lareira. (Contribuição de Andreia Satelis - Espanha - Fã de Carteirinha)

12. O efeito ocorre no Norte mas deveria afetar a Terra inteira. Se o gelo do norte derretesse, iria alagar muitas partes do mundo inteiro, e não só o Norte. (Contribuição de Eduardo Peres - Fã de Carteirinha)

13. Na primeira vez que aparece o mendigo, ele chama seu cachorro de Buba, mas depois, dentro da biblioteca, ele o chama de Buddha (ou algo assim). Provavelmente um erro na legenda. (Contribuição de Guillherme Mattiuzzo - Itatiba - Fã de Carteirinha)

14. Naquela cena em que tudo começa a congelar rapidamente, a antena do Empire State congela e cai. Depois quando todos estão indo embora, mostra a antena certinha no lugar! (Contribuição de Mário Vitor Pelajo da Rocha - Fã de Carteirinha)

15. Naquela parte onde os três sujeitos vão pegar comida, mas acabam encontrando os lobos, ou eles são retardados, ou o frio congelou a parte inteligente deles! Não seria muito mais óbvio eles pegarem os lobos para terem mais comida e pele para se aquecerem? (Contribuição de Eduardo Magalhães - Fã de Carteirinha) --> Mesmo com pouco tempo, um deles podia tentar matar um dos lobos para terem comida.

16. Logo no começo do filme vemos os três cientistas nas geleiras. O engraçado é que um deles fala para outro tomar cuidado para não estragar a amostra. Ele como um cientista deveria saber usar todos os aparelhos da estação, pois ninguém é mandado para um lugar daqueles se não souber operar todos os equipamentos, para um caso de emergência.

17. Porque Jack tenta pular a fenda na geleira com as amostras na mão? Não seria mais fácil ele jogar os tubos e depois pular?

18. Ainda na cena da separação da geleira, vemos Jack pulando, entregando os tubos, e depois caindo. Um segundo depois ele está preso pelo martelo na geleira. Onde ele arranjou aquele martelo, e como ele conseguiu pegá-lo tão rapidamente e prender-se?

19. Em Tókio começa a cair pedras de gelo enormes, quase do tamanho de uma bola de futebol de salão, mas o estrago delas no asfalto é inexistente. Pelo peso, tamanho e velocidade, os danos causados deveriam ser enormes.

20. O rapaz moreno está se despedindo da esposa, e ao fundo ouvimos um barulho enorme do vento soprando, mas quando ele abre a porta de trás para se despedir do filho, o vento nem parece mais que está soprando. Este erro pode ser também causado pelo equipamento de som do cinema e não existir na versão final do filme em DVD.

21. Quando os três helicópteros começam a cair, um dos ocupantes abre a porta e olha para fora, colocando sua mão descoberta na lataria do veículo, e mesmo assim não sente nada. só depois ele congela por completo.

22. Dada a velocidade dos helicópteros e sua pequena distância entre eles, os três deveriam ter caído juntos, e não tanto tempo depois um do outro.

23. Quando a onda gigante atinge Nova York, podemos perceber que ela tem pelo menos uns 30 andares de altura, e a biblioteca está no nível do solo, mesmo assim ninguém dentro dela morre afogado.

24. Depois no final do filme quando Jack chega para resgatar seu filho, vemos que a cidade está coberta de gelo por pelo menos uns 100 metros de altura ou até mais, mas mesmo assim a biblioteca que é baixa, não está coberta totalmente pelo gelo.

25. Quando o cachorro late para as pessoas andando na rua, podemos notar que não chove nem neva, mas quando a tomada de Nova York aparece, a neve está caindo por sobre a cidade inteira.

26. Frank está pendurado na janela do shopping que está se quebrando, então Jack pede para o outro rapaz fazer um contra-peso, e ele tira as luvas e se segura no vidro, mas suas mão não congelam.

