VOLTAR BLOCO EXCLUSIVO 6

 
   

VELOZES E FURIOSOS 3 - DESAFIO EM TÓQUIO
LUCAS BLACK, BRANDON BRENDEL & ZACHERY TY BRYAN

A história apresenta o obsessivo corredor de rua Shaun Boswell exilado na capital japonesa depois de desavenças com a polícia de seu país, e zoado pelos rachadores locais por ser um gaijin, um estrangeiro.

O seu interesse amoroso, Neela, é uma aluna no mesmo colégio de Shaun em Tóquio.

Acontece que ela é a atual namorada de D.K., o vilão com ligações com a Yakuza que Shaun chama para uma corrida.

Enquanto o desafio não chega, o herói se habitua à cultura e às regras locais com a ajuda de um colega de classe, Twinkie, outro viciado em tunning.

Mas não deixe de ver os erros também.

Diretor: Justin Lin
Escritor: Chris Morgan

Gênero: Aventura / Ação / Crime / Thriller

United International Pictures (UIP)

Título Original: The Fast and the Furious: Tokyo Drift
Tempo: 104 minutos
Cor: Colorido
Ano de Lançamento: 2006 - USA
Recomendação: 16 anos

ELENCO

Lucas Black .... Sean Boswell
Brandon Brendel .... Buddy
Zachery Ty Bryan .... Clay
Daniel Booko .... Buddy
David V. Thomas .... Buddy
Amber Stevens .... Líder de Torcida
Chris Astoyan .... Corredor
Ashika Gogna .... Torcedora
Danny Ray McDonald II .... Auto Shop Bully
Nikki Griffin .... Cindy
Lynda Boyd .... Srª. Boswell
Nathalie Kelley .... Neela
Bow Wow .... Twinkie
Leonardo Nam .... Morimoto
Jason J. Tobin .... Earl
Keiko Kitagawa .... Reiko
Brian Tee .... Drift King
Sung Kang .... Han

FICHA TÉCNICA

Produção .... Neal H. Moritz
Música .... DJ Shadow (canção "Six Days - Remix")
Música .... Brian Tyler
Fotografia .... Stephen F. Windon
Edição .... Kelly Matsumoto
Edição .... Dallas Puett
Edição .... Fred Raskin
Elenco .... Sarah Finn
Elenco .... Randi Hiller
Desenho de Produção .... Ida Random
Direção de Arte .... Tom Reta
Cenário .... Douglas A. Mowat
Figurino .... Sanja Milkovic Hays
Efeitos Especiais .... CIS Hollywood
Efeitos Especiais .... Hatch Production
Efeitos Especiais .... Industrial Light & Magic
Efeitos Especiais .... Proof
Efeitos Especiais .... Rhythm & Hues

PRODUTORAS

Universal Pictures
Original Film
Relativity Media

DISTRIBUIDORAS

Universal Pictures
Buena Vista International
United International Pictures (UIP)
Universal Studios

ERROS

1. Tem um erro absurdo na cena em que o Sean (mocinho babaca) vai pegar o dinheiro para seu amigo dentro de uma casa de banho. Ele entra na casa com o uniforme da escola, lá dentro fica só de toalha, e quando encontra o big japonês, que deve a grana, este se irrita e joga Sean para fora do local. O erro está nisso. Na hora que Sean é jogado para fora da casa de banho ele já está vestido, e com uma roupa completamente diferente da que ele entrou. (Contribuição de Rodrigo Leite - Fã de Carteirinha)

2. É possível ver no asfalto as marcas de freadas feitas provavelmente em tomadas anteriores quando eles estão correndo em alta velocidade no meio do tráfego e em outras cenas. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

3. Quando Sean está dirigindo seu Mitsubishi Lancer Evolution IX vermelho que praticamente perde por completo seu spoiler traseiro, mas depois ele aparece intacto. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

4. Em cenas posteriores vemos que o spoiler está destruído novamente. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

5. Em outras tomadas de corridas nas ruas de Tokyo, vemos que o Nissan RX-7 de Han sofre vários danos para depois aparecer intacto, sem nenhum risco. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

6. Quando Twinkie está tentando vender um laptop e um telefone para Sean na cantina da escola, Sean tem comida com ele que desaparece e reaparece entre as tomadas. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

7. O Spoiler do carro de Sean é danificado quando ele bate numa pilha de madeira, mas depois ele aparece intacto pelo vidro traseiro. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

