VOLTAR FILMES 26

 
   

OLHOS FAMINTOS 2
RAY WISE & JONATHAN BRECK

A cada 23 primaveras, durante 23 dias, ele precisa comer…

Estamos no 22º dia da fome bizarra da Criatura (JONATHAN BRECK) por pedaços de corpos, que cumpre um ritual. A antiga criatura que se alimenta de carne humana tem apenas mais um dia para se alimentar antes de desaparecer de novo, esperando pela próxima temporada de “caça”.

Taggart (RAY WISE) e os filhos, Jack Jr. (LUKE EDWARDS) e o caçula Billy (SHAUN FLEMING), trabalham em sua plantação de milho quando a fera alada ataca o mais novo, levando-o para um destino terrível e inimaginável. Inconformados, Taggart e o outro filho reúnem várias peças do equipamento da fazenda e carregam o caminhão em silêncio, preparando-se para um combate impossível. Eles ouvem o rádio de ondas curtas na esperança de obter alguma indicação do paradeiro da Criatura.

No 23º dia, numa estrada deserta daquela região, um ônibus escolar transporta um time de basquete, suas animadoras de torcida e os técnicos depois de vencerem um jogo do campeonato estadual. Quando o ônibus enguiça num trecho isolado da estrada, a euforia da vitória logo dá lugar à sensação de mau pressentimento. Notícias sobre horrores inomináveis surgem através do rádio. Não há nenhuma possibilidade de ajuda à vista, os celulares estão sem sinal e seus pedidos de socorro pelo rádio ficam sem resposta.

Quando o Sol se põe, a Criatura ataca o ônibus, levando a motorista e os técnicos como suas primeiras vítimas. Os adolescentes, aterrorizados, terão de se defender sozinhos do predador de apetite insaciável. A Criatura faz suas escolhas entre os atletas, um a um, farejando a próxima vítima. Os jovens se vêem diante de um terrível dilema: devem ficar todos juntos no ônibus, ou devem fugir e abandonar aqueles que foram marcados para morrer?

Finalmente, surge uma resposta através do rádio: é Taggart. Consumido pelo desejo de vingança, ele tem seguido a pista do monstro e está a caminho. Mas Taggart será páreo para o monstro bizarro que levou seu filho mais novo?

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Victor Salva
Escritor: Victor Salva

Gênero: Terror / Thriller

Site Oficial: Olhos Famintos 2

PlayArte

Título Original: Jeepers Creepers II
Tempo: 104 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2003 - USA - Estréia Nacional dia 1 de janeiro de 2004
Recomendação: 14 anos

ELENCO

Taggart .... RAY WISE
A Criatura
.... JONATHAN BRECK
Scott Braddock
.... ERIC NENNINGER
Deaundre Davis
.... GARIKAYI MUTAMBIRWA
Minxie Hayes
.... NICKI AYCOX
Jonny Young
.... DREW TYLER BELL
Andy Buck
.... BILLY AARON BROWN
Kimball Ward
.... KASAN BUTCHER
Chelsea Farmer
.... LENA CARDWELL
Rhonda Truitt
.... MARIEH DELFINO
Jake Spencer
.... JOSH HAMMOND
Dante Belasco
.... AL SANTOS
Izzy Bohen
.... TRAVIS SCHIFFNER
Motorista do ônibus
.... DIANE DELANO
Darry Jenner
.... JUSTIN LONG

FICHA TÉCNICA

Produtor .... TOM LUSE
Diretor de Fotografia .... DON E. FAUNTLEROY
Desenhista de Produção .... PETER JAMISON
Editor .... ED MARX
Coordenador de Efeitos Especiais .... JOHN GRAY
Efeitos com Maquiagem .... BRIAN PENIKAS
Supervisor de Efeitos Visuais .... JONATHAN ROTHBART
Coordenador de Dublês .... MONTY L. SIMONS
Dublê da Criatura .... DARRIN PRESCOTT
Música .... BENNETT SALVAY
Figurinista .... JANA STERN

PRODUTORAS

American Zoetrope
James
Myriad Pictures Inc.

