VOLTAR FILMES INTERNAUTAS 11

 

 
 

OS DEZ MANDAMENTOS
CHARLTON HESTON

A épica vida de Moisés (Charlton Heston), desde recém-nascido, quando foi colocado nas águas em um cesto e acabou sendo adotado por uma princesa egípcia, até quando descobre sua real condição e decide liderar seu povo que, escravizado pelos egípcios, anseia pela liberdade.

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Cecil B. DeMille
Escritores: Eneas McKenzie, Jesse Lasky Jr., Jack Gariss & Fredric M. Frank

Baseado nos livros de J.H. Ingraham, A.E. Southom & Dorothy Clarke Wilson

Gênero: Épico

Paramount Pictures

Título Original: The Ten Commandments
Tempo: 229 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 1956 - EUA
Recomendação: Livre

ELENCO

Charlton Heston .... Moisés
Yul Brynner .... Ramsés
Anne Baxter .... Nefretiri
Edward G. Robinson .... Dathan
Yvonne De Carlo .... Sephora
Debra Paget .... Lilia
John Derek .... Joshua
Cedric Hardwicke .... Seti
Nina Foch .... Bithiah
Martha Scott .... Yochabel
Judith Anderson .... Memnet
Vincent Price .... Baka
John Carradine .... Aaron
Olive Deering .... Miriam
Douglass Dumbrille .... Jannes
Cecil B. DeMille .... Deus - voz
Richard Farnsworth .... Condutor da carruagem

FICHA TÉCNICA

Produção .... Cecil B. DeMille
Música .... Elmer Bernstein
Direção de Fotografia .... Loyal Griggs
Direção de Arte .... Albert Nozaki
Direção de Arte .... Hal Pereira
Direção de Arte .... Walter H. Tyler
Figurino .... Arnold Friberg
Figurino .... Edith Head
Figurino .... Dorothy Jeakins
Figurino .... John Jensen
Figurino .... Ralph Jester
Edição .... Anne Bauchens

PRODUTORAS

Paramount Pictures
Motion Pictures Associates

DISTRIBUIDORA

Paramount Pictures

ERROS

1. A mãe de Moisés o coloca no cesto para ser levado pelo rio logo na primeira cena, porém após esta cena é que o imperador dá a ordem para matar os primogênitos, ou seja, antes da ordem ser dada a mãe de Moisés já estava preparando sua salvação. (Contribuição de Clauter Carvalho - Manaus / AM - Fã de Carteirinha)

2. Quando no final do filme o imperador sai atrás do povo que tinha sido recém libertado, ao partirem as bigas da frente do império, é possível notar a marca dos pneus dos carros utilizados na filmagem e que levavam as câmeras. (Contribuição de Clauter Carvalho - Manaus / AM - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES

Ganhou o Oscar de Melhores Efeitos Especiais, além de ter sido indicado em outras 6 categorias: Melhor Filme, Melhor Direção de Arte, Melhor Som, Melhor Edição, Melhor Fotografia A Cores e Melhor Figurino A Cores.

O diretor Cecil B. DeMille sofreu um ataque cardíaco durante as filmagens de Os Dez Mandamentos. O diretor ficou alguns dias afastados dos sets de filmagens, mas logo retornou ao trabalho, contrariando as ordens dos médicos. A primeira escolha de Cecil B. DeMille para interpretar o papel de Moisés em Os Dez Mandamentos foi o ator William Boyd, que terminou recusando o papel e abrindo espaço para a contratação de Charlton Heston. Para criar no filme o efeito da tempestade de areia, o diretor Cecil B. DeMille pediu emprestado à Força Aérea Egípcia uma máquina especial, destinada a criar ventanias. O ator H.B. Warner, velho amigo de Cecil B. DeMille, tem em Os Dez Mandamentos seu último papel com falas no cinema. Warner no filme interpreta um senhor de idade que pede para morrer, durante a seqüência do êxodo dos hebreus pelo deserto. Os Dez Mandamentos é a refilmagem do filme de mesmo nome lançado em 1923 e dirigido também por Cecil B. DeMille. Além disto, esta 2ª versão do diretor inspirou o longa de animação O Príncipe do Egito, lançado 42 anos depois.