ABSURDO: 27. A morte de Frank foi desnecessária, pois ele seria salvo facilmente já que havia se livrado do maior peso que era o do carrinho.Além disto existe um erro muito grave na cena mostrada no filme. Na primeira tomada o rapaz está apoiado no telhado do shopping onde existe uma viga de metal, na segunda tomada, agora feita de baixo, a viga não existe mais, e ele está apoiado apenas no vidro. [CONFERIR O ERRO]

28. os rapazes resolvem ir até o navio procurar remédio, mas em algumas cenas anteriores na biblioteca, uma caixa de medicamentos apareceu na parede. Então porque não foram olhar primeiro nela?

29. Quando estão dentro do navio, um dos rapazes vai para o lado de fora, se pendura nos ferros, quebra a janela com um machado e entra pelo vidro. Não era mais fácil quebrar o trinco da porta com o machado?

30. Quando o grande furacão de gelo ataca Nova York, Jack percebe isto por causa da bandeira dos Estados Unidos que pára de balançar,  porque não existe mais vento, porém logo depois ela está balançando, quando o frio a congela.

31. Jack dorme apenas uma noite, porque não pode esperar mais para ir buscar seu filho. Nesta noite em que ele dorme, todo o evento monumental que está acontecendo na Terra, pára misteriosamente. Isto não poderia acontecer em apenas uma noite.

32. Jack entra na biblioteca atrás de Sam, seu filho, e consegue perceber por baixo da porta um clarão. Aquilo não poderia aparecer já que o frio intenso congelaria a abertura em baixo da porta, ou até mesmo os ocupantes da sal colocariam algo ali pelo lado de dentro para evitar que o frio passasse por aquela abertura.

33. Se o frio intenso congelou a água que invadiu a cidade de Nova York, o gelo que aparece na entrada da cidade quando Jack e o amigo chegam não poderia ter o formato de dunas, ele deveria estar nivelado como normalmente fica nas geleiras, e como estava perto da Estátua da Liberdade. Aquilo parece mais areia do deserto empurrada pelo vento.

34. Se a biblioteca está num nível bem mais baixo do que vários outros prédios mostrados, e considerando a origem da água que invadiu Nova York, Jack teria que encontrar a biblioteca bem mais para dentro da cidade, do que na beirada como é mostrado no filme, pois ela não estava a beira mar.

35. Se realmente o evento catastrófico levou de seis a oito semanas para acontecer, muitas coisas poderiam ter sido feitas, como um aviso geral para todas as cidades do norte. Isto no filme é demonstrado como se tivesse acontecido em apenas um dia.  Inclusive a impressão que temos, é que todo o fenômeno, e até mesmo o filme acontece em apenas dois ou três dias, e não em seis ou oito semanas como falado por Jack. Mesmo tendo acontecido mais rápido, é quase que impossível acontecer na velocidade que aconteceu, e mesmo assim ainda haveria tempo de avisar as pessoas, principalmente em NY.

36. No final do filme, Jack e seu companheiro saem da barraca e vêem alguns navios congelados em volta da Estátua da Liberdade, a cena corta e mostra os dois em Midtown no meio de Manhattan onde ficam o Empire State e a biblioteca, o erro é que da Estátua até esse lugar é muito longe, eles não apresentam nenhum sinal de cansaço. (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha)

37. A onda se forma aos pés da Estátua da Liberdade que fica em uma pequena ilha, a câmera gira mas a onda não sai do lugar, e deveria ser muito difícil dela se formar, pois a Estátua fica na baía de Nova York, rodeada de cidade e não no mar como parece ser no filme. (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha)

38. Várias pessoas saem da biblioteca sem acreditar no que Sam diz, depois de um pequeno tempo, eles estão embaixo de um arco se aquecendo, o problema é que atrás deles se vê a Ponte do Brooklin, que fica á muitos quilômetros da biblioteca, como eles não morreram com o frio? (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha)

39. Na cena em que a água invade a cidade, Laura fica presa, a onda vem de uma rua de frente com a biblioteca, quando Sam socorre Laura, a onda vem da 5ª avenida, pegando a biblioteca de lado. (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha) --> Observe que mesmo as ondas chegarem por todos os lados, a onda principal, a que vem de frente, não parece atingir a biblioteca que deveria ficar submersa.