DISTRIBUIDORAS

Distribution Company
Kinowelt Filmverleih
Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
Pathé Distribution Ltd.
Pyramid
RCV Film Distribution
United Artists

ERROS

1. Na primeira vez que o sujeito da caminhonete atira no mostro, e ele começa a puxar a caminhonete para o alto, em uma das cenas vistas de cima aparecem DOIS cabos puxando o caminhão, quando apenas um deveria aparecer, pois foi atirada somente uma lança. (Contribuição de Rodolfo Castrezana - Fã de Carteirinha)

2. Caminhando para o final do filme, no momento em que os três jovens (o loiro, a moça e o negro) estão fugindo na pick-up, o jovem loiro abre a porta e joga a moça para fora. A moça nunca mais aparece, onde ela foi parar? O Monstro continuava a perseguir o carro, o que aconteceu com ela então? (Contribuição de Alexandre do Nascimento - Fã de Carteirinha)

3. O caminhão seguia em uma direção quando foi atacado pelo Monstro. Passa um carro que segue em direção contrária do ônibus e diz que vai ajudar! Esse carro vai bater em uma árvore mais adiante. Quando um terceiro, o carro do velho e do garoto vêem esse carro batido, eles vão olhar, e quando saem, eles seguem na mesma direção que o carro seguia antes, e essa direção era oposta a direção que levava até o ônibus! Mas mesmo assim eles encontram-se com o ônibus. (Contribuição de Luiz Felipe Souza - Fã de Carteirinha)

4. Algumas cenas após aquela em que o ônibus é praticamente cerrado ao meio pelo cabo de aço da arma que disparou contra o monstro, o ônibus aparece ao fundo completamente restaurado. (Contribuição de Rafael Schoenherr - Fã de Carteirinha)

5. Logo após uma das garotas de torcida fincar o pedaço de ferro na cabeça do monstro, aparece uma cena em que estamos atrás dele, e podemos ver claramente seu olho na ponta, atrás de sua cabeça, sendo que com a pupila em direção à tela, o que seria impossível, pois para isso, ele teria que estar olhando para dentro de si, o que mesmo para esse terrível monstro deveria ser bem difícil. (Contribuição de Gustavo Barra de Araújo - Fã de Carteirinha)

6. Logo no começo do filme vemos o cachorro latindo em direção a plantação. Nas duas vezes podemos perceber que a imagem da plantação é uma montagem.Erros do FalhaNossa.com

7. Depois aparece o menino que tem quase a mesma altura da plantação, mas na cena em que ele olha para o monstro, ele já está bem mais baixo que a plantação.Erros do FalhaNossa.com

8. Na primeira cena do ônibus ele aparece numa subida, depois numa reta, e quando a camionete aparece ela está numa pista de terra, mas ultrapassa o ônibus no asfalto.Erros do FalhaNossa.com

9. Ainda no começo do filme, uma moça loira vem conversar com duas amigas, uma morena e outra loira. Na tomada de costas tanto a morena quanto a loira estão olhando para trás, depois do corte para a tomada de frente, quando uma das moças pergunta se a outra garota não deveria se sentar junto ao seu namorado que está no fundo do ônibus. Nesta tomada a menina morena já está virada de frente para o ônibus enquanto que a loira está se virando no banco para ficar de frente para o ônibus, mas logo em seguida existe um corte para o rapaz no fundo e quando a imagem volta para as garotas, todas estão viradas para trás novamente. Nitidamente percebe-se que esta cena foi filmada duas vezes e depois editada com os erros.

10. Quando a motorista desce do ônibus, vemos um dos fiscais descer logo atrás dela mas antes manda todos ficarem sentados, porém depois do corte para a tomada de fora, vemos apenas a motorista e o rapaz demora um bom tempo para então aparecer descendo as escadas.

11. Quando a motorista se abaixa para ver o que aconteceu com o pneu existe um corte, então podemos ver agora o homem moreno do lado direito dela e o outro rapaz de camisa vermelha do lado esquerdo. O problema é que ele nem havia descido do ônibus ainda. Como ele apareceu ali tão rápido?

12. Quando eles encontram a primeira garra dentro do pneu existe um erro muito grave. A garra está de dentro para fora, quando não poderia, já que o monstro atirou a mesma de fora para dentro.

13. Na fazenda o filho trás a faca que o monstro deixou e leva até o pai. Este a pega com a mão esquerda, mas ela misteriosamente sai de sua mão voando e atingindo o abajur do outro lado da sala. Se prestarmos atenção nesta cena, veremos que o pai abaixa sua mão esquerda quando acontece isto, mas um segundo depois podemos ver que ele ainda está com a mão levantada.

14. O técnico chama a atenção das moças por estarem fumando. Neste momento alguns rapazes descem do ônibus para fazer xixi.  Observe-se que a motorista ainda está lá dentro pedindo ajuda no rádio, mas quando o técnico se vira, ela aparece milagrosamente junto das meninas. Como ela chegou tão rápido ali? Será que pegou uma carona voando com o monstro?