8. Quando o carro de Han explode, podemos ver uma pessoa dentro do carro que desaparece na próxima cena quando as chamas começam. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

9. Quando Sean está no avião olhando para Tokyo, percebemos que ele está num Boeing 747, mas quando o avião pousa, ele é um Boeing 737. (Contribuição de Marcos Yamamoto - Tokyo / JP - Fã de Carteirinha)

10. Na cena em que Sean está treinando com o Evo, ele bate o carro diversas vezes, e no entanto o carro sequer amassa, é incrível! (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha) (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha)

11. Na primeira cena da última corrida, quando Sean vai correr com Vin Diesel, os carros estão perto um do outro, na outra cena (hora da largada) os carros estão mais distantes. (Contribuição de Murilo Merighi Fernandes - Fã de Carteirinha)

12. Bem no início do filme quando o Sean discute com o garoto do carro vermelho por causa da namorada dele, esse garoto joga uma bola de beisebol no carro do Sean. O erro está no fato de que a bola deveria ficar dentro do carro, mas percebe-se que ela cai fora do carro. (Contribuição de Mharcus Vieira - Teresina / PI e Bruno Diniz - Natal / RN - Fãs de Carteirinha)

13. Na cena da perseguição nas ruas de Tóquio, é totalmente desnecessário o uso do drifting para desviar dos carros! Uma vez que seria bem mais produtivo e veloz se eles desviassem do jeito padrão! (Contribuição de Bruno Diniz - Natal / RN - Fã de Carteirinha)

14. ANTIGO ERRO 11. Como é que pode um Dodge Viper 2005 com 500cv de potência, perder para um Chevy Montecarlo 79? Um Golf GTI VR6 daria conta do Montecarlo! (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha) --> O Montecarlo tem mecânica V8 632 pol², compressor, 78kgfm de torque 805cv na RODA. Muito mais que qualquer Viper, inclusive os SRT-10. (Contribuição de Vinícius Grandi Malschitzky) --> Sou mecânico e garanto que Víper nenhum perde para um Monte Carlo com 850 cv na roda, não tem como comparar a aerodinâmica de um Víiper com a de um Monte Carlo 78. Reconheço que o Monte Carlo anda muito mais, são dois mundos totalmente opostos e afirmo com certeza. (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha)

15. ANTIGO ERRO 12. Na cena em que D.K está perseguindo Han, ele dá um cavalo de pau e fica de frente com o Mazda laranja, e o Nissan está em marcha-ré. Aí está o erro, logo que D.K dá o cavalo de pau, Han engata a 3ª marcha no Mazda e podemos ver que o motor está com 6.000 rpm, o que daria algo perto de 120km/h, o que é impossível, já que o Nissan está em marcha ré! (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha) --> A 3ª marcha a 6.000 rpm no Mazda Rx7 turbo, com mais de 350cv (nesse Rx-7 preparado do filme) dá muito mais de 120km/h. Algo em torno de 160, 170km/h. (Contribuição de Vinícius Grandi Malschitzky) --> Em relação ao erro 12 faltou uma explicação, o erro não está no Mazda, e sim na Nissan que está engatada em marcha ré. Não existe carro que atinja 120km/h em marcha ré. Este é o erro!  (Contribuição de Leonardo Santos - Fã de Carteirinha)

::Enviar informações deste filme::
Clique aqui para enviar erros e comentários apenas deste filme.

IMAGENS E CURIOSIDADES

Quando o primeiro filme gera grande lucro para a distribuidora e o segundo também vai além das expectativas, a certeza é que terá um terceiro filme. Nessa franquia não é diferente. Esse é o terceiro filme da lucrativa franquia "Velozes e Furiosos", agora, sem Vin Diesel, Paul Walker e Tyrese, protagonistas dos filmes anteriores. No elenco estão Bow Wow (Pequenos Grandes Astros), Lucas Black (Cold Mountain), Brian Tee (Austin Powers em o homem do membro de ouro), Nikki Griffin (Os gatões), Sung Kang (Pearl Harbor), Jason Tobin (Better Luck Tomorrow) e a estreante Nathalie Kelley. O roteiro é de Chris Morgan (Celular). O taiwanês Justin Lin (que fará o remake de Old boy) é o diretor. Quem é fã da velocidade não pode deixar de assistir ao trailer do filme! O vídeo que mostra o audacioso estilo de racha que o filme apresentará, o "drift", em que os competidores precisam controlar seus veículos em altas velocidades em curvas fechadíssimas, quase se encostando.