40. Os cartazes do filme mostram o Empire State muito mais baixo e próximo a sede da ONU, isso não é verdade. (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha)

41. Com a força da água, como a Estatua não se desprendeu e caiu, ela é de ferro e é oca. (Contribuição de Raphael - Belém / PA - Fã de Carteirinha)

42. Se eles estavam presos em uma biblioteca, com muitos móveis de madeira, porque usaram os livros e não a madeira na lareira? Por que só tiveram a idéia de usar uma cadeira para poder andar no gelo? (Contribuição de Jarbas Santos Silva - Cascavel / PR - Fã de Carteirinha) e (Débora - Curitiba - Fã de Carteirinha) --> Devemos lembrar que o papel pega fogo mais rápido que a madeira, mas acaba mais rápido também, e o principal objetivo era manter o ambiente quente, e madeira faz isto bem melhor, porque depois vira carvão que continua quente por mais tempo.

43. Naquela parte em que o furacão está destruindo o letreiro de Hollywood, perceba que o furacão avança até o "H", depois volta um pouquinho. (Contribuição de Eduardo Magalhães - Fã de Carteirinha)

44. Quando Sam sai pela janela para se livrar dos lobos, ele entra por uma porta que dá para o nada. Para que serviria essa porta então? (Contribuição de Kareen Andrade Litaiff - Fã de Carteirinha)

45. Se Jack e o amigo vem de Washington, eles não deveriam chegar a Nova York por onde chegam, na baía pela Estátua da Liberdade. Naquela direção eles deveriam estar vindo de outro sentido e ter passado por New Jersey. (Contribuição de Clóvis Felizola - Fã de Carteirinha)

46. Quando eles estão em cima do teto da galeria, como Jack consegue cravar seu martelo/picareta se o teto é de vidro? (Contribuição de Clóvis Felizola - Fã de Carteirinha) e (Contribuição de Alexandre Urze - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

47. Quando eles vão paro o navio atrás de remédios, improvisam sapatos com a cadeira, mas quando voltam fugindo do congelamento estão sem os sapatos, entretanto não afundam na neve. (Contribuição de Clóvis Felizola - Fã de Carteirinha)

48. Os navios teriam que ficar congelados na posição horizontal, uma vez que flutuavam, e não inclinados, como se estivessem afundando. (Contribuição de Clóvis Felizola - Fã de Carteirinha)

49. Na cena onde o pai de Sam se joga com o amigo, para fugir do olho do furacão, para não congelar, ele cai em uma cozinha industrial. Ele acende todos os fogões e em seguida tudo congela. Cenas depois mostram toda a cozinha congelada mas o gás dos fogões não congelou como o fluido hidráulico e o combustível dos helicópteros de antes. (Contribuição de Marco Ruiz - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

50. Do mesmo modo que toda a cozinha foi congelada, mesmo com os fogões ligados, porque a sala onde San estava com os amigos só congelou na parte de fora ? Internamente ela estava normal. (Contribuição de Marco Ruiz - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

51. Quando o Pai de Sam chega até a biblioteca, ela esta praticamente coberta pela neve, porém a lareira continua acesa. A chaminé não está entupida pela neve também? Como a neve não derreteu com o calor do fogo e inundou toda a sala? Mesmo se ela continuasse entupida, com a sala toda fechada, eles morreria asfixiados pela fumaça. (Contribuição de Marco Ruiz - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

52. Na parte em que Dennis Quaid, chega para salvar seu filho, Sam, ele abre a porta, e encontra todos dormindo. mas se a sala estava toda gelada, eles deveriam estar dormindo uns perto dos outros, para se aquecerem, e não um em cada lugar da sala. Sem propósito. (Contribuição de Fabíola Lourenço - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

53. Na cena em que o rapaz sai do navio para entrar pela janela e abrir a porta por dentro, o cano por onde ele anda deveria se partir já que este se encontra congelado, e o peso dele também ajudaria a partir. (Contribuição de Júlio de Almeida Macedo - Fã de Carteirinha)