15. O encarregado do ônibus diz que vai escurecer em uma hora, mas quando os rapazes estão fazendo xixi, um deles coloca a mão para cima protegendo-se do Sol. Isto demonstra que eles estão perto do meio-dia, e não poderia escurecer em apenas uma hora. Depois quando a cena é filmada de cima, podemos perceber pela sombra do rapaz que o Sol já está bastante inclinado.Erros do FalhaNossa.com

16. A menina no seu sonho está sentada do lado direito do ônibus na janela. Mas quando ela é filmada do lado de fora, ela está justamente do outro lado do ônibus, olhando para o lado esquerdo da janela.Erros do FalhaNossa.com

17. Ainda nesta cena acontece outro erro. O monstro no sonho está do lado esquerdo do ônibus e joga o seu segundo dardo, mas quando acontece o estouro e o segundo pneu estoura, acontece do lado direito.

18. A motorista fala que é para todos saírem de dentro do ônibus, mas ali é o lugar mais seguro no momento. Então porque ela fala isto?

19. O ônibus tem o segundo pneu furado e está trafegando normalmente do lado direito, mas quando ele pára, ele o faz do lado esquerdo da pista. Note que o acidente e a velocidade do veículo não seriam suficientes para fazê-lo mudar de pista.Erros do FalhaNossa.com

20. A  garota desmaia no ônibus e começa a sonhar com a fazenda, os três espantalhos aparecem bem próximos, quando na realidade estavam afastados.Erros do FalhaNossa.com

21. Quando eles param a camionete para pedir ajuda, ela estaciona na frente do ônibus e não se move mais, porém quando aparece o close da placa onde está escrito que ele não é um completo idiota, podemos ver que ela sai exatamente da parte de trás do ônibus. Como ela foi parar lá? Ela deveria estar ainda na frente do ônibus, e dar a volta nele para então alcançar a traseira.

22. Minxie entra em transe e aparece na fazenda, mas o espantalho que é o monstro está agora no meio, quando antes ele estava na ponta.

23. Quando o monstro pega o rapaz que está pedindo resgate, ele aparece sem chapéu. Porque isto aconteceu se durante o filme inteiro ele nunca o retira da cabeça? Apenas para trocar sua cabeça.

24. Uma das garotas espeta o monstro com um tipo de lança fazendo um buraco pequeno no teto do ônibus, porém quando o bicho está tentando retirá-la de sua cabeça, a lança está no buraco feito por ele e não no buraco feito pela lança.

25. Ainda nesta cena vemos que na tomada de dentro, o monstro puxa a lança totalmente para fora, mas na tomada externa a lança ainda está dentro do veículo.

26. Se o monstro pode arrancar a capota do carro que está batido na árvore, porque ele não arrancou logo o teto do ônibus, quebrou algum vidro e pegou logo quem ele queria?Erros do FalhaNossa.com

27. O mostro bate no ônibus quebrando todos os vidros depois que um pedaço da sua cabeça é arrancada, o que seria suficiente para machucar todos que estavam lá dentro, mas isto não acontece.Erros do FalhaNossa.com

28. A batida do monstro foi suficiente para destruir todos os vidros, então porque não quebrou o vidro traseiro e o dianteiro?Erros do FalhaNossa.com

29. O monstro cai em cima do ônibus causando um grande estrago, mas tomada aérea do bicho não se percebe nenhum dano no teto do veículo onde ele está, que deveria ser enorme. Algumas cenas depois este dano aparece, pequeno ainda mas aparece.

30. Um dos rapazes tem a cabeça arrancada, logo depois vemos seu corpo se debatendo, porém em nenhum momento percebemos o sangue que deveria estar jorrando pelas suas veias do pescoço. É como se o corte estivesse cauterizado.

31. Ainda nesta cena percebemos que o corte provocado pela retirada da cabeça do menino é muito reto. Da forma que a cabeça foi puxada e arrancada, o corte deveria estar irregular.

32. Quando o amigo vai olhar o corpo do rapaz caído no chão já sem vida, percebemos que mesmo depois da sua morte não existe sequer uma gota de sangue no peito do rapaz, o que seria o correto.

33. Quando o ônibus quebra, eles colocam sinalizadores na estrada tanto na frente quanto atrás do veículo, mas depois eles desaparecem. Mesmo estando apagados eles ainda deveriam estar nos locais onde foram colocados.

34. Os rapazes falam que vão procurar o sítio ou a fazenda. Porém a fazenda em tomada anterior parece estar ao lado da rodovia. Então porque quando saem eles andam na estrada para a frente do ônibus em vez de entrarem no mato ao lado do veículo?

35. Nesta cena ainda percebemos algo inexplicável. Se todos estão morrendo de medo, desesperados, porque quando saem a procura da fazenda eles andam devagar? Deveriam sair correndo, o que seria mais compreensível.

36. Deve ser normal para o americano, mas aquele garoto sentado dentro do ônibus não abrir a porta é realmente impressionante. São seus amigos que estão prestes para morrer e ele fica só olhando, chega a irritar tanta burrice. O fato dele achar que o monstro tinha olhado para um outro rapaz não justifica tanta apatia.

37. Quando o menino freia a camionete e capota, o rapaz moreno cai ao lado do veículo, quando deveria ter caído na frente.Erros do FalhaNossa.com

38. O velho "mata" o monstro e o guarda no celeiro? Porque ele não ateou fogo no bicho, pegou suas cinzas e colocou dentro de uma caixa de aço? Não seria mais garantido?

39. O monstro quando morre está sem uma perna e um braço. Para se desenvolver ele tem que matar de novo e se alimentar. Porém logo após a sua morte ele é levado para o celeiro onde é preso. mas quando o vemos lá crucificado ele está com sua perna e seu braço. Como ele conseguiu se reconstruir estando em hibernação e sem se alimentar? Porque ele foi reconstruído? Pelo que eu saiba isso dificultaria na morte do monstro, então por que eles fariam isso? (Contribuição de Gustavo Barra de Araújo - São Luís / MA - Fã de Carteirinha)

40. Na cena em que a garota está tendo visões dentro do ônibus, ela vê o garoto que foi morto no começo do filme correndo do monstro próximo à sua casa. Como era uma visão do passado o garoto não poderia estar próximo da casa, sendo que ele foi morto na plantação, e de lá ele não saiu! (Contribuição de Jais Wylerson Silva - Goiânia / GO - Fã de Carteirinha)

41. Logo no início do filme quando o monstro voa atrás do menino, tem um erro que quase não da para ver. Quando o monstro desse e pula em cima do menino, podemos perceber que ele está de bota, mas antes, quando ele estava disfarçado de espantalho, ele estava descalço com unhas enormes. (Contribuição de Marcio Regis Martins - Fortaleza / Ce - Fã de Carteirinha)

42.  Quase no final do filme quando todos arriscaram a sair correndo do ônibus, existiam mais ou menos umas vinte pessoas ,claro que tirando a meia dúzia que morreu, mesmo assim ainda sobravam bastante. Onde foram parar todos eles quando saíram do ônibus, pois só apareceram sete. (Contribuição de Simone Cuca - São Paulo / SP - Fã de Carteirinha)

43. Na cena em que a garota está tendo visões dentro do ônibus ela vê o garoto que foi morto, no começo do filme, correndo do monstro próximo a sua casa, e como era uma visão do passado o garoto não poderia estar próximo da casa sendo que ele foi morto na plantação e de lá ele não saiu! (Contribuição de Jais Wylerson Silva - Goiânia / GO - Fã de Carteirinha)

44. Quando Darryl cai no chão do porão, apesar de ter entrado com a cabeça voltada para baixo e de bruços, na cena após o aparecimento do rato, ele cai de costas na horizontal. Apesar de ter sido uma cena bem elaborada, seria impossível o rapaz ter virado cambalhota dentro do apertado cano. (Contribuição de Geraldo Mello - Fã de Carteirinha)

45. Pouco depois da camionete capotar de frente e o rapaz moreno aparecer caído, mostra também o rapaz que estava dirigindo saindo do carro. Ele se salvou e desapareceu do filme. Porque? (Contribuição de Luiz Felipe - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

46. Exatamente em 01:05:38 logo após ele saírem do ônibus, vemos o vulto do monstro passando da esquerda para a direita, e a 1:05:42 ele passa novamente da esquerda para a direita? Havia dois monstros ou ele ficou circulando em frente à câmera? (Contribuição de Luiz Felipe - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

47. A garota morena aparece correndo do monstro junto com seus amigos antes dele prender Scotty na árvore, mas depois ela já aparece escondida dentro do ônibus. Certamente o monstro lhe deu uma carona. (Contribuição de Luiz Felipe - Belo Horizonte / MG - Fã de Carteirinha)

48. Na cena em que os jovens pegam a caminhonete que tem o boneco de uma barata verde em cima, quando aceleram e batem na árvore dá para ver que rapidamente alguma coisa verde cai de cima, mas quando a caminhonete sai, a barata está intacta. (Contribuição de Wendel Ribeiro - Juazeiro do Norte / CE - Fã de Carteirinha)