54. Na cena em que o pai do garoto está caminhando em busca do filho, aparece um poste que deveria estar totalmente coberto pela neve, pois pelo que eu saiba postes não tem tamanho de prédios, e nem a altura do tórax da Estátua da Liberdade. (Contribuição de Júlio de Almeida Macedo - Fã de Carteirinha)

55. Na cena em que o faxineiro com walkman está olhando para a porta da sala onde estão o homem e a mulher, o tornado passa e destrói metade do prédio, podemos observar que a luz do Sol reflete a sombra do homem na parede. Quando ele tira o walkman, sua sombra aparece tirando o objeto antes mesmo que a pessoa.  (Contribuição de Cláudio Nunes - Fã de Carteirinha)

56. E na cena da estação meteorológica na Escócia onde três cientistas estão presos por causa da tempestade de neve, um deles pega uma garrafa de uísque, outro cientista mais velho tira um livro da estante e aparecem três copos. Não é muita coincidência já ter três copos para os três? (Contribuição de Cláudio Nunes - Fã de Carteirinha)

57. Interessante, como no final do filme o presidente americano é avisado de que houveram sobreviventes depois de todo o gelo. Como como os homens ficaram sabendo dos sobreviventes se não havia meios de comunicação? (Contribuição de Xênia Leite - Barbacena / MG - Fã de Carteirinha)

58. E no final do filme em que os helicópteros vão resgatar esses sobreviventes, aparecem inúmeras pessoas em cima de prédios (sobreviventes), onde essas pessoas ficaram o filme todo? Todos estavam sendo congelados e quase ninguém acreditou quando Sam falou que não poderiam sair da biblioteca senão iriam congelar? (Contribuição de Xênia Leite - Barbacena / MG - Fã de Carteirinha)

59. Nos dois cartazes baixo que mostram a Estátua da Liberdade vemos que em uma ela está com água até o pescoço, e na outra com neve até o pescoço. Mesmo as duas fotos estando no mesmo ângulo, a cidade atrás dela está em posição diferente e mais afastada. (Contribuição de Vander Luiz Ribeiro Melo - Fã de Carteirinha)

60. Em um cena três homens entram em um ônibus vazio, um deles usa um sobretudo amarelo queimado. Nesta mesma cena ainda, o motorista olha pelo espelho e vê a onda vindo por traz na direção do ônibus destruindo tudo até mesmo movendo um carro. Subentende-se que o ônibus seria destruído juntamente com as pessoas que estavam dentro dele. Mas após algumas cenas vemos o mesmo homem que usa o sobretudo amarelo queimado vivo e intacto! (Contribuição de Noelle Nicolletti - Fã de Carteirinha)

61. No final da primeira cena do filme, em que a geleira se parte, existe uma cabana e uma máquina escavadeira. Na última tomada desta cena não aparecem mais a cabana nem a máquina, somente os dois homens sobreviventes. (Contribuição de Isaias Marcos dos Santos - Fã de Carteirinha) e (Contribuição de Flávio C. de Medeiros Jr. - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

62. Na cena dos tornados aparecem alguns helicópteros fazendo tomadas aéreas para redes de tv. Como pode os helicópteros manterem estáveis diante do tornado, lembrando que o tornado jogava longe carros, placas e ônibus? (Contribuição de Edson Luiz - Campinas / SP - Fã de Carteirinha)

63. Este erro é em um diálogo na Biblioteca: duas pessoas ao pegarem alguns livros para queimarem, discutem sobre o "valor" do filósofo alemão Friedrich Nietzsche afirmando que ele era apaixonado pela irmã. Sendo filósofo, e o conhecendo pouco, Nietzsche não amava sua irmã, e ainda satirizava sobre papel da mulher dado o seu machismo. (Contribuição de Edson Luiz - Campinas / SP - Fã de Carteirinha)

64. Ainda sob este enfoque, Filosofia, e em um outro diálogo, os mesmos personagens falam de uma Bíblia, sendo ela o início da era da razão. Ora, os Evangelhos começaram a ser escritos por volta do ano 45 d.C. Contudo, a era da razão iniciou-se entre o séc. VII e V a.C., quando os homens buscaram responder a problemática cosmológica, sem apelar para os mitos, isto é, buscavam por meio da razão encontrar a "arché" (princípio primeiro) do mundo. O primeiro pensador a buscar isso foi Anaximenes, ao afirmar que o princípio de tudo era o Ar. (Contribuição de Edson Luiz - Campinas / SP - Fã de Carteirinha)

65. Numa parte em que todos estão na biblioteca, Sam diz espantado que na Europa, os gelos estão a 4 metros e meio de altura... era só ele olhar pela janela e ver a estátua da liberdade com gelo até o pescoço, isso daria muito mais que 100 metros. (Contribuição de Raphael Casali – Rio de Janeiro / RJ - Fã de Carteirinha)

66. Quando o professor Jack Hall chega na biblioteca, estão todos dormindo. Como os sobreviventes estavam usando livros para aquecer a lareira. Quem é que estava colocando livros na lareira? Já que eram todos de papel, era pra ter queimado tudo bem rápido sem dar tempo de ninguém dormir e acordar. (Contribuição de Raphael Casali – Rio de Janeiro / RJ  - Fã de Carteirinha)

67. Muito curioso o fato de, apesar de várias pessoas estarem refugiadas na biblioteca após os eventos climáticos, somente Sam se preocupa com sua família. Será que os outros não tem? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

NOVO ERRO 68. Somente pelo fato de existirem lareiras em uso numa biblioteca já se caracteriza um erro. Faz parte de qualquer política de preservação de acervo, a proibição de qualquer equipamento que produza fogo, por motivos óbvios. Quando o prédio e antigo ou tombado e as lareiras fazem parte da arquitetura, as mesmas são fechadas com concreto internamente ou possuem sistema elétrico de aquecimento. Vale ressaltar ainda que os EUA são muito rigorosos em relação a preservação de patrimônio. (Contribuição de Amanda Moura - Fã de Carteirinha)

69. É possível um navio daquele tamanho aparecer na cidade mesmo depois do avanço do mar? Ele não deveria ter afundado? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

70. Onde está a guarnição do navio? Não aparece ninguém, nem corpos. Um navio nunca fica sem ninguém da sua tripulação a bordo. (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

71. Curioso os medicamentos não terem sido congelados e justamente o que eles precisavam estar escrito em inglês. (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

72. Como pode um furacão fazer um corte cirúrgico e devastar somente metade de um prédio? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

73. Quando a temperatura de NY estava caindo 10º por segundo, somente aquela fogueirinha de meia dúzia de livros foi suficiente pra manter o pessoal vivo? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

74. Por quê os lobos só atacam o pessoal a bordo do navio, se eles apareceram exatamente no local da origem das pegadas deles? Por quê não os atacaram dentro da biblioteca? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

75. Na cena do alagamento da cidade o mar varre as ruas, arrastando carros e ônibus instantaneamente. Porém Sam fecha a porta da biblioteca ao passar com Laura e foi suficiente para parar seu avanço por alguns instantes. (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

76. Momentos antes de Sam e Laura entrarem na biblioteca, outras pessoas estão seguindo o mesmo caminho da porta de entrada, dando a entender que ao entrarem, eles deixariam alguém do lado de fora desesperado para entrar ou pelo menos se instalariam na porta, porém, quando ele fecha a porta, não tem ninguém. Só eles. (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha)

77. Na cena em Jack (Danis Quaid) vai em uma reunião falar pessoalmente com o presidente dos EUA sobre o que pode ser feito para se evitar mais mortes no país, ele diz que teriam que evacuar parte do povo americano para o sul. Então ele traça uma linha vermelha no mapa dos Estados Unidos que está na sala mostrando qual parte do pais deve ser evacuada. Ele sai de cena então e cada vez que o mapa é mostrado daí por diante a linha aparece desenhada de forma diferente da original, feita por Jack. (Contribuição de Marcos Alves  - Fã de Carteirinha)

78. Na parte em que os três rapazes vão até o navio para buscar remédios, se deparam com a porta da enfermaria trancada por dentro. Então um rapaz vai pelo lado de fora, entra pela janela e destranca a porta, mas dentro da sala não tinha ninguém nem nenhum corpo, então, quem trancou aquela porta? (Contribuição de Tito Santos Lima  - Fã de Carteirinha)

79. Já no começo do filme os lobos fogem de onde estão presos, graças a um terremoto que desmoronou as paredes. No final do filme, quando os três jovens vão pegar os remédios para a doente dentro da biblioteca, eles encontram os lobos famintos e com capacidade de correr. Isso seria impossível, já que o frio congelou uma cidade inteira, e deveria ter congelado os lobos também. (Contribuição de Renatto e Túlio - Fã de Carteirinha)

80. Em uma parte, alguns homens diz que em Nova York a temperatura caí 10° por segundo. Assim, em 1 minuto caíra 600°. Como que mesmo cheio de agasalhos e fogo por perto, elas não congelaram em 1 ou 2 minutos? (Contribuição de Thaís Figueiredo Pimenta - São Sebastião do Paraíso / MG - Fã de Carteirinha)

81. Em parte do filme foi dito que a temperatura estava caindo 10° por segundo, a temperatura mínima que pode existir é - 273°, que é o frio absoluto, ou seja, atingiria o nível absoluto em 27,3 segundos, bem rápido, não é? (Contribuição de Jorge Castro - Curitiba / PR - Fã de Carteirinha)

82. Na cena da morte de Frank, na primeira cena mostrada Frank está sem luva, logo em seguida o mesmo Frank aparece com luva. (Contribuição de Sandro Ziccarelli Pandolfi - Fã de Carteirinha)

83. Mais ou menos aos 18 minutos e 50 segundo do filme, na cena em que o meteorologista moreno se despede de sua mulher na Escócia. No
momento em que ele vai se despedir de seu filho ele abre a porta traseira do lado esquerdo. Porém, quando essa cena é filmada de dentro do carro ele entrou pela porta traseira do lado direito, onde seu filho se encontra. (Contribuição de Gustavo Vargas - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

84. Quando Sam vai ajudar sua amiga (na hora em que a bolsa fica presa), a onda está vindo numa velocidade incrível, mas mesmo assim dá tempo de Sam buscá-la e voltar para dentro da biblioteca, e começar a subir a escada para então a onda atingir a biblioteca! (Contribuição de Mateus Toledo - Fã de Carteirinha)

85. No filme três helicópteros da RAF (Royal Air Force) são congelados em pleno vôo. O problema é que são três HH-3, e a RAF não tem esse helicóptero. Considerando que as cenas foram feitas com maquetes e computadores, dava para fazê-las com um modelo que a RAF realmente utiliza.

86. Não foi mencionado o fato de que os países tropicais também sofreriam os efeitos de uma era glacial. Estes países não seriam cobertos por gelo, evidentemente, mas talvez fossem atingidos por uma forte seca, uma vez que, com a diminuição da temperatura da água dos oceanos, haveria uma menor evaporação, e consequentemente uma menor umidade relativa do ar. (Contribuição de Marcelo Rodrigues da Silva - Pinhais / PR - Fã de Carteirinha)

87. Estima-se que, com o surgimento de uma era glacial, o nível do mar desceria cerca de 150 metros; assim, a perda de territórios encobertos pelo gelo seria compensada, ainda que parcialmente. (Contribuição de Marcelo Rodrigues da Silva - Pinhais / PR - Fã de Carteirinha)

88. A última cena do filme é a Terra vista do espaço, mostrando as regiões encobertas pelo gelo. Não sei se é impressão minha, mas parece que o contorno dos continentes permanece igual, o que estaria errado. (Contribuição de Marcelo Rodrigues da Silva - Pinhais / PR - Fã de Carteirinha)

89. Durante a turbulência do avião, Sam fica apavorado e segura com muita força na mão de sua amiga, mas o que muitos não perceberam, é que durante toda a turbulência a gola da camisa de Sam fica oscilando entre por fora e por dentro de seu casaco, o que não poderia acontecer com suas mãos, fixas na poltrona do avião. (Contribuição de Reinaldo Silva - Araguari / MG - Fã de Carteirinha)

90. Denis Quaid chegou a Nova Yorque vindo do mar? Porque ele e o parceiro dele passam andando ao lado da Estatua da Liberdade. (Contribuição de José Carlos Ávila - Santos / SP - Fã de Carteirinha)

91. Nas tomadas vistas do espaço, entre outras coisas percebe-se que a ilha que existe na ponta da bota na Itália não se uniu ao continente, apesar de o mar estar todo congelado. (Contribuição de José Carlos Ávila - Santos / SP - Fã de Carteirinha)

92. Se uma quantidade de água (igual a da inundação em Nova Yorque) congelasse, derrubaria todas as construções ao redor (lembra quando a professora explicava que a água aumenta de volume quando se solidifica?) (Contribuição de José Carlos Ávila - Santos / SP - Fã de Carteirinha)

93. Denis Quaid e os amigos estão andando sobre um Shopping coberto de gelo e neve; o vidro se parte e um deles fica pendurado; Denis Quaid, deitado, com um "leve" movimento retira uma finíssima camada de neve e pode observar o parceiro pendendo para a morte (lembre-se que na cena anterior eles estão andando com botas pesadíssimas, afundando na neve e sem falar nos bastões de esqui. (Contribuição de José Carlos Ávila - Santos / SP - Fã de Carteirinha)

94. O filme apresenta um erro crucial, quando é mostrado no decorrer do filme cenas vistas por satélite do planeta Terra. Repare que a gigantesca nuvem branca (que parece um furacão), gira em sentido horário. Em outra cena no decorrer do filme ela gira em sentido anti-horário. Como assim? Em tão pouco tempo a nuvem que cobre todo o hemisfério norte do mundo muda de sentido? (Contribuição de Andre Garcia - Fã de Carteirinha)

95. No início do filme é dito que o frio deve-se ao desprendimento de uma calota polar na Antártida, e provoca o congelamento do Atlântico Norte. Ora, eu que saiba a Antártida fica no Pólo Sul. Não deveria antes ter provocado o congelamento do Atlântico Sul? Ou então, e mais corretamente, deveriam ter dito Ártico, este sim fica no Pólo Norte. (Contribuição de Mônica Cabral - Fã de Carteirinha)

96. Como eles conseguem andar essa distância toda sem comer nem beber nada, já que a bagagem foi perdida quando Frank cortou a corda e depois se matou? (Contribuição de Gabriel Gonçalves da Silva - Fã de Carteirinha)

97. A Laura machuca a perna mesmo assim consegue ajudar a senhora a sair do carro e ainda corre pra dentro da biblioteca? E como ela agüenta o corte? Não dói em nenhum momento do filme, só bem mais tarde? (Contribuição de Gabriel Gonçalves da Silva - Fã de Carteirinha)

98. Na cena em que eles batem o carro, não era pra ter acionado o air-bag? (Contribuição de Gabriel Gonçalves da Silva - Fã de Carteirinha)

99. Quando o repórter está mostrando o furacão em L.A e uma placa vem em cima dele, a placa vem bate nele e ele some! Pode-se ver que depois que a placa pega ele, aparece um sujeito correndo, que não aparecia antes! (Contribuição de Gabriel Gonçalves da Silva - Fã de Carteirinha)

100. Na cena do início da inundação de Nova York, os quatro estudantes estão atravessando as ruas com água na cintura. A garota diz que devem voltar para o prédio onde estavam, então Sam diz que eles precisam ir para um lugar mais alto. Até então todos carregavam suas bagagens (só o Sam tinha duas malas). Ao passarem por cima dos carros todas as malas somem, somente Brain leva sua mochila nas costas. (Contribuição de Elaine Rose - Fã de Carteirinha)

ERROS REMOVIDOS

ANTIGO ERRO 2 REMOVIDO. Não acontecem terremotos em eras glaciais. (Contribuição de André Ribeiro - Hudson - Massachussets - USA - Fã de Carteirinha) --> Terremotos acontecem a todos os instantes na Terra inteira, o que varia é a intensidade dos mesmos. (Contribuição de Luiz Fabiano Lucena - Praia Grande / SP - Fã de Carteirinha)

ANTIGO ERRO 14 REMOVIDO. Naquela parte quando o sujeito diz "Por mim, vocês iriam para Cleveland", seria impossível eles conseguirem andar de carro. A gasolina não estava congelada com aquele frio todo? (Contribuição de Eduardo Magalhães - Fã de Carteirinha) --> Alguns tipos de gasolina não congelam devido a sua octanagem. (Contribuição de Luiz Fabiano Lucena - Praia Grande / SP e Felipe Ferrés - Campinas / SP - Fã de Carteirinha)

ANTIGO ERRO 68 REMOVIDO. É comum vender salgadinhos em bibliotecas? Não são áreas restritas para o silêncio? (Contribuição de Rodrigo Otavio - Tomás Coelho / RJ  - Fã de Carteirinha) --> Como bibliotecária posso afirmar que e comum a venda de salgadinhos em local separado do acervo em bibliotecas que fazem parte de roteiro turístico de uma cidade, como a do filme. Um exemplo é a Biblioteca Nacional que possui bomboniere no hall de entrada. (Contribuição de Amanda Moura - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

PROMOÇÃO ENCERRADA

::..Promoção FOX FILM DO BRASIL..::

A Fox Film e o Falha Nossa convidaram você a sobreviver!
Eles mandaram um e-mail
 respondendo: Se você soubesse que o mundo acabaria amanhã, o que você faria?
E concorreram a prêmios exclusivos do filme. Confira os prêmios e o Resultado.

1º ao 25º lugar:
1 boné exclusivo do filme.

Alberto Roberto dos Santos - Rio de Janeiro / RJ
Alessandra Carolina Bornancin - Curitiba / PR
Alex Flávio Sinemão - Goiânia / GO
Almeida Amancio Soares - Salvador / BA
Almerindo Roberval - Manaus / AM
Altemir U. Pavoraz - Vitória / ES
Álvaro José da Silva - Porto Alegre / RS
Ana Janice - Curitiba / PR
Ana Paula dos Santos - Curitiba / PR
Arthur da Silva Bernardes - São Paulo / SP
Caio Cézar de Pauli Souza - Matão / SP
Cezar Augusto Carvalho - Porto Alegre / RS
Eduardo Sonoda - Londrina / PR
Feliepe Soares da Silva - Florianópolis / SC
Flávia Regina da Silva - Ponta Grossa / PR
Gracia Maria Pereira - Curitiba / PR
Luciana Liscano Rech - Curitiba / PR
Marco Juliano - São Leopoldo / RS
Maria José Vital - Natal / RN
Mirella Malta - Brasília / DF
Ricardo Soares Faria - São Paulo / SP
Samuel Raul Joghelmen - Salvador / BA
Sérgio Ricardo Bueno - Cuiabá / MT
Silvio Caldeira Maria - Belo Horizonte / MG
Wellington Luís dos Santos da Silva - São Paulo / SP

26º ao 40º lugar:
1 chaveiro exclusivo do filme.

Aldemir Umburana de Araújo - Rio de Janeiro / RJ
Ana Paula Nogueira Cassiano - São Pedro da Aldeia / RJ
Bruno De Almeida Francisco - Embu-Guaçu / SP
Carolina Cardoso - Valinhos / SP
Clarissa Passos - Salvador / BA
Cláudia Maria Veronezi Linardi Rocha - Amparo / SP
Claudio Fonseca da Silva - Brasília / DF
Daniela Ribeiro de Souza - Petrópolis / RJ
Fabiano Jussim Marchezi - Cachoeiro do Itapemirim / ES
Fellipe Araújo - Rio de Janeiro / RJ
Jose Coriolano de Sousa - Recife / PE
Jucileia dos Santos Ourives - Cachoeirinha / RS
Lívia Regina Batista - São Paulo / SP
Paulo Coelho Netto - Rio de Janeiro / RJ
Rita Cássia Roberto - São Paulo / SP

A Fox Filmes e o Falha Nossa agradecem a participação de todos.

::.. FOX ..::

IMAGENS E CURIOSIDADES