49. Na hora em que a criatura aparece na janela, é possível ver perfeitamente o cabo se aço que o levanta. (Contribuição de Sezinho Pelegatti - Olímpia / SP - Fã de Carteirinha)

50. No final do filme, a caminhonete que levava o arpão é violentamente arremessada para o ar, e quando cai perde as rodas. Minutos depois eles aparecem na mesma caminhonete, que já está com as rodas intactas. (Contribuição de Wisley Cill-Farney Martins - Fã de Carteirinha)

OBSERVAÇÕES

A) O terrível monstro escolhia sua nova caça, estando ele pendurado de cabeça para baixo, na frente do ônibus. Como seu chapéu não caiu? Isso eu não entendi! (Contribuição de Gustavo Barra de Araújo - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

PROMOÇÃO ENCERRADA

::..PromoPayArte..::

A PlayArte e o Falha Nossa convidaram você a morrer de medo.

Eles mandaram um e-mail respondendo: O que você faria para destruir esta criatura?

E concorreram a prêmios exclusivos do filme. Confira os prêmios e o Resultado.

1º ao 20º lugar.
01 par de ingressos para ver o filme.

Adélcio de Alvarenga Freire - Curitiba / PR
Álvaro José Pedroso Filho - Curitiba / PR
Amanda Pagliari - São Paulo / SP
Cesar Augusto da Silva - Curitiba / PR
César Orte Novelli Rodrigues - São Paulo / SP
Daniel Chiarella Xavier - São Caetano do Sul / SP
Edson Molitor Franco - Guarulhos / SP
Felipe Zuccoli Rezende - São Paulo / SP
Fernando da Gama Alves - Rio de Janeiro /RJ
Flávio Bracale Brandespim - São Paulo / SP
Graciliano Carvalho Venturin - Presidente Prudente / SP
Greycielle Alves de Oliveira - Goiânia / GO
Gustavo Barra de Araújo - São Luis / MA
Kleber Alcides Soter Junior - Rio de Janeiro / RJ
Marcia Cristina Mendes - Recife / PE
Marcos Kenji Moriyama - Araraquara / SP
Marcos Raimundo de Andrade Moreira - São Luis / MA
Ricardo Henriques - Rio de Janeiro / RJ
Ricardo R. Pereira - São Paulo / SP
Viviane Furtado de Souza - São Leopoldo / RS

A PlayArte e o Falha Nossa agradecem a participação de todos.

IMAGENS E CURIOSIDADES

DECLARAÇÃO DO DIRETOR

“Comprometido com a idéia de fazer uma seqüência, algo que eu me prometera jamais fazer, eu queria encontrar uma maneira de fazer um filme com um toque diferente, com alguma inovação.

Usando alguns dos meus livros e filmes favoritos (Moby Dick, de Melville, e “Os Pássaros” e “Lifeboat”, de Alfred Hitchcock) como modelo, comecei a escrever o roteiro do que julguei ser um thriller intimista num “espaço confinado” em que a Criatura seria a força invasora. Com a evolução da história, porém, percebi as possibilidades de combinações de elementos para criar algo que eu não via há algum tempo, mas que sempre quis experimentar. Um filme de terror e ação de larga escala. Um filme que fosse assustador sem deixar de ser divertido.

“Olhos Famintos 2” tornou-se a oportunidade de fazer o que eu desejava que o primeiro filme tivesse sido. Também me permitiu trabalhar com um elenco bem maior do que eu estava acostumado. Há cerca de 20 papéis com falas no ônibus escolar, que está no centro da história. Uma das maiores alegrias ao realizar este filme foi trabalhar com este grande grupo de jovens e talentosos atores.

Houve uma camaradagem maravilhosa, uma química e uma energia entre todos eles dentro e fora do set, e isso transparece na tela. Alguns deles me disseram que as filmagens de “Olhos Famintos 2” no verão pareceram uma colônia de férias e, sob vários aspectos, acho que isso é verdade.

Com mais cenas de ação, mais atores e mais efeitos especiais e efeitos com maquiagem do que eu já tinha lidado antes, minha seqüência se mostrou o maior desafio e a filmagem que mais me exigiu fisicamente em toda a minha curta carreira.

Sem um excelente elenco, como o que tivemos a sorte de ter, não teríamos conseguido evitar desastres todos os dias – e nós conseguimos. Empenhar-me para criar um filme totalmente novo que não dependesse do anterior, mas que fosse a continuação da estranha lenda da criatura enigmática foi, sem sombra de dúvida, a maior aventura que já vivi ao realizar um filme.”

Victor